O nome e a imagem do franchise de Farming Simulator podem não beneficiar do glamour de outros jogos, porém, é já obrigatório para muitos fãs que esperam anualmente por cada versão.

Se antes o título desenvolvido pela Giants Software não era tão levado a sério, já não é o que se verifica hoje em dia, sendo que a cada ano, maior e mais ambiciosa é a versão criada. A prova disso? O recém-lançado Farming Simulator 19.

Na verdade, é precisamente a exploração de uma temática que à partida não é propriamente apelativa, que atrai a curiosidade de quem nunca jogou.

 

 

Farming Simulator 19 E3 CGI Trailer – John Deere Reveal

 

 

Pegando nisso, Farming Simulator 19 regressa ainda mais forte, e embora não seja muito diferente do seu antecessor, tem ainda assim algumas novidades que irão manter os jogadores mais fiéis interessados.

Só por troça ou escárnio, se pode reduzir este jogo à prática do cultivo, e apenas jogando se entende como Farming Simulator 19 é um óptimo e rigoroso jogo de gestão. De um modo geral, ensina todas as preocupações que percorrem a mente de um empresário ligado ao negócio da agricultura, e no mesmo sentido, oferece um conhecimento básico sobre o ofício.

Sim, claro que plantar é o fundamental, mas acima de tudo têm de planear, gerir, errar e aprender. E aprender que, como em qualquer negócio, a dado momento há que arriscar e expandir.

Existem três modos de dificuldade, e cada um com os seus próprios desafios. Para os novatos está reservado um tutorial extenso, e recomendo vivamente que tenham a paciência de segui-lo até ao fim, porque Farming Simulator 19 é complexo. Muito complexo. Há métodos e processos a seguir, e é possível fazer de quase tudo um pouco, desde ter e operar máquinas agrícolas, criar animais, contratar empregados para cuidar das tarefas, e comprar mais terrenos. Contudo, respeitando os ciclos das colheitas, e ao mesmo tempo entender o clima e o solo, e como utilizar todos os recursos e ferramentas que temos à nossa disposição.

Mas não há como fugir, Farming Simulator 19 repete-se, e tal como acontece em quase todos os jogos de gestão, é necessário ter um gosto especial por esse tipo de rotina nos jogos; por outro lado, reflecte bem o tema que explora, já que dificilmente alguém toma a decisão de enveredar pelo ramo da agricultura com o propósito de uma vida cheia de adrenalina.

À semelhança da edição lançada em 2017, também este ano podemos contar com o modo online multiplayer, ganhando um brilho especial quando o trabalho é dividido entre amigos. As peripécias que resultam dessa aventura a dois são até por vezes hilariantes, já que há situações em que ninguém se entende, e quanto mais queremos ajudar, mais atrapalhamos.

 

 

Farming Simulator 19 – Multiplayer (English)

 

 

Tanto no plano gráfico, como no sonoro, podemos considerar que é bastante aceitável para o jogo em questão. Faz uma boa representação do cenário campestre, e com o bom nível de detalhe que se exige a um jogo com tantas máquinas licenciadas. Todavia, além de alguns bugs relativamente à condução dos veículos, denota também alguns problemas relativamente ao draw distance, que esperamos ver corrigidos em futuros updates.

Seguindo a linha do título anterior, Farming Simulator 19 é como a consolidação da franquia no mercado dos videojogos. Um nome que foi crescendo, ganhando destaque ano após ano, e tem aqui a sua melhor versão, completando agora dez anos.

Tem a incrível capacidade de convencer até os mais cépticos, e ainda que seja praticamente a única opção existente para os amantes do género, não se acomodou, conquistando pela enorme variedade de escolhas.

3.5

Sim

  • Um sólido jogo de gestão
  • Uma enorme variedade de coisas para fazer
  • Online multiplayer

Não

  • Demasiados bugs nesta fase
Author Nuno Mendes
Published
Categories Análises Xbox
Views 69

Deixa um comentário