Barrigadas de diversão

Desde a Nintendo DS que a saga Cooking Mama faz as delícias dos aprendizes de cozinheiro mais pequenos. Agora que chega ao segundo título para a Nintendo 3DS, Cooking Mama: Bon Appétit! mantém a fórmula de sempre inalterada, mas junta-lhe ainda mais receitas e desafios culinários.

Sejamos honestos, Cooking Mama: Bon Appétit! não é um “must-have” da consola portátil da Nintendo. Pelo menos, para jogadores acima dos dez anos de idade. Contudo, para a criançada na idade do faz-de-conta, o jogo garante várias horas de entretenimento.

[slideshow_deploy id=’18903′]

Os mini-jogos são variados (quinze no total), com espaço até para um modo multijogadores. E, apesar da repetitividade se assumir como chef desta cozinha virtual, a verdade é que a diversão e o sentido de desafio estão sempre presentes. Além disso, a paciência e simpatia da Mama fazem com que deixar queimar salmão na grelha ou não bater a massa do bolo suficientemente bem sejam apenas passos naturais na vida de um chef em ascensão. Afinal, as explicações e as correcções são geralmente acessíveis e alegres, embora por vezes pareçam ligeiramente incompletas no que toca às etapas de confecção. Dos petiscos às sobremesas, saímos de barriga cheia e sorriso na cara, graças à cozinheira mais querida dos videojogos.

Sendo um título cujo conteúdo, gráficos e jogabilidade competem directamente com jogos para telemóveis e tablets, o principal pecado de Cooking Mama: Bon Appétit! é mesmo o preço, que ronda os €30. 

O-SALAO-RECOMENDA-CookingMa

Nota: Para esta review, jogámos Cooking Mama: Bon Appétit! numa Nintendo 2DS, utilizando um código de download cedido pela Nintendo Portugal.

Author
Published
Categories Análises
Views 83
Ir para a barra de ferramentas