O mundo ainda precisa de heróis

A Blizzard bem conhecida pelas franquias Diablo, Starcraft, Warcraft e World of Warcraft decidiu surpreender toda a gente e brindar-nos com Overwatch, um FPS. Algo completamente inédito para a produtora, e que nos deixa a todos bastante ansiosos, considerando aquilo que a companhia nos tem apresentado ao longo destes anos.

A história de Overwatch segue uma linha já bastantes vezes usada, num futuro longínquo a terra passava por uma trágica crise global, e a criação da organização Overwatch foi a derradeira solução para restaurar a paz e salvar um mundo devastado pela guerra. Vários heróis compunham a irmandade, e determinados, conseguiram terminar com os conflitos e manter a paz durante décadas, inspirando uma era de exploração e progresso. Contudo, ao longo dos tempos, começou a ter menos poder e influência, até que inevitavelmente se desfez.

A Overwatch acabou… mas o mundo ainda precisa de heróis.

Overwatch é um FPS cooperativo, com uma jogabilidade ao estilo de Unreal Tornament com bastantes “saltinhos” para nos podermos esquivar dos ataques adversários. Para se ter sucesso é necessário ter uma equipa equilibrada e ter boas estratégias. O jogo é composto por um vasto elenco de heróis, e entre eles temos quatro classes: os tanques, os suportes, os defensivos e os atacantes. Cada equipa do jogo é composta até seis jogadores, e claro, o recomendado é obter pelo menos um elemento de cada classe.

Ao todo o jogo dispõe de quatro mapas, são eles Observatório: Gibraltar, King’s Row, Templo de Anúbis e Hanamura. Nos dois primeiros uma equipa tem de transportar uma carga até um ponto de entrega, enquanto que a outra equipa tenta impedi-lo. Nos dois últimos mapas temos uma equipa que tenta capturar objectivos locais nos mapas, enquanto que a outra equipa tenta manter o controle dos mesmos.

Neste momento o jogo dispões de quatorze heróis, cada um tem as suas próprias armas e habilidades.

Tanques:

Zarya: É uma das mulheres mais fortes do mundo, uma atleta aclamada que sacrificou o triunfo pessoal e a glória para proteger sua família, amigos e país em tempos de guerra. Tem como arma uma um poderoso Canhão de Partículas de Zarya.

Winston: Um gorila geneticamente modificado altamente inteligente. Winston é um cientista brilhante e um herói, mas com a queda da Overwatch, Winston ficou isolado e ansiando que os dias de heroísmo voltassem. A sua arma dispara uma rajada eléctrica de curto alcance enquanto ele mantiver o gatilho pressionado.

Reinhardt: Vive segundo os nobres códigos do valor, da coragem e da justiça. E após a dissolução da Overwatch, Reinhardt não aguentou ficar sentado enquanto o mundo caía  em desordem. Colocando mais uma vez sua armadura de Cruzado, jurou lutar pela justiça, defendendo os inocentes e conquistando corações e mentes com a promessa de dias melhores pela frente. O Martelo Propulsor é a sua arma, podendo causar um dano poderoso com o balanço do seu martelo.

Ofensivo:

McCree: Um fora da lei que faz justiça nos seus próprios termos, ele só luta por causas que acredita serem justas. Armado com um revolver de seis balas.

Tracer: A ex-agente da Overwatch conhecida como Tracer é uma aventureira que salta no tempo e é uma força incontrolável quando se trata de lutar pelo que é justo. Equipada com duas pistolas.

Reaper: Construiu a sua reputação como terrorista, identidade e motivações são um mistério. O que se sabe é que onde ele aparece, a morte o segue. Como arma usa duas espingardas.

Pharah: Ela vem de uma longa linhagem de soldados altamente condecorados e segue o seu código de honra com convicção. Apesar de lamentar o fim da Overwatch, ainda sonha em lutar pelo bem e fazer a diferença. A sua arma lança um rocket explosivo que não deixa ninguém indiferente.

Hanzo: Um arqueiro sem igual, sempre a tentar aperfeiçoar as suas habilidades para atingir a reputação de lenda. Hanzo viaja pelo mundo, tentando restaurar sua honra, debatendo-se para vencer os fantasmas do passado.

Defensivo:

Widowmaker: É a assassina perfeita, uma matadora paciente e impiedosamente eficiente que não mostra emoção nem remorso. Equipada com uma rifle, é uma das melhores atiradoras para alvos distantes.

Torbjörn: Um habilidoso engenheiro de armas, após a queda da Overwatch, muitas das suas armas foram roubadas ou escondidas por todo o mundo. Sentindo-se responsável pelas suas criações, Torbjörn está determinado a impedi-las de continuarem a cair nas mãos erradas e causar mais sofrimento aos inocentes. Torbjörn dispara cavilhas e da sua arma é ejectado um metal quente em rajadas de curto alcance.

Bastion: É um robot de combate, apesar de parecer inofensivo, por vezes a sua programação de combate assume o controlo quando se sente em perigo, utilizando seu arsenal completo para eliminar qualquer coisa que compreenda ser uma ameaça. Essa condição gerou situações de conflito com os poucos humanos que encontrou, levando-o a evitar áreas povoadas e favorecendo as regiões selvagens e inexploradas do mundo. Equipado com uma metralhadora de alcance médio.

Suporte:

Symmetra: Acredita que suas acções servem um bem maior na sociedade. No entanto, questiona-se se o controle e a ordem que deseja são realmente o melhor para a humanidade. A arma de Symmetra emite um raio de curto alcance que aponta para um inimigo próximo, causando um dano contínuo que aumenta conforme o tempo que estiver conectado.

Mercy: Um anjo da guarda para aqueles ao seu cuidado, Dra. Angela Ziegler, uma curandeira e cientista brilhante é uma acérrima defensora da paz. Apesar de se preocupar principalmente em cuidar das vitimas da tão famigerada guerra, pode contar-se com a Dra. Ziegler para usar a armadura de Valquíria sempre que inocentes estiverem em perigo. Mercy usa um bastão que consegue restaurar a vida dos aliados ou aumentar a quantidade de dano que estes dão.

Zenyatta: É um monge que  vagueia pelo mundo em busca  da iluminação espiritual.  Dizem que aqueles que cruzam  seu caminho nunca serão os  mesmos. Zenyatta projecta  seus orbes de energia  destrutiva individualmente ou  em uma rajada de disparos  rápidos após alguns segundos  acumulando poder.

Enquanto ficamos à espera da data de lançamento de Overwatch, deixamos aqui o link para se registarem na beta do jogo.

Published
Categories Antevisões
Views 150
Ir para a barra de ferramentas