À mesa com Kazunori Yamauchi

Durante o evento em Londres de apresentação de GT Sport houve oportunidade de estar uns minutos à conversa com o pai da Poliphony Digital, numa mesa redonda com vários meios de comunicação mundial, aqui ficam as perguntas dos jornalistas e as respostas do mestre.

Jornalista – Já vimos que o jogo evoluiu graficamente e em termos de som, em que ponto se encontra esta evolução e como está tambem a Inteligência Artificial?

Kazunori Yamauchi – Em termos de visuals, IA, som os mesmos ainda estão a evoluir enquanto falamos, e isso é algo que podemos ver na demo que temos hoje aqui disponível, é algo que está sempre a evoluir. O que temos ali não é final, eu considero que está a cerca de 50 % daquilo que quero que seja, uma das coisas que queremos mesmo e que estamos a meter em grande força no desenvolvimentos é a luz dos mundos. E claro ter tudo isto em 1080p 60fps. A IA tentem colocar em modo pro aqui na demo, porque agora estas IA vao conduzir tão rápido como um ser humano. E isso é algo que eu estou à espera porque nos próximos 6 meses ainda vai evoluir bastante

Jornalista – Significa que esta evolução nos diz que não vamos ter um GT7, porque o que foi dito anteriormente é que este não seria um GT 7 seria o GT Sport, podemos esperar para GT Sport se transforme em GT 7 ou irá existir um GT 7?

Kazunori YamauchiOriginalmente o nosso foco era o modo sport, dai ter-mos dado este nome, mas olhando agora para o jogo e o número de features, penso que lhe poderíamos ter chamado GT 7. Podiamos ter chamado 7 sim isso seria viável.

_DSC0172

Jornalista – Em termos de excitação comparado com GT5 e 6 quão excitado está nesta fase com GT Sport.

Kazunori Yamauchi – Honestamente GT5 e GT6 foram muito difíceis para mim pois desenvolver para o hardware da PS3 era muito complicado e stressante. Mas agora estamos a divertir-nos a fazer este jogo, eu passo o meu tempo todo a fazer o jogo quando não estou a dormir, mas não é stressante porque é divertido. Eu e a equipa estamos mesmo felizes, por nos estarmos a divertir ao desenvolver o jogo e isso é algo que não sentimos desde o GT original.

Jornalista – Vão incluir diferentes condições climatéricas no jogo?

Kazunori Yamauchi – Sim claro que queremos ter condições climatéricas diferentes no jogo. Mudanças climatéricas foi algo que fizemos anteriormente em GT 5 e GT 6, mas isso é algo que já fizemos antes, e eu penso que isso é bom mas o meu foco agora é em expandir novas possibilidades nos jogos de corridas.

Jornalista – Onde está o B-Spec mode?

Kazunori Yamauchi – Algo que queria dar ênfase no jogo é que o mesmo é muito feito para os jogadores, realmente jogarem, para que os jogadores que cheguem a primeira vez vejam que conduzir neste jogo é mesmo divertido. Se selecionarem Demo no modo Arcade, ao jogo corre de uma forma parecida com o b-Spec mode. Portanto é possível incluir algo do género em qualquer altura da vida do jogo. E não decidimos ainda se o vamos ou não fazer. Mas queremos incluir opções para os jogadores que não tenham muito tempo para jogar o jogo.

Jornalista – Como está a física dos carros neste jogo?

Kazunori Yamauchi – A física evolui, é mais natural porque os carros reais no mundo real não são assim tao difíceis de conduzir. É algo que em GT 5 e GT 6 não conseguimos atingir e o que estamos a fazer agora é algo que começa a ficar mais perto de um carro real e algo natural esta experiência de condução. É algo fundamental que queríamos e não é algo que tenha de ser anunciado.

Jornalista – Dinamic lightning vai ser incluído?

Kazunori Yamauchi – Tenho a sensação que desta vez não iremos incluir transições desse género. Mudança dinâmica e fazer algo desse género iria baixar a qualidade gráfica do jogo, pois ambas estão numa relação oposta. Nós fizemos mudanças dinâmicas em GT 5 e GT 6, mas percebemos que havia pontos positivos e pontos negativos de fazer isso. O jogo vai incluir vários estados de tempo e climatéricos, mas isso será decidido na hora de entrada da prova. Durante a corrida as condições não vão alterar.

Jornalista – A PS4 foi construída como um pc de forma a performance ser escalável, o motor de GT foi construído tendo isso em mente, ser escalável também?

Kazunori Yamauchi – Nesse aspecto ele irá escalar naturalmente. Hoje em dia Gran Turismo é dos poucos títulos do mundo que desenvolve o seu próprio motor de jogo, e nesse aspecto não interessa quais as mudanças de hardware, iremos sempre conseguir optimizar o nosso produto porque estamos assim tao embrenhados no desenvolvimento.

Jornalista – Com irão incluir novo conteúdo no futuro? Free Updates DLC pago?

Kazunori Yamauchi – Existe possibilidade para ambos.

Jornalista – Foi anunciado a compatibilidade de GT Sport com VR pode falas-nos mais sobre isso?

Kazunori Yamauchi – Actualmente está planeado que o jogo seja compatível com VR no lançamento.

_DSC0179

Published
Categories Reportagens
Views 105
Ir para a barra de ferramentas