Categoria: Análises

Análise: Onimusha Warlords

Vai ser muito difícil explicar o que senti ao pegar novamente em Onimusha Warlords. A saga Onimusha a par de Devil May Cry devem ter sido das sagas que mais tempo joguei, voltei a jogar e andei por todos os cantos a “platinar” (na altura não tinha esse nome), e a tentar superar todos os […]

Read More

Análise: Squishies

Squishies é um jogo de puzzles feito propositadamente para a Playstation VR. Além de todo o kit de Realidade Virtual, é necessário ter os comandos move para poder jogar esta aventura. O objetivo é fazer com que os pequenos Squishies regressem a casa e para isso teremos de ultrapassar vários obstáculos. À nossa disposição temos […]

Read More

Análise: Toki

Provavelmente, quando olham para Toki, pensarão que é um jogo indie acabado de chegar à Nintendo Switch. Mas acreditem, estão bastante enganados. Toki foi um dos jogos de enorme sucesso na década de 90; inicialmente lançado para as máquinas de jogos (1989), onde a criançada gastava as suas moedas de 50 escudos, vezes e vezes […]

Read More

Análise: Carcassonne

Foi em 2001 que Carcassonne ganhou o prémio de melhor jogo do ano, e estamos a falar de um jogo de tabuleiro que se rege por ideias de estratégia, mas também por uma pontinha de sorte. Ideal para toda a família. Para quem não sabe, Carcassonne é uma cidade francesa que é bem conhecida pela […]

Read More

Análise: New Super Mario Bros U. Deluxe

O canalizador mais famoso do mundo está de regresso à Nintendo Switch, e depois do enorme sucesso de Super Mario Odyssey, onde encontramos um jogo de mundo aberto e totalmente em 3D, chega agora a vez de agradar aos fãs que preferem uma aventura mais clássica, isto é, um mundo cheio de plataformas e totalmente […]

Read More

Análise: Marvel’s Spider Man: O Outro Lado da Sable

Com o fim do ano chegou também o fim da trilogia, A Cidade que Nunca Dorme, com o terceiro e último episódio, O Outro Lado da Silver. Depois de Turf Wars ter sido um pouco decepcionante perante o primeiro, especialmente na sua longevidade e diversidade, o fim é apenas competente mas não surpreendente. Hammerhead afinal […]

Read More