Esta review surge com alguma demora, mas valeu a pena, é que estive à espera que o Benfica ficasse melhor classificado e eliminasse o Sporting da Taça de Portugal para me sentir melhor a falar de futebol.

Posto isto vamos ao que interessa, o FIFA 14. Já tínhamos feito aqui uma preview ao jogo até em formato comparação com o PES 2014, mas o jogo da EA Sports merece um destaque alargado e aprofundado.

Desde de logo percebemos que todos os menus foram redesenhados, em vez daquele ar meio blog com os menús em pop up, temos um design muito mais “user friendly “com pequenas “boxes” a dar o destaque e separadores a dividirem os vários conceitos de jogo, desde o jogar rapidamente, passando pelo EAS FC e acabando pelo modo online e de opções. Se se lembram de como era o Premier Manager nos tempos da PS2 vão achar algumas semelhanças, para quem vê muito os jogos da Premier League vai reconhecer de onde vieram as ideias para estes grafismos.

premier_manager_09_ps2_1

Mas o mais importante dos menus é que são mais rápidos, mais instintivos, menos personalizáveis é um facto, mas para colocar o Luisão com o cabelo do Lionel Richie já cá está o PES 2014 não é?

rtaImage

Quantos aos modos, se quiserem arrancar logo para um amigável, mais uma vez vão ter as estatísticas online para reproduzir o momento de cada equipa, as lesões, etc, ou podem desligar esse modo. O mesmo acontece com os jogos amigáveis online, através do menu rapidamente vemos quem está online e quem está a jogar FIFA para propor um jogo onde podemos apostar os nossos pontos de experiência ou simplesmente no modo rival para ver quem é o melhor em séries de jogos.

fifa14_demo-09-09-2013-22-23-12-1311

Temos é claro o modo torneio, onde entramos para uma liga ou taça para a conquistar ou o modo carreira, onde mais uma vez podemos ser o treinador da nossa equipa favorita, ou o jogador que vai tentar ao topo do Mundo, isto é, ser um Cristiano Ronaldo. Aqui neste modo verificamos várias mudanças, não só da forma como as informações nos são apresentadas, podendo parar o calendário com muita mais facilidade e até ver e responder a emails enquanto está em andamento, assim como o nível de pormenor às possibilidades que temos enquanto treinador como pedir orçamentos, comprar e vender jogadores, contratar olheiros e montar redes de pesquisa de jogadores, estruturar várias tácticas para várias situações de jogo.

CapturaEcra-3

De facto o montar uma rede de olheiros levou um verdadeiro upgrade, ao podermos enviar vários olheiros para vários continentes e verificar a evolução dos jogadores através dos relatórios que nos vão chegando semanalmente através de um gráfico no canto inferior esquerdo. As notícias são também muito mais realistas, os pedidos para jogar ou fazer parte da equipa são mais constantes, assim como o diálogo que existe entre treinador e a equipa e os meios de comunicação. Levar a equipa ao topo como um todo será muito mais difícil porque gerir o contentamento de todo o plantel será uma das mais duras tarefas, isso e ganhar o campeonato ao Porto.

CapturaEcra-1

Enquanto jogador neste modo carreira as diferenças vão se basear mais uma vez na forma como nos surge a informação e no leque de opções para o nosso jogador, mas também aqui existe um lado muito mais participativo e activo na vida de futebolista. Se se lembram de uma das minhas críticas ao PES 2014, no modo vida futebolística apanhamos uma enorme seca a ver os jogos a passar sem sermos chamados para a equipa e sem nada para fazer, aqui no FiFA 14 vamos passar pela equipa B, ganhar minutos até conseguirmos um lugar na equipa principal, ser emprestado a um clube de segunda linha para ganhar ritmo, etc. A verdade é que não ficamos a dormir em cima do comando à espera de jogar.

maxresdefault

Passamos para a jogabilidade em si, que no fundo é o que todos querem saber, e aqui vão debater-se bastante nos primeiros minutos para se habituarem à mecânica de choque, contacto físico e a forma como o contacto físico entre jogadores e com a própria bola resulta naquilo que estão a fazer no comando. Ao início poderá parecer que os jogadores estão mais lentos, que existe um maior esforço para executar os movimentos, mas rapidamente vão perceber que os toques na bola, desde a recepção ao passe e a forma como o executaram, se sob pressão ou a correr, ou então à vontade e de cabeça levantada poderá fazer toda a diferença no desenrolar de qualquer jogada.

Também rapidamente vão perceber que ao controlar a bola vão ter duas ou três opções de passe, isto porque existe uma maior dinâmica da IA, ao criar um movimento de equipa, nomeadamente no movimento ofensivo, porque por vezes vão perceber que parece que toda a equipa subiu e de repente sofrem um contra-ataque e não têm com quem defender, e este é um aspecto negativo deste FIFA 14. Pareceu-me que o uso do L1 triângulo para a desmarcação (na PS3), num lance de contra-ataque dava sempre numa jogada de muito perigo, para não dizer de golo. Também toda a personalidade dos jogadores foi transposta do FIFA 13 para este, agora nota-se ainda mais a diferença de um central com bom controlo de bola ou apenas físico, um driblador de um médio interior mais possante, dando ao jogo em cada um destes pormenores anteriormente referidos, um factor de imprevisibilidade muito grande, tornando o jogo muito mais difícil mas também muito mais emotivo e divertido.

CapturaEcra-4

A nível gráfico o FIFA 14 só pode ser melhor na PS4, não me parece que a EA Sports conseguisse fazer melhor a esse nível do que já fez agora, apesar de mais uma vez não existirem caras para a maioria dos jogadores dos clubes da nossa liga, a parecença está bastante maior do que no PES, e com as fisionomias a serem muito melhor retratadas. Aproveito desde já para referir que as actualizações de plantel que se pode fazer rapidamente online têm trazido jogadores novos para as equipas, como o caso de Siqueira ou Fejsa que ainda não estavam no Benfica no início ou a inserção de Ivan Cavaleiro, agora parece que existe um maior rigor no acompanhamento naquilo que acontece nas principais ligas de todo o mundo.

fifa-14-1378921619760_1280x720

Já que falámos em ligas, praticamente todas as ligas que conhecem estão licenciadas, cerca de 33 ligas, mais de 600 equipas e cerca de 16000 jogadores personalizados vão estar presentes nesta nova série do FIFA. Mas se este poderá ser um dos pontos altos do jogo, o som poderá ser o ponto mais fraco, especialmente no que toca aos comentários em português. Se achavam repetitivos em FIFA 13, aqui ainda vão achar mais, basicamente são as mesmas linhas de fala, os mesmos comentários para as mesmas situações, eu até gosto do David Carvalho e do Hélder Conduto, ainda para mais sendo ele agora o comentador da Benfica Tv, mas as frases são sempre as mesmas. O mesmo se aplica ao som do público, aos cânticos e todos os elementos sonoros dos jogos e é verdadeiramente uma pena, ainda para mais quando a banda sonora faz mais uma vez furor, com as principais bandas que estão e vão estar na berra.

fifa_14_25

Por fim destaque ao Ultimate Team, a Master League da EA Sports continua a ser um dos grandes motores do jogo, pelo menos o mais lucrativo, com novos mecanismos de química e um novo aspecto de interface, no sentido de dar ao jogador uma maior noção de como equilibrar a equipa para ser mais forte do que apenas o aglomerar dos melhores jogadores do mundo. Por fim dar uma palavra ao modo de treino que também nos acompanha nos tempos de loading, estão mais divertidos, difíceis, variados e em maior número dando uma lufada de ar fresco em vez de um incessante carregar no botão start para passar à frente.

fifa-14-4-540x303

No fundo o FIFA 14 leva mais uma vez o troféu de melhor simulador de futebol do ano, com uma concorrência bastante mais competente, mas com uma EA Sports  muito mais preparada para a próxima geração, tal como foi com a anterior. E isso poderá indicar que o PES vai continuar a correr atrás do prejuízo.

About The Author

Fundador do Site - Salão de Jogos, o Commodore Amiga 500 foi o seu melhor amigo durante décadas e ainda hoje sabe de cor a equipa principal do Benfica do Sensible Soccer 94/95. Nos tempos vagos ainda edita as botas dos jogadores do FIFA e do PES.

Related Posts