Antevisão – Inspector Zé e Robot Palhaço em Crime no Hotel Lisboa

É com natural orgulho que falamos deste jogo desenvolvido pela Nerd Monkeys, isto porque não é todos os dias que podemos falar de jogos que são desenvolvidos por equipas portuguesas e que conseguem chegar ao mercado actual dos videojogos. Felizmente há cada vez mais e o Inspector Zé e Robot Palhaço em Crime no Hotel Lisboa é um excelente exemplo disso mesmo.

screenshot_anim_02

Por aquilo a que já tivemos acesso podemos dizer que o normal será ficarem desarmados com a interacção que este jogo vai desenvolver convosco mas também a originalidade. Por exemplo no ínicio do jogo onde esperaríamos um “pressione um botão para começar” aqui surge “acaricie o teclado para começar”, mas este é apenas um dos muitos exemplos que vos vai faer rir mas também “acarinhar” este jogo.

O jogo decorre nos anos 80, com os gráficos coloridos a recordar alguns dos clássicos da Lucasarts, com a música a encaixar nessa mesma década num ambiente “chill out”, música de bar ou elevador não no sentido depreciativo mas no sentido de não se impor ao jogo, deixando-o fluir através dos instrumentais que marcam o ritmo mas não nos tiram a atenção do que estamos a fazer.

screenshot_anim_04

Baseado nos clássicos jogos de aventura de point-and-click o jogo assenta nas interacções  que passam por inspecionar ou interagir com os objectos ou personagens, trocando ecrãs e podendo explorar todos os cantos. No entanto se estão à espera de um jogo fácil e que vos diz o que fazer a todo o instante, desenganem-se porque a ideia é complicar e desafiar o jogador a perder horas se preciso a pensar o que fazer ou o que faltou fazer. Eu pessoalmente concordo totalmente com esta ideia, porque lembro-me de um Broken Sword em que andava a atrofiar com uma peça que não encontrava durante horas, para não dizer dias, uma peça para um quebra cabeças que depois de encontrada fazia todo o sentido, apesar do tempo perdido fez-me conversar com amigos meus para procurar uma solução e como podem ver ainda me lembro dessa situação.

gif_71

Voltando ao Inspector Zé e Robot Palhaço em Crime no Hotel Lisboa, não quero ser muito mais extenso nesta preview, para poder desvendar todos os pormenores numa futura entrevista e review que vamos fazer aqui no Salão de Jogos, mas não podia deixar de referir o ambiente onde jogo decorre. Estamos a falar do nosso Portugal, da nossa capital, representada pelos seus icónicos táxis, caixotes do lixo, eléctricos, paisagens, algo que apenas temos saudades quando estamos longe mas que sempre reconhecemos ao nosso país e cidade. O calor e o carinho que nutrimos pelo “factor casa” também se reflecte na apreciação do jogo.

screenshot_anim_05

Também icónicos poderão ser as personagens deste jogo, tema que vamos abordar em profundidade brevemente por estes lados, mas apenas depois do jogo sair e de o podermos testar a fundo para uma futura review. Para já marquem a data no vosso calendário, 5 de Dezembro, para Pc, Mac e Linux e podem fazer a pré-reserva do jogo no site do mesmo.

Se quiserem podem ainda podem ainda ajudar o jogo e a Nerd Monkeys a ganhar o 4th Annual Indie of the Year Awards, basta passar por aqui e votar no banner que podem encontrar lá, na parte inferior da página.

Published
Categories Antevisões
Views 57
Ir para a barra de ferramentas