Detroit: Become Human recebe três novos trailers

Detroit: Become Human será certamente um dos jogos mais esperados deste ano, além de uma historia envolvente, as três personagens principais do jogo são andróides, Kara, Connor e Markus. Este será um exclusivo PlayStation 4 que decorre num mundo futurista, onde a frágil coexistência entre humanos e andróides, serve de ponto de partida para uma história recheada de decisões difíceis, onde cada escolha terá um impacto directo no desenrolar da narrativa.

David Cage, director da Quantic Dream, explica que “a prioridade foi adoptar o ponto de vista dos andróides, e não dos humanos. Em vez de usar a Inteligência Artificial como algo que poderá destruir a humanidade, decidi escolher um ângulo diferente: uma história que aborde uma humanidade em declínio, egoísta, dependente da tecnologia e apenas preocupada com a sua comodidade. Em oposição a isto, decidi criar uma nova e inteligente espécie, que descobre o mundo, que sente emoções e que apenas pede para viver livremente.

Escrevi esta história com a convicção de que estou a escrever uma visão do futuro: como é que vamos reagir quando virmos as máquinas que criámos tornarem-se mais inteligentes que nós e mostrarem sinais de consciência? Esta consciência é apenas uma questão de poder de computação ou é mais alguma coisa?

Em vez de uma narrativa única  e constante, optei por contar a história de três andróides, três personagens que descobrem as suas emoções e que têm de escolher o seu próprio destino.

Levámos esta ideia o mais longe que conseguimos, tendo três compositores diferentes (um por personagem) com estilos musicais distintos, três modos diferentes, três cinematografias  diferentes, de modo a que o jogador tenha a sensação de jogar três jogos diferentes à medida que mudam de personagem.

As decisões dos jogadores vão ter uma influência directa na história de cada uma destas personagens, o que torna cada decisão fundamental.”

Kara – AX400, é uma andróide com um forte desejo de liberdade, criada para servir a família de Todd Williams, um taxista de personalidade perigosa e imprevisível e a sua filha Alice. Kara está programada para falar trezentos idiomas diferentes, cozinhar mais de nove mil pratos e ajudar as crianças com trabalhos de casa e tempos livres. Cansada de testemunhar os maus tratos de Todd à sua própria filha, Kara tenta resgatar a pequena rapariga, e embarca numa fantástica aventura, recheada de decisões complicadas de tomar.

 

Connor – RK800, é um andróide ao serviço das forças da lei, especializado em perseguir andróides que se deixaram levar pelo mundo do crime. Analítico, implacável e altamente eficiente, Connor é um andróide tecnicamente evoluído, a quem só completar a missão para que foi programado importa. Quando começaram a aparecer os primeiros casos de comportamentos anormais por parte de alguns andróides, a CyberLife colocou Connor ao serviço da Polícia de Detroit onde passou a trabalhar lado a lado com o tenente Hank Anderson, um detective bêbado que detesta andróides. Connor terá de usar a sua “psicologia” para ganhar o respeito e a confiança do seu parceiro e descobrir a verdade acerca do que está a acontecer em Detroit.

 

Markus – RK200, é um andróide que pertence ao famoso pintor Carl Manfred, que perdeu a capacidade de andar. Carl sempre tratou Markus como um humano transmitindo-lhe os mais diversos valores, ensinando-o a pintar e sensibilizando-o para as coisas verdadeiramente importantes da vida. Graças a estes ensinamentos Markus tornou-se num líder revolucionário que pretende libertar os andróides das “garras” da sua própria programação. Leal, corajoso e destemido, Markus está sempre disposto a lutar pelos fracos e oprimidos, numa guerra tantas vezes desigual, e onde as tuas decisões terão um papel fulcral.

 

Detroit: Become Human estará disponível dia 25 de Maio em exclusivo na PlayStation 4.

Publicado
Visualizações 113