Análises

Análises

Sete anos em Kyrat

Usando honestidade posso dizer que Far Cry 4 é a minha primeira experiência com a corrente perdido-algures-numa-de-safa-te-indepentemente-das-tuas-capacidades. Somos Ajay Ghale. Um ascendente a herói que é apanhado de surpresa por uma guerrilha que o rapta e, à partida, o impede da sua missão inicial: deixar apenas as cinzas da mãe nos Himalaias. Pagan Min, nosso […]

Read More

Os Marretas: Aventuras no Cinema – Uma aventura para os mais pequenos

Não sou propriamente da geração dos Marretas. A minha praia sempre foi mais a Rua Sésamo. Contudo, o sapo Cocas e a Miss Piggy sempre foram boa companhia. Em “Os Marretas: Aventuras no Cinema” para a PS Vita, isso mantém-se, pelo menos até certo ponto. Vestindo a pele das várias personagens (Cocas, Miss Piggy, Animal […]

Read More

Destiny – A expansão até ao nível 32

Quando fizemos a review do Destiny, fizemo-la com a quantidade de horas necessárias para perceber as mecânicas do jogo, jogámos a história até ao fim, experimentámos os strikes, a componente social e o “character building”. Agora 180 horas depois, com uma expansão pelo meio, decidimos que devíamos fazer, não um update a essa review, mas […]

Read More

Lara Croft volta ao local do crime

Depois do sucesso, algo inesperado, que Lara Croft and the Guradian of Light teve, aqui está o seu sucessor. É claro que para quem jogou o primeiro capítulo saberá que este não é um típico jogo de Tomb Raider, até porque não o tem como nome, mas Lara Croft and the Temple of Osiris volta […]

Read More

O futuro das guerras passa por aqui…

Ou como a industria de videojogos já acha que pode fazer filmes. E a verdade é que até pode! Para começar, não sou fã de COD, não joguei muito dos anteriores, e sou um completo desastre online. Pronto posto isto, porque raio está uma pessoa como eu a fazer esta review? E a resposta é este […]

Read More

Outra vez GTA V?!

Foi há dois anos que fiquei em êxtase com a ideia de que o próximo Grand Theft Auto pudesse ser algo massivo, um mundo enorme, cheio de vida, de acontecimentos, de coisas para fazer, no fundo uma vida para além da nossa para viver. O ano passado considerei GTA V o melhor jogo do ano […]

Read More