Nintendo em festa!

Após a E3 e a convite da Nintendo podemos experimentar os jogos mais esperados deste ano e que foram demonstrados na E3.

Skylanders Superchargers:

O mundo mágico de bonecos que começou toda esta loucura à volta de peças de plástico está de volta. Nesta nova iteração do franchise a grande novidade são os veículos, quer seja por terra mar ou ar, serão maioritariamente corridas ou perseguições. O resto do jogo é o Skylanders que já conhecemos, um jogo de plataformas e aventura decente. Desta vez podemos contar em exclusivo nas consolas Nintendo com dois bonecos, e as suas viaturas, em exclusivo. Donkey Kong e Bowser, são convidados nesta nova versão. Além de funcionarem como Skylanders, os mesmos e com o girar da base passam a funcionar como amiibo normais destas duas personagens. Dois pontos interessantes neste caso, primeiro o facto da Nintendo, como tem vindo a demonstrar, está aberta a outros mercados, e o trabalho feito pela Activision usando figuras clássicas da Nintendo no seu universo e respeitando as origens.

Super Mario Maker:

Um jogo da comunidade e para a comunidade, Super Mario Maker aborda um tema já varias vezes tentado por varias companhias e franchises, o faz o teu próprio jogo partilha-o, diverte-te. Mas a verdade é que este é um faz o teu próprio nível, mas do Super Mario. E com isso pega na fórmula que nos é tão familiar e reinventa-a, cada um à sua maneira. Iremos ter centenas, milhares de níveis diferentes todos os dias, cada um com a sua forma com os seus atributos. Teremos desafios e teremos o prazer, e facilidade, de fazer os nossos próprios níveis. Isto porque o editor de níveis é simples e intuitivo, e com o gamepad e stilus é com grande conforto que se fazem níveis para todas as pessoas. Talvez este jogo não perca o interesse tão rapidamente como outros não por ser Mario, mas por incluir a comunidade de uma forma única. É possível ver nos nossos níveis onde as pessoas tendencialmente perdem, ver as notas de cada um sobre as zonas diferentes do nosso nível e assim melhora-lo. Com o tempo veremos. Com este jogo temos também um novo amiibo, de celebração de 30 anos de Mario, um Mario pixelizado em 3D, um amiibo que é claramente maior e mais pesado que os restantes que já conhecemos. Aos mais pequenos e aos que gostam de jogar em família, posso dizer que mesmo não sendo a versão final, o mesmo está em português num trabalho como sempre óptimo.

 

Mario Tenis Ultra Smash:

fotografia 2

O Mario veste a roupa de desporto e encontra-se no court. Mario Tenis está de volta com uma versão que promete ser incrível. Nesta demo que pudemos experimentar apenas era possível jogar com Mario ou Bowser, mas era já possível ver o que podemos esperar deste jogo. Um esquema de controlo simples e eficaz onde cada botão é um tipo de golpe, permite um jogo rápido e de aprendizagem muito rápida. De tal maneira rápida que em dois jogos contra Chris da NOE, que joga diariamente este jogo confidenciou-nos, venci o primeiro jogo e levei o segundo a deuce em duas alturas. A grande novidade são os cogumelos que nos aumentam de tamanho trazendo uma nova forma de jogar pois se a personagem é maior, tem mais força e também a altura de ressalto da bola é maior. Apesar desta nova adição ser interessante é um pouco distrator o pequeno video de aumento de tamanho que acaba por quebrar um pouco a ação.

Mario & Luigi Paper Jam Bros:

N3DS_MarioLuigiPaperJam_char_05

Mais um jogo de Mario a invadir esta apresentação. Desta vez não vem sozinho e para alem do irmão Luigi nesta versão do RPG contamos ainda com Paper Mario, numa combinação nunca antes vista. Ao controlar-mos as 3 personagens ao mesmo tempo temos acesso a combinações que ainda não tinham sido vistas num jogo Nintendo. Durante as fases de free roam, usamos Y B e A para controlar o salto de cada uma das personagens. Ainda durante esta fase algumas areas só são acessiveis a Paper Mario. afinal ela é uma folha de papel e consegue passar por zonas muito estreitas. Em combate podemos combinar o ataque dos 3, ou de 2 apenas, ou simplesmente cada um ataque na sua vez. Aqui mais uma vez Paper Mario tem um especial em que se pode multiplicar, multiplicando assim o seu numero de ataques.

Zelda TriForce Heroes:

O Co-op está de volta a Zelda numa versão que foi buscar o seu motor ao excelente Link Bettween Worlds, mas neste caso em vez de andar-mos sozinhos pelo mundo devemos juntar-nos a mais dois amigos para ultrapassar as masmorras de Hyrule. Tive a oportunidade de jogar com mais duas pessoas esta versão e posso dizer-vos que a diversão é garantida, e quando estamos juntos a comunicação é facil, agora via internet, e usando os icones que existem no ecrã secundario da 3DS será um pouco mais dificil de conseguir fazer alguns dos objectivos, mas se houver encontros de amigos com 3DS este é um jogo obrigatorio.

ZeldaTriForce

Chibi Robo ZipLash:

Chibi Robo chega até nós num jogo de plataformas muito interessante para a 3DS, o pequeno robô tem de salvar o planeta terra e para isso terá de usar a sua ficha eléctrica tendo o cuidado de não gastar toda a energia pelo caminho. Disponível com o jogo estará também um amiibo exclusivo do personagem do jogo.

N3DS_ChibiRoboZipLash

Yokai Watch:

O chamado novo Pokémon que tem levado o Japão à loucura vai chegar também até nós, e do que joguei posso dizer-vos que tem razão para estar entusiasmados também. Yokai Watch, é um RPG como Pokémon, aqui terão de coleccionar pequenos fantasmas no vosso relógio, podem também andar com 6 como em Pokémon, mas aqui o combate é mais virado para a acção, mas não deixando de parte a estratégia necessária para o mesmo.

CTR_Yokai_Watch_DummyPS_EAP

Star Fox Zero:

Fox McCloud está de volta! E com ele a sua Arwing. Este pode ser o regresso mais esperado, e com uma mecânica de jogo inovadora promete ser um sucesso. Quando experimentei o jogo quis logo ir para uma batalha espacial, e fui prontamente aconselhado a testar primeiro o tutorial. E realmente fez a diferença. Star Fox Zero permite o controlo normal da nave no ecrã da televisão, mas com o extra da visão de cockpit no ecrã da Wii U. Isto de ter dois ecrãs aos quais teremos de dedicar a nossa tenção só o tempo dirá se vai funcionar, mas eu após o tutorial estava rendido aos controlos. Do que joguei, parece-me que virá a ser mais um jogo de sucesso. A jogabilidade e o gozo de jogo está todo lá. A única coisa que me deixou um pouco apreensivo, e principalmente após jogos como Bayonetta 2 da Platinum Games que também está envolvida neste Star Fox, foi o grafismo do mesmo. Vê-se que ainda é uma versão muito longe da final, neste campo. Mas acredito que até ao lançamento este problema será certamente resolvido.

Fora do âmbito jogos foi ainda possível ver os novos amiibo, quer fosse da colecção Smash, com o Mr Game & Watch em grande plano, quer fosse o novo formato de amiibo em cartas colecionáveis de Animal Crossing.

amiibo_Isabelle_01

Ainda mais jogos foram apresentados na E3, como Xenoblade Chronicles X para Wii U, ou Hyrule Warriors na 3DS, mas não foi possível experimentar por agora, fica talvez para outro “Ninten’dia”

Published
Categories Antevisões
Views 137
Ir para a barra de ferramentas