Os jogos difíceis estão de volta

32Lembram-se do tempo em que desesperavam para conseguir avançar mais um pouco no CONTRA? Em que andávamos perdidos em Metroid? Agora pensem nisso, coloquem tudo o que de melhor podem esperar da capacidade da PS4 e da imaginação de Hidetaka Miyazaki, responsável pelas series Souls. Tal como Souls estamos a falar de um jogo difícil, de um jogo com uma história que se compreende através de pequenos momentos ao longo do jogo, e de um jogo que ao contrário dos “Souls”, não nos podemos defender, apenas atacar e fugir. Bloodborne é um dos tiutlos mais espectaculares na PS4, talvez até o mais espectacular ate ao momento, os cenários parecem saídos de uma vila qualquer imaginada na Transilvania, onde os monstros percorrem as ruas, e as pessoas com medo da noite escura estão trancadas em casa. Os monstros são extremamente detalhados, com características que os tornam únicos, que nos obrigam a pensar a abordagem a tomar a cada um, descobrir os seus pontos fracos, e a desviar dos pontos fortes, e em numero? Bom são mais do que suficientes para voltarem ao ultimo, escasso, checkpoint, uma, outra e outra vez, e acreditem que é uma coisa que não querem que aconteça muito, pois terão de ver o ecrã de loading, e esse acaba por ser mais difícil de aguentar que qualquer monstro no jogo. Se têm curiosidade sobre este jogo, passem em www.salaodejogos.net e descubram como podem ganhar uma cópia do mesmo.

Autor: João Gonçalves

Published
Categories Artigos no METRO
Views 138