Será que ainda alguém se lembra de Baja Edge of Control, a sua versão de 2008?! Pois eu sei que foi há quase 10 anos, mas alguns de nós ainda terá a memória de como o jogo era, apesar de ter sido cilindrado na altura pela saída do exclusivo da PlayStation, Motorstorm: Pacific Rift, se se lembram, fixe, mantenham essa memória, porque vai ser útil.

E digo que vai ser útil por uma razão, apesar de ser uma remasterização e de ter suporte para a resolução UHD 4k, a verdade é que graficamente não houve assim uma melhoria tão substancial. A THQ Nordic era apostar em novas técnicas de renderização e iluminação, mas sendo aplicadas ao mesmo conteúdo e não sendo reformulado a tarefa não era fácil. Nota-se esses pormenores, e algum facelift, mas a verdade é que não tendo sido uma remasterização profunda, o efeito não é mais do que esse.

No entanto Baja Edge of Control não deixa de ser um jogo interessante, para já porque nenhum outro se baseia nas lendárias competições todo o terreno, as Baja 250, 500 e 1000, e por isso mesmo este clássico de arcada dispõe de cerca de cem pistas disponíveis onde corremos com os míticos buggies de várias categorias, todos devidamente personalizados e com diversas performances. O conceito do jogo é bastante simples, andar de buggie a ripar que nem um doido, a bater em outros carros e aos saltos, é super divertido e emocionante. Temos várias classes de carros, especialmente se optarmos pelo modo carreira, onde podemos evoluir os nossos bólides, sendo que aqui nos perdemos um pouco pela repetição.

A loucura deste jogo é ainda maior quando estamos a jogar com amigos, aqui a diversão vai até quatro jogadores com ecrã dividido e onde das encostos é obrigatório e pode levar até a algumas disputas mais ferverosas e a comandos partidos.

Baja Edge of Control é aquilo tudo que experimentámos na PS3 ou Xbox 360, um jogo divertido com buggies e muita lama e indicado para confrontos com os amigos, a reedição não traz nada mais nem nada menos do que aquilo que já conhecíamos, a qualidade gráfica é pouco notória e até pecaminosa no sentido de poderem ter aproveitado para preencher mais o jogo, e até dar mais alguma fidelidade, mas no fundo é apenas uma reedição de um clássico, sem tirar nem por.

3.0

Sim

  • Um clássico que merecia voltar à ribalta
  • Uma experiência arcade diferente ao conduzir buggies
  • Modo 4 jogadores divertido

Não

  • Apesar de ser um remaster com apetência UHD 4K isso não se nota
  • Poderiam e deveriam ter arriscado mais no remake
Published
Views 390