Olli Olli – Review

Estamos nos anos 2000 o skate invade as consolas e os pcs, grinds gigantes com combos dantescas ao comando do Tony Hawk, numa altura em que o próprio fazia o seu primeiro 900. Um voltar atrás no tempo numa ode magnífica. Isto é olli olli.

 

Para quem como eu juntava os amigos para sessões de Tony Hawk ao som de Bring the noise certamente vai sentir-se em casa. Quando liguei o olli olli pela primeira vez pensei. O jogo é isto? Sprites 2d numa era de nova tecnologia. Num gênero que já deu quase tudo o que tinha a dar? Bem vamos lá testar.

Port Fakie Ollie_1389964107

E não podia ter feito melhor escolha! Tudo encaixa na perfeição desde o som que puxa por nos até ao fim. A simplicidade dos comandos para novos jogadores, a complexidade de certos truques que irão apelar aos mais hardcore. O grafismo de um revivalismo sem perder a sua atualidade, com cores a fundirem-se com o ambiente, a pormenores como um pequeno grafiti numa parede. O jogo é um side scroller 2d, onde o objetivo é dar o melhor espetáculo aos nossos fãs que esperam ansiosamente por nós na meta.

A jogabilidade simples de usar um analógico para os truques e o X para aterra-los pode ser considerada demasiado simples, mas conforme evoluímos no jogo e precisamos de mais e mais truques com mais e mais pontuação, aterrarmos bem e manter-nos no skate vai ser mais e mais difícil… e vão cair mesmo muitas vezes, e recomeçar ainda mais vezes, mas é esse prazer de tirar uma enorme combo, de fazer um grind perfeito numa altura que já desesperamos para chegar ao fim que nos dá aquele gozo. Com objetivos diários, com mais de 120 truques reais, e mais de 100 localizações diferentes, um ranking mundial certamente teremos muitas horas de jogabilidade nas mãos.

Para conseguir dominar os cerca 120 truques terão de aprender a dominar os controlos, mas não se preocupem, podem a qualquer momento tirar do vosso Tricktionary de bolso para verem como fazer o próximo grind.

Tricktionary

Um título obrigatório para este início de ano para quem tem uma PS Vita, no qual certamente perderão horas, e irão ganhar serões de diversão.

Disponivel na Playstaion Network para a consola PS Vita

Publicado
Categorias Análises
Visualizações 9

Comments (1)

Comments are closed.

Ir para a barra de ferramentas