Outra vez GTA V?!

Foi há dois anos que fiquei em êxtase com a ideia de que o próximo Grand Theft Auto pudesse ser algo massivo, um mundo enorme, cheio de vida, de acontecimentos, de coisas para fazer, no fundo uma vida para além da nossa para viver. O ano passado considerei GTA V o melhor jogo do ano sem pestanejar e é possível que o mesmo esteja para acontecer este ano. É verdade que o factor novidade não se aplica da mesma maneira mas há muito mais para viver em Los Santos do que apenas reviver memórias da antiga geração.

Para aqueles que estão dentro de um bunker à espera do fim do mundo, apenas dizer que neste título da Rockstar vamos encarnar uma de três personagens à disposição, Franklin, Michael e Trevor, sendo que poderemos saltar de personagem para personagem sempre que quisermos e quando quisermos. Esta era uma das novidades quando saiu para a geração anterior, o facto de podermos estar a fazer um “heist” e comandarmos as 3 personagens em ângulos diferentes e em “trabalhos” diferentes durante a operação. É claro que esse e todos os outros pormenores continuam presentes nesta versão para PS4 (versão analisada) e Xbox One. Seguindo então o caminho de cada uma desta personagens, vamos vaguear por Los Santos a assaltar bancos, a vender droga, a roubar carros, a tentar manter uma família unida, a tentar sair do gang ao qual pertencemos ou apenas a matar tudo o que nos aparece à frente. As hipóteses são praticamente ilimitadas, podemos jogar ténis, jogar golfe, saltar de pára-quedas, andar de helicóptero, avião, barco, submarino, bicicleta, basicamente podemos desaparecer do mundo, perder o nosso emprego real e ficar sem família, apenas à frente da televisão e a jogar uma vida diferente no GTA V.

A questão na nova geração vem agravar isto mesmo, é que agora podemos fazer tudo isto na primeira pessoa, isto é, clicando no touchpad do nosso comando passamos para o modo primeira pessoa, onde tudo passa a ser mais pessoal, mais imediato e é claro mais real! A adrenalina de conduzir um carro e fugir à polícia será outra, especialmente se formos projectados pelo vidro da frente, saltar de um helicóptero será tão vertiginoso quanto a realidade e por aí adiante. Realmente a equipa da Rockstar North deu o passo em frente, em vez de uma mera remasterização, vamos encontrar todo o mundo de Los Santos remodelado,  a 1080p a 30 frames por segundo, mas não será apenas aí que vamos notar as diferenças visuais. O sistema climatérico foi reforçado, o ecossistema de fauna e flora é mais elaborado, as texturas foram melhoradas, os efeitos de água e de sangue também foram retocados, o fumo, o nevoeiro, as luzes os reflexos, todos os detalhes, num jogo que já era por si só detalhado, foram levados a um nível superior. E que bem que fica em GTA V.

É claro que será extremamente divertido reviver as histórias das nossas 3 personagens neste quase “mundo novo” da primeira pessoa e da evolução gráfica que a nova geração proporciona, mas mais ainda será no mundo online. Aqui poderão voltar a pegar na vossa personagem criada na geração anterior e transportá-la para a sua “nova casa”, é um processo bastante simples, se precisarem de ajuda, cliquem aqui.

Ao fazê-lo, e até podem fazer de PS3 para Xbox One ou de uma Xbox 360 para PS4, podem retocar a vossa personagem, é aqui que se vê em profundidade o poder da nova geração a trabalhar em GTA V. Pormenores, como as borbulhas, a cara “gasta”, envelhecida, rugosa, com doenças, com herpes, as tatuagens, etc, ganham uma realidade quase assustadora, ao ponto de efectivamente poderem recriar a vossa pessoa e transportá-la para o mundo do GTA V.

Mas há mais motivos para transitar de uma geração para a outra, por exemplo, versões raras de veículos clássicos, tais como o Dukes, o Dodo Seaplane e um novo modo de controlar o dirigível, uma nova “missão” – Murder Mistery – onde Michael segue algumas pistas de um assassinato, no mínimo suspeito. Se conseguirem deslindar esse mistério, vão receber dois filtros para usarem no Story Mode, quer nas vossas fotos através do Snapmatic quer no estilo das câmaras. Um pouco de “LA Noir”, no seu verdadeiro sentido da palavra. Têm também o desafio de fotografias da Natureza: enquanto Franklin vão poder documentar a vida animal que Los Santos e Blaine County tem. Se conseguirem catalogar todos os animais, vão desbloquear o Kraken Sub e ainda podem fazer corridas de Stock Car, uma série de corridas de Stock Cars que vos poderá levar a ganhar alguns Muscle Cars com logos de algumas das companhias que fazem parte do mundo GTA V. Por fim  podem contar com o Chevall Marshall Monster Truck ou o Zepelin da Xero Gas, e até um conjunto de carros, referentes à história da saga GTA.

actual_1414503330
« 1 de 8 »

Grand Theft Auto V para a PlayStation 4, Xbox One e futuramente no PC, é algo que é inegável mas também inigualável. Não é apenas uma adaptação para a nova geração, é quase que um jogo criado de raíz, com um grafismo superior, com um detalhe superior, onde tudo o que podia ser explorado foi, até o número de rádios e de música foi aumentado com mais 100 músicas, portanto a Rockstar esticou a corda até onde pode com o modelo que criou para a geração anterior. É uma pena que aqueles que tenham comprado a versão anterior não tivessem direito a um desconto na compra do novo, é uma verdade, mas não se vão arrepender de o fazer, porque o conteúdo vale a pena. GTA V acaba por ser um dos melhores jogos do ano e da nova geração baseado num jogo da antiga, irónico não?!

recomenda gtav

Published
Categories Análises
Views 165
Ir para a barra de ferramentas