Não é novidade para ninguém que nós aqui no Salão de Jogos estamos entusiasmadíssimos com Pixel Soccer. Talvez pela febre do Mundial, talvez pela falta do campeonato nacional ou simplesmente porque somos fãs de Sensible Soccer. Por isso mesmo decidimos falar um pouco com os responsáveis pelo jogo, neste caso Ammaniel Aria da Super Rock Games e Matheus Toscano do site 8bit-Football.com.  Ficámos a saber que o campeonato português vai estar presente mas não vai ter o Sl Benfica… Já vão perceber porquê, mas primeiro quissemos saber como esta aventura, chamada Pixel Soccer começou. 

tumblr_inline_n3xkvha7e31s9mkrj

Pedro Moreira Dias: Primeiro do que tudo e antes de irmos ao jogo em si, temos que perguntar como é que a Super Rock Games se formou e como é que se conheceram?

Ammaniel Aria: Eu já conhecia o twitter do Matheus há algum tempo e já era um grande fã do trabalho dele. Acabei por o contactar para organizar uma competição de T-shirt’s para o meu jogo The Football Playbook. Disse-lhe que a sua artwork ficaria incrível no jogo e ele ficou interessado em tentarmos explorar algo a partir daí. A nossa primeira ideia foi: super goal run. A partir daqui fomos refinando a ideia e acabámos por chegar ao Pixel Soccer!

PMD: E juntaram-se pelo jogo que queriam criar, pelo gosto pelo futebol ou pelo gosto de criar em 8-bits ou para aproveitar a hype de jgos como Hotline Miami, Retro City Rampage, enfim esta moda 8-bit?

Matheus Toscano: Foi pelo gosto pela combinação de futebol e jogos 8 bits. A nossa ideia nunca foi aproveitar o hype, mas foi tentar desenvolver algo nosso que pudesse agradar a um público similar e a nós mesmos.

PMD:  Como é que a ideia surgiu deste Pixel Soccer?  Por serem fãs de jogos como por exemplo o mítico Sensible Soccer, o Football Glory, Goal ou o Kick Off?

Matheus: Eu comecei a desenhar as illustrações do 8bit Football sem nenhuma intenção de criar um jogo. Com a ideia da parceria com a Super Rock Games, exploramos diversas possibilidades sobre como poderia ser este jogo. No fim de contas, prevaleceu a influência do Sensible Soccer e Kick off, já que na nossa infância passávamos horas a jogar esses jogos.

9c9c675c38fd847565487078001c4bf7_large5d27527f691c3fbd014cfd8b088f6905_large2916f171cf55d9181c903df457f3e8c0_large

PMD: Por aquilo que têm demonstrado é também vosso intuito ter algum humor. Isso vai um pouco na linha do Football Glory onde haviam pequenos balões de diálogo e podíamos andar atrás do árbitro quando nos mostrava um cartão. Em Pixel Soccer também vai acontecer coisas semelhantes?

Matheus: Com certeza. Além das funcionalidades padrão de um jogo de futebol, fazemos questão de que tenha também algo for do comum. Seja com a claque, o treinador ou até mesmo o árbitro, a nossa ideia é arrancar um sorriso quando o jogador menos espera.

PMD: Se por exemplo em Sensible Soccer os equipamentos eram muito básicos, aqui existe uma preocupação para que sejam o mais reais possível, mesmo sendo em 8-bit. Como foi esse trabalho?

Matheus: A nossa ideia é manter o charme e nostalgia dos gráficos 8 bits, porém com a vantagem dos equipamentos de hoje. Assim, queremos incluir ao máximo no jogo a possibilidade de customização, seja através de cores de chuteiras ou acessórios do jogador, ou também com equipamentos, camisas de manga longa, etc. Felizmente, os equipamentos de hoje permitem isso, então queremos tirar proveito ao máximo.

gc1oa1nc5pxciolhra9d

PMD: Tal como acontecia no Sensible Soccer, também aqui parece-me haver jogadores “estrela”, é assim? O que representa isso no jogo?

Matheus: A nossa estratégia para os jogadores é ter duas categorias, os genéricos e os ‘estrela’. Os jogadores genérico são criados baseados nas diversas opções que incluiremos no jogo para cor da pele, cabelo, olhos, barba, etc. Os jogadores estrela serão desenhados a mão por mim, e terão algo mais em termos visuais, o que pode lembrar as grandes estrelas do futebol mundial.

tumblr_inline_n2ujqmFO3n1s9mkrj

PMD: Pixel Soccer é um projecto muito ambicioso, com cerca de 18 ligas internacionais, para além de campeonato do mundo, etc, como tem sido programar e criar a base de dados de tantas equipas e jogadores?

Matheus: A ideia é programar o jogo de tal forma que a base de dados possa ser incluída separadamente, através de um editor. Assim, poderemos ter ajuda de fãs que querem contribuir com o jogo, já que cada um conhece o futebol do seu país melhor que nós. Quanto às ligas, o Ammaniel já participou de projectos como o Championship Manager, então o que não falta é experiência.

PMD: Este jogo centra-se também num modo carreira, com subida e descida de divisão, transferências, como vai ser esse modo de jogo?Já agora perguntava como funcionará também o editor de jogo e se haverá a possibilidade de jogar campeonatos online por exemplo.

Matheus: A ideia do editor é que as pessoas possam dar a cara que elas quiserem ao jogo. As pessoas poderão escolher o visual de cada jogador bem como a da sua equipa. Assim, aquela equipa da universidade também terá lugar no Pixel Soccer. A possibilidade de jogar online também está nos nossos planos. Dada a complexidade da implementação, vai depender primeiramente de quanto conseguimos arrecadar (e por isso a oferecemos como Stretch Goal no kickstarter).

maxresdefault

PMD: Como português que sou, mas como “doente” pelo Benfica, tenho que perguntar se o campeonato português vai estar no jogo, e já agora se o Benfica é o melhor clube português.

Matheus: Haha, com certeza. A liga de Portugal não pode ficar de fora. Como não temos licença para nomes de clubes, o Benfica não estará no jogo. Agora, se encontrares no jogo um certo Águias FC na liga de Portugal, de cor vemelha, fica à vontade para dar lhe dares o nome que quiseres através do Editor.

PMD: Se o Pixel Soccer saísse agora quem ganhava o campeonato do mundo (pela qualidade da equipa) ?

Matheus: Acho que a Holanda. Mas lembra-te que no Pixel Soccer haverá tocida, então o Brasil tem chance! *(tinha…)

a342e48ec72aa5d28be0390426ae8871_large

PMD: Quando é que poderemos jogar Pixel Soccer? E o que é preciso para isso acontecer?

Ammaniel: A versão pre-alpha estará disponível em breve. Se a nossa campanha no Kickstarter correr bem e conseguirmos o patamar proposto, a versão final sairá em Janeiro de 2015.

PMD: Qual é o futuro da Super Rock Games?

Ammaniel: Se tudo correr bem, fazer de Pixel Soccer o melhor jogo de futebol de sempre! Falhando por completo, iremos nos focar em mini-games e sermos contratados por outras editoras de videojogos.

Para o bem de todos, esperemos que tal não aconteça e que possamos efectivamente ter o Pixel Soccer no nosso PC ou Mac em Janeiro do ano que vem instalado no nosso computador. Se quiserem contribuir ainda estão a tempo de o fazer passem pelo site do projecto em  ou então pelo Kickstarter.

pixel_soccer_logo_with_ks*Esta entrevista foi realizada dia no dia 30 de Junho e por isso a resposta do Matheus em relação ao Mundial. Foi também traduzida para português de Portugal.