No ano em que Mighty Morphin Power Rangers faz 24 anos deste a sua estreia na televisão, a Bandai Namco lança um jogo para relembrar Zack, Kimberly, Billy, Trini e Jason os cinco jovens escolhidos por Zordon para combater as forças do mal, lideradas pela maléfica Rita Repulsa. Em Saban’s Mighty Morphin Power Rangers : Mega Battle, vestimos a pele de um dos cinco Rangers primeiramente, mas  com o desenrolar da história vais poder jogar com Tommy, o Ranger Verde.

A história do jogo não é igual à da serie televisiva, só o núcleo principal das personagens é que se mantém intacto, como os “Lamas” (ou Putties, em inglês), os inimigos principais e a dupla cómica Bulk e Skull que aparecem algumas vezes.

Saban’s Mighty Morphin Power Rangers : Mega Battle é uma versão melhorada e bastante criativa dos clássicos arcades que saíram para Super Nintendo, Mega Drive, Game Boy, Sega Game Gear e outras consolas, nos anos 90. Portanto se és fã de arcades clássicos, com certeza que vais gostar deste jogo. As missões deste Power Rangers consistem, uma missão tem três checkpoints e no último temos o boss final. Durante o jogo podemos encontrar o amistoso robot Alpha 5 junto de um computador. É aqui que podemos evoluir o Power Ranger que escolhemos, ensinando truques novos e ganhar novas habilidades. Para isso acontecer precisamos de subir de nível, que conseguimos fazer graças ás pequenas esferas laranjas que aparecem no chão quando destruímos os inimigos que vão aparecendo.

Com uma jogabilidade bastante simples e intuitiva torna este jogo fácil de jogar. Embora fácil existe problema que notei à medida que ia avançando e fez com que eu começasse algumas missões de novo. O problema que falo é a personagem, nem sempre reagir aos comandos que dava… Bem tentei defender-me muitas vezes, sem sucesso e acabava por “morrer”.

Em relação ao combate nos Zords, há dois modos, um é no Megazord Tank Mode em que temos de acertar com bolas de energia em pontos assinalados no inimigo e anular os seus ataques e no segundo modo, é no mais conhecido Dino Megazord que é ainda mais simples, pois só temos que acertar na sequência de teclas que nos aparece no ecrã.

Esta acção toda é acompanhada por um rock muito ao estilo dos Power Rangers e é claro podemos ouvir o instrumental do famoso “Go! Go! Power Rangers!”. Os gráficos de Saban’s Mighty Morphin Power Rangers : Mega Battle estão muito ao estilo cartoon, o que dá uma certa piada ao jogo.

Em veredito final podemos concluir que Saban’s Mighty Morphin Power Rangers : Mega Battle da Bandai Namco foi uma pequena homenagem aos primeiros Power Rangers, pequena porque o jogo é bastante curto. Os gráficos ficam muito bem num jogo em que o objectivo é relembrar os primeiros jogos destes heróis e podemos divertir com os nossos amigos porque o jogo tem o modo CO-OP local. É caso para dizer IT’S MORPHIN TIME!!!!

About The Author

Nascido no coração de Lisboa, este rapaz, nunca foi o mesmo a partir do momento em que o pai lhe ofereceu o primeiro Gran Turismo.Apaixonado por jogos de corridas, mas principalmente do Gran Turismo, comprou todos os jogos da saga até hoje. Dezanove anos depois, tem um novo amor, Forza Horizon...mas não esqueceu Gran Turismo.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.