20 anos para os jogadores

53Ao chegar em 1995 a PlayStation veio competir directamente com a extinta Sega, até ao momento líder em Portugal. Desde então se percebeu que algo estava a mudar, a Sega perdia a guerra devido às inovações que a Sony apresentava com um catálogo maior e também uma maior aposta em 3D. Gran Turismo, Tekken ou Crash Bandicot eram apenas alguns dos jogos que nos faziam ficar colados ao ecrã. Muitas vezes noites a fio, pois não havia mais do que um 1Mb de espaço no cartão de memória. O rumo estava traçado, e com a chegada da PS2 o espaço no mercado ficou consolidado. Uma consola muito mais potente, cerca de 4 vezes mais que a sua antecessora, que ao mesmo tempo era um leitor de DVD foi a solução e resposta ideal para muitas salas. Continuavam as sessões contínuas pois os cartões ainda existiam, embora agora com 8Mb, mas mais que isso continuavam a  aparecer jogos como Final Fantasy, surgiam outros como Ico e todos nós eramos conquistados pela caixa negra da Sony. 7 anos depois chegaria a PS3, mais uma vez a conquistar as nossas salas, agora com um leitor bluray integrado e com jogos como Uncharted para acompanhar essa experiência de cinema. 2013 foi o ano da PS4, do seu poder gráfico, dos 500GB de memória ou a de experiências, como Until Dawn, ou The Order. Mas é apenas o início, a PlayStation não nos dá uma mascote, mas dá-nos memórias, e isso, é para os jogadores.
Autor: João Gonçalves
Published
Categories Artigos no METRO
Views 66
Ir para a barra de ferramentas