Ao contrário do que estamos habituados em Portugal, em que o desporto é tratado como lixo, e a clubite está acima de tudo, nos Estados Unidos da América o desporto é tratado como um meio de entretenimento. Por isso mesmo, não existe um desporto rei, mas sim diversos desportos pelos quais o povo Americano é completamente louco. Temos o caso do basquetebol (NBA), do futebol americano (NFL), do hóquei no gelo (NHL) e claro o basebol com o MLB. Temos também o futebol (MLS), mas que fica ainda longe de ser chamado desporto rei por terras do Tio Sam.

O basebol em Portugal não tem nenhuma expressão, e poucas ou quase nenhumas pessoas estão interessadas em ver a melhor liga do mundo, que é a MLB. Por isso mesmo, as regras são desconhecidas, assim como os melhores jogadores do mundo da modalidade. O que é pena. Os jogos da MLB são excepcionais, com grandes jogadores, jogos bastante emotivos e claro, um espectáculo incrível dentro e fora do campo. Para os mais desconfiados, aconselho bastante que vejam o filme Moneyball, para perceberem um pouco de como funciona o jogo e até os bastidores deste desporto.

Como já vem sendo habitual, todos os anos a PlayStation disponibiliza aos jogadores da PlayStation 4 um novo jogo da MLB. Este ano chega-nos MLB The Show 18, com Aaron Judge, jogador dos New York Yankees, como a grande estrela da capa, e provavelmente o melhor jogador da MLB neste momento. Outra característica interessante é que a MLB é o desporto que mais dinheiro movimenta em transferências de jogadores entre clubes, para terem uma ideia à bastante anos que transferências de 200 milhões de euros acontecem neste desporto (algo que só aconteceu este ano no futebol com a transferência de Neymar para o PSG).

Vamos então ao jogo, MLB The Show 18 é o melhor simulador de basebol que vão encontrar no mercado. Tudo está representado ao mínimo detalhe: jogadores, estádios, arremessos de bola, entre tudo o que entra no universo do basebol. Outra das características fantásticas são os estádios que estão bastante detalhados, com o público a aplaudir as grandes jogadas, assim como a entrar em euforia quando conseguimos um Home Run. As caras dos jogadores também estão incríveis, assim como as suas movimentações. Como é fácil perceber, tudo relacionado com nível gráfico está excelente.

A jogabilidade, essa, também está muito boa. Existem diversos níveis de dificuldade, e nos primeiros jogos nem pensei duas vezes em escolher logo a dificuldade mais fácil, porque embora conheça bem as regras, era necessário conhecer todas as instruções e comandos do jogo. Mas para quem não está tão familiarizado com a modalidade, os tutoriais são bastante bons, e podemos até colocar algumas coisas automáticas para facilitar a aprendizagem. É importante perceber os vários tipos de arremessos e dominá-los, assim como as várias maneiras de baterem as bolas para conseguirem um bom “hit”. E posso dizer-vos que nada sabe melhor do que ter as três bases preenchidas e fazer um Home Run, o que significa 4 pontos directamente para a nossa equipa. A sensação é simplesmente incrível. Resumindo, a jogabilidade está bastante boa, e diversas ajudas se forem novatos. Apesar de podermos olhar para a duração das partidas como um problema, já que são demasiadamente longas.

Existem dois modos de jogo considerados os mais importantes. O primeiro é o modo Franchise, em que temos de gerir quase por inteiro a nossa equipa de basebol, numa espécie de “Baseball Manager” (acho que me faço entender). O outro é um modo carreira do nosso jogador, o Road to the Show, onde criamos o nosso próprio jogador e fazemos o seu percurso pelas várias equipas e aumentando o seu palmarés. Obviamente também existem os jogos rápidos, em que escolhem uma equipa e jogam contra o computador, mas como disse, nunca são verdadeiramente “rápidos”.

Quando ao som e aos comentários, especialmente no último caso, temos de reconhecer que está algo fraco. Demasiado simples e faltando alguma emoção. O do barulho das bancadas está incrível, e também o som da bola a bater no taco. Tudo muito bem retratado.

Concluindo, MLB The Show 18 é um jogo incrível para quem é fã da modalidade. Um simulador que tem vindo a aperfeiçoar-se ano após ano, e que prova que este exclusivo da PlayStation 4 veio para ficar. Os movimentos estão incríveis, a física da bola está perfeita, com os efeitos e tudo aquilo que podemos esperar num jogo deste género. Embora o meu desporto favorito seja o futebol, sempre achei o basebol um desporto incrível, por isso MLB The Show 18 encheu-me as medidas.

4.0

Sim

  • Um simulador incrível de basebol
  • Modos Franchise e Road to the Show estão muito bons
  • Ambiente dos estádios de basebol muito bem representados

Não

  • Os jogadores europeus podem sentir falta de tutoriais com as regras básicas
  • Para um publico extremamente reduzido na Europa
Published
Views 203