Como é mais que sabido, o futebol é o desporto rei na grande maioria dos países espalhados por este mundo fora. Daí que todos os anos, quando sai uma nova versão de FIFA, ou de PES, os jogadores fiquem sempre na dúvida sobre qual o jogo que deve comprar. Pois bem, hoje não temos esse problema, isto porque a EA Sports chegou-se à frente e lançou FIFA 18 para a Nintendo Switch, e nesse sentido, sem competição no que se refere a simuladores de futebol, este será com certeza um jogo que todos os amantes do futebol, e que possuam a consola, quererão comprar.

A verdade é que, por se ter adiantado à Konami no lançamento de FIFA 18 para a Nintendo Switch, a EA Sports ganhou muitos pontos de avanço. Principalmente porque para o ano terá um feedback do que devem melhorar, e da vontade dos jogadores. Claro que como já era esperado, a versão da Nintendo Switch é a mesma que os jogadores da PlayStation 3 e Xbox 360 recebem. Quero com isto dizer que não podemos esperar os gráficos que nos apresentam nos diversos trailers lançados até ao momento, até porque este não tem o motor Frostbyte, como as versões PlayStation 4, Xbox One e PC.

Mas vamos ao jogo: para começar, o que desde logo me impressionou foi a velocidade que o jogo nos apresenta em todos os menus e loadings dos jogos; tudo é extremamente rápido, e o tempo de interacção entre menus é quase instantâneo, algo que nem acontece na PlayStation 4 nem Xbox One; e se falarmos então do loading para entrarmos no jogo este ainda é mais impressionante pois é cerca de 2 a 3 segundos. Fantástico!

Um ponto bastante negativo é a falta do modo The Journey. Não se justifica que a EA Sports perca tanto tempo a apresentar este modo de jogo e depois os jogadores da Nintendo Switch, Xbox 360 e PlayStation 3 não tenham acesso ao mesmo. Para não dizer mais: infeliz.

O modo mais jogado de FIFA continua lá, e estou a falar como é óbvio do Ultimate Team (UT). No entanto um modo inevitável, tendo em conta o dinheiro que dá a ganhar à EA Sports. Outro dos modos que podemos encontrar é o modo carreira, e provavelmente depois do UT será talvez o mais jogado. Temos também os Torneios onde poderemos competir em Taças ou Campeonato de diversos países. O futebol feminino continua presente no jogo, assim como as temporadas online.

Algo que me deixou verdadeiramente surpreendido é não termos a opção de jogar online contra um amigo, algo que sempre foi dos meus modos preferidos, visto que era a única forma de jogarmos contra amigos. Sinceramente não compreendo esta opção da EA Sports. Não faz o mínimo sentido. É algo simples, que se torna praticamente obrigatório de existir. Só será possível desafiar os amigos em modo local, isto é, podem oferecer um joycon a um amigo e fazerem uma partida, ou se o vosso amigo tiver uma Nintendo Switch marcarem o belo do “date”. E claro, temos ainda os habituais treinos com os mini-jogos de habilidade.

A jogabilidade de FIFA 18 na Switch está extremamente bem conseguida. O jogo está divertido, bastante fluído, e proporcionando a sensação de estar a dominar os jogadores na perfeição. Os passes e remates acontecem quase sempre como queremos, embora por vezes com aqueles “bugs” à FIFA que nos fazem um passe ou um remate completamente desastrados sem explicação. Infelizmente os guarda-redes não estão no ponto, e já vi falhas absurdas da IA, como passar a bola ao GR e este ao tentar chutar a bola, esta passar por dentro do pé e entrar na baliza.

Nos diversos jogos online que efectuei não tive grande problema de latências. Foram sempre fluídos, sem quaisquer paragens durante o jogo. Nota-se ocasionalmente que não existe uma resposta imediata quando carregamos no botão, mas isto também acontece nas outras versões de FIFA das várias consolas, sejam elas quais forem.

Vamos então aos gráficos, e como disse anteriormente, a versão da Switch não apresenta o motor Frostbyte, porém, não é por isso que os gráficos são maus. Não apresenta gráficos extremamente realistas com no Frostbyte, mas podemos dizer que estão bastante satisfatórios. E a verdade é que quando estamos a jogar, não ligamos aos gráficos, queremos é fazer um bom jogo, ganhar e marcar grandes golos.

Para finalizar, podemos dizer que FIFA 18 para a Nintendo Switch é um jogo bastante competente. A satisfação é sempre alta e ainda nos permite jogá-lo em qualquer lugar. Podem existir muitos jogos divertidos para jogar com amigos, mas um jogo de futebol é um jogo de futebol. Existe algo mais competitivo do que isso? Tenho de reconhecer que o FIFA 18 para a Switch convenceu-me, especialmente pela componente portátil.

4.0

Sim

  • Excelente Jogabilidade
  • Jogar em qualquer lugar
  • Velocidade nos menus e nos loadings

Não

  • Não tem o modo The Journey
  • Falta de opção de jogos online com amigos
Published
Categories Análises Nintendo
Views 368