Super Mario é provavelmente o principal personagem da marca Nintendo, e para comemorar os seus 30 anos a Nintendo lançou em Setembro do ano passado, Super Mario Maker para a Wii U, a verdade é que o jogo teve um sucesso estrondoso, os jogadores adoraram ter a possibilidade de criar os seus próprios níveis e também de os facultar a todos os utilizadores espalhados por este mundo fora. Fica aqui o link da nossa análise da versão Wii U de Super Mario Maker.

Pois bem, chegou agora a vez da Nintendo 3DS receber este fantástico jogo, falo por isso de Super Mario Maker para a Nintendo 3DS. Antes de começar esta analise quero avisar que vou fugir da comparação entre a versão Wii U e a versão 3DS, para mim não faz sentido estarmos a comparar realidades bastante diferentes, por isso, não esperem criticas por não existir esta ou aquela funcionalidade. Mas vamos lá à nossa análise.

Super Mario Maker para a Nintendo 3DS mostra-nos um pouco de todas as características que Super Mario foi recebendo ao longo destes 30 anos, quero com isto dizer que podem contar com grafismos e jogabilidade das várias epocas e dos vários Super Marios que temos sido brindados, o jogo conta com as funcionalidades de Super Mario Bros (1985), Super Mario Bros 3 (1988), Super Mario World (1990) e New Super Mario Bros U (2012).

Podemos desde já desvendar que o jogo está divido em duas partes, a parte de criação e a parte de jogar, tanto que ao entrarmos no jogo a primeira escolha que temos de fazer é se queremos “Criar” ou “Jogar”. Na parte de criação, temos a possibilidade de criar níveis com total liberdade, já na parte de jogar temos a possibilidade de jogar desafios, níveis criados e ainda Robocópia.

Começando pela parte de jogar e por o modo de Desafios Super Mario, neste modo existem 18 mundos, cada um com um determinado número de níveis, os níveis podem ir variando pelos 4 tipos de Super Mário que referi anteriormente, além de termos de chegar ao fim de cada nível existem ainda dois objectivos para completar por cada nível, se os completarmos recebemos uma medalha por cada objectivo completado, além disso sempre que acabam um mundo são premiados com alguns itens para utilizarem no modo de construção, quero com isto dizer que é bastante importante completar este modo de jogo para conseguirem o máximo de itens para fazerem as vossas construções de níveis.

O segundo modo é o Níveis Mundiais, neste modo existem três tipo de opções, do Desafio dos 100 Marios, onde recebemos 100 vidas e temos de completar vários níveis criados por diversos jogadores espalhados pelo mundo. Este modo é divertido e podemos escolher vários níveis de dificuldade, são eles Fácil, Normal, Difícil e Muito Difícil. Infelizmente por vezes apanhamos níveis completamente absurdos, por esse motivo faltava claramente uma opção para os jogadores avaliarem o nível e até poderem filtrar os níveis com menor pontuação.

Ainda dentro dos Níveis Mundiais existe a opção de Níveis Recomendados, esta opção mostra-nos os níveis mais populares criados por os jogadores de Super Mario Maker da versão Wii U, aqui podem encontrar níveis bastante interessantes e que puxam pela vossa cabeça para os conseguirem superar. Existe ainda o Stress Pass que permite enviarmos e recebermos níveis de jogadores próximos de nós.

Já a Robocópia permite pegarmos num nível que tenhamos criado ou num nível descarregado de outro utilizador e edita-lo a nosso belo prazer.

Depois de revistos todos os modos da opção de jogar, vamos agora ao modo de criação, e deixei este para o fim pois aqui está a verdadeira cereja no topo do bolo deste jogo, na realidade é exactamente o que dá nome a este jogo, a possibilidade de os jogadores criarem os seus próprios níveis. Creio que qualquer um que comece a desenhar um nível irá imaginar todo o trabalho que Shigeru Miyamoto (criador de Super Mario) teve quando criou o primeiro jogo do nosso canalizador favorito, naquele tempo não existia nada parecido com o criador de Super Mario Maker, era tudo feito a partir de folhas quadriculadas onde se desenhavam as várias partes dos diversos níveis, podem vê-las aqui caso tenham interesse.

Vamos então começar a desvendar este modo, aqui podem criar tudo o que sempre imaginaram desde que se enquadre no universo Mario, no inicio os itens para colocarem no vosso nível não é muito vasto, para aumentarem essas escolhas é necessário irem jogando o modo Desafios tal como expliquei acima. Aqui irá aparecer-vos um ecrã quadriculado onde se coloca os itens que queremos de modo a irmos preenchendo o nosso nível. Podem também aumentar ou diminuir o tamanho do nível, pois existe uma barra na parte inferior do ecrã que permite fazer isso. Convém referir que aqui devem usar a stylus, pois facilita bastante a colocação de itens.

Outra das opções que não podia faltar é a opção de escolher qual o tipo de Super Mario para que estão a desenhar o nível, as opção são Super Mario Bros, Super Mario Bros 3, Super Mario World e New Super Mario Bros U, é incrivel ver como a maioria dos jogadores criam níveis para o velhinho Super Mario Bros, o que mostra o carinho que existe por este jogo. Podem ainda escolher o tipo de ambiente do vosso nível, ao todo temos seis tipos, são eles Ao Ar Livre, Subsolo, Subaquático, Casa Assombrada, Aeronave e Castelo. É possível também usarem efeitos sonoros dos mais diversos tipos, ao ponto de existirem jogadores a criar níveis que são autenticas melodias. Por ultimo para navegarem pelo nível basta andarem com o D-Pad ou com o analógico, tudo num estilo muito user friendly.

Embora tudo seja muito simples no modo criação a Nintendo disponibilizou ainda a opção de aulas para aprenderem a criar os vossos níveis como verdadeiros arquitectos de Super Mario, para isso baste irem para o modo aulas e aprenderem tudo com Mashiko e o Yamamura. Por vezes as conversas entre eles pode ser um pouco entediantes, mas nada que uns toques no ecrã inferior não resolva.

Super Mario Maker tem tudo aquilo que podíamos esperar de um jogo deste género, é verdade que o modo de criação poderia ter muito mais itens desbloqueados para colocarmos nos nossos níveis, mas assim também é uma maneira de obrigar os jogadores a jogar o modo desafios.

Podemos dizer que o espírito de Super Mario está completamente encarnado em Super Mario Maker, se são fãs de Mario este é um daqueles títulos que não podem deixar passar, a vossa Nintendo 3DS merece este jogo. Posso dizer que me diverti imenso a testar, descobrir e criar no modo de criação, e claro diverti-me ainda mais a jogar os meus níveis e de outros jogadores espalhados por esse mundo fora, é sem duvida uma óptima maneira de acabar este ano de 2016.

About The Author

Rui Gonçalves

Desde o tempo do seu Spectrum+2 128k que adora informática. Programador de profissão nunca deixou de lado os jogos, louco por RPGs e jogos de futebol. Adora filmes de acção e de ficção científica, mas depois de ver o Matrix nunca mais foi o mesmo.

Related Posts