O poder da grecia antiga cabe no bolso… E é surpreendente a qualidade com que o faz.

Esta podia ser não uma review, não uma re-review, mas uma terceira revisão de uma formula de sucesso…

God of War HD collection, é a reedição do mesmo jogo já lancado na ps3, e é esta a parte surpreendente. Cada vez mais a Vita demonstra ser uma fenomenal peça de hardware, não perdendo qualquer qualidade face a versão da ps3. Ok os gráficos não são os melhores, mas não esquecamos este dois jogos remontam a uma era anterior a uma geração onde surgiram, e onde levaram as capacidades da ps2 ao seu patamar mais alto.

Na ps vita o jogo corre sem quebras de lentidão na jogabilidade, após selecionar qual dos capítulos jogar, é accao sem parar desde que controlamos kratos pela primeira vez. Os gráficos são limpos, com um tratamento polido nesta versão da vita tal como a versão ps3, tal como no caso de Sly trilogy, o pior defeito é nos fmv, sendo que aqui Kratos apesar de numa resolução 4:3 ficou mais definido que o Sly. E felizmente apenas aqui se mantem o 4:3 o aspecto quadrado desaparece quando começa a acção e Kratos esta melhor que nunca.

2014-07-04-151625

O facto de termos uma resolução diferente ajuda também com o facto de termos botões a menos, alguns dos controlos estão agora no ecrã como o dash e a fúria dos deuses. Apesar de serem mais dois “botões” no ecrã, não perdemos informação ou algo que se pareça no mesmo, mas aos mais puristas pode incomodar estes ícones.

A jogabilidade mantem-se optima, alterada apenas pelo facto anteriormente descrito, devido a termos menos botões, mas essa alteração funciona tão bem que parece que Kratos nasceu para esta consola. As falhas de jogabilidade que possamos encontrar prendem-se quase sempre com problemas de camera algo que tem acompanhado esta serie desde sempre.

O áudio contem alguns dos sons mais épicos como quando estamos a percorrer algum caminho e parece que estamos numa produção hollywoodesca. As vozes são as originais e isso é optimo, pois Kratos em português é algo que a mim “não me assiste”…
Na minha opinião e talvez na de alguns jogadores o jogo peca por não ter um cross save com a versão ps3…

Ok quem tenha a versão ps3 já como eu chegou ao fim há algum tempo, mas seria algo bem vindo chegar a casa e passar a ação para a TV da sala e destronar deuses num ecrã maior.

2014-07-04-151441

Um jogo perfeito para quem ainda não jogou os originais, mas quem já jogou não encontrará nada de novo aqui, é a reedição da reedição…

About The Author

Feito em laboratorio, e nascido em Lisboa, desde cedo começou a esmagar botões em consolas e arcadas, fã de retro-gaming, anda sempre a procura do mais antigo modelo de consolas. Não percebe de futebol, mas vibra com sensible soccer. Alivia o stress em jogos online onde espalha o caos. Kifflom!

Related Posts