Esqueçam a Feira Popular…

1O mercado de videojogos está de boa saúde e recomenda-se. Essa é a grande ilação que podemos tirar desta segunda edição do Lisboa Games Week, que decorreu na FIL, nos últimos 4 dias. A Playstation triplicou a sua presença no espaço e com pompa e circunstância apresentou o seu PlayStation VR, a realidade virtual que tantas vezes é questionada. Foi de facto algo que nos espantou nesta feira, o aparelho é leve, confortável, ajustável e munido de dois comandos Move a experiência é imersiva e dinâmica, ao ponto de nos esquecermos em que realidade estamos. Para além disso a PlayStation aproximou-se dos Game Developers portugueses ao apresentar a iniciativa “Prémios” onde cada equipa ou projecto poderá ganhar a possibilidade de desenvolver o seu jogo para a PS4. Para além das novas tecnologias, dos computadores e acessórios topo de gama, também os jogos tiveram destaque, com LEGO Avengers a poder ser jogado em primeira mão, assim como Uncharted 4: Among Thieves ou até mesmo o Super Arrebenta Manos, jogo de José Castanheira, uma espécie de Super Smash Bros. com as personagens dos jogos “indie” portugueses. A Nintendo fez a sua estreia no LGW e com o seus torneios mostrou que continua a dominar o catálogo dos exclusivos e do divertimento familiar. Houve Cosplay, retro gaming, simuladores, torneios, muita diversão e troca de conhecimento e é isso que os videojogos devem sempre ser.
Autor: Pedro Moreira Dias
Published
Categories Artigos no METRO
Views 53
Ir para a barra de ferramentas