PES 2019 Producer Tour na Cidade do Futebol

Foi na Cidade do Futebol que tivemos a oportunidade, a convite da Eco Play, de experimentar e ficar a conhecer todas as novidades de PES 2019, através da Producer Tour que passou pelo nosso país, nomeadamente em Lisboa.

Com a confirmação já anunciada da presença da Liga NOS completamente licenciada e com todos os clubes devidamente licenciados, a primeira grande novidade foi a hipótese de vermos já algumas das caras mais conhecidas do nosso campeonato e da nossa seleção devidamente recriados, mostrando o esforço da Konami em dar o maior número de caras modeladas digitalmente em formato 3D dos jogadores da nossa Liga. Outra das novidades dada em primeira mão e replicada aqui neste artigo, é a confirmação do Estádio José de Alvalade como um dos estádios licenciados no jogo. Não foram revelados mais estádios portugueses presentes no jogo, mas depois do Estádio da Luz e do Estádio do Dragão já terem incorporado numa das suas edições, arrisco a dizer que também esses, pelo menos estarão presentes no jogo.

Estas foram as grandes novidades anunciadas por  Lennart Bobzien, Brand Manager do jogo, mas ao jogar a demo que estará disponível a 8 de agosto para todo o mundo, percebemos muitas das coisas que também elas já foram anunciadas. Desde logo o software denominado Enlightment, que reproduz os efeitos de luz quer seja no estádio, quer seja no público, quer seja nos jogadores. Ao jogarmos no Camp Nou à tarde, conseguimos perceber a beleza desde efeito, os ângulos de luz a mudarem, a luz nas caras dos jogadores a mudar, no campo, nas sombras reproduzidas, o efeito dia/tarde/noite, de facto é incrível.

Na Master League as principais novidades passam pela incorporação da International Champions Cup, o famoso torneio de pré-época, e por um menu mais afável, com mais informação sobre a nossa equipa e sobre o Team Built e com mais animações nomeadamente com a chegada de novos jogadores ou notícias mais importantes. O myClub esse vai ver as cartas dos jogadores ganharem uma nova vida e grafismo, assim como o facto de que já haver não aquela roleta das bolas, e o próprio grafismo da aquisição de jogadores está remodelado. Foram revelados ainda as lendas que vão ser incorporadas no jogo, são eles: Ronaldinho Gaúcho, Robbie Fowler, Michael Owen, Steven Gerrard, Steve McManaman, Maradona, David Beckham, Romário, Ruud Gullit, Del Piero, Pavel Nedved, Paolo Maldini, Marcelo Salas, Ivan Zamorano, Johan Cruyff, Cafú, Bebeto, Patrick Vieira, Lothar Mathaus, Roberto Carlos, Kevin Keegan, Martin Dalglish, Ian Rush, Oliver Kahn e o nosso Luís Figo.

O FOX Engine agora apenas e só focado nas novas consolas e aproveitando a capacidade da PS4 Pro e da Xbox One X, está no seu pico, os modelos 3D das caras dos jogadores estão mais ricos, mais refinados, mais reais, o relvado mais natural, e o ambiente no estádio, ganhou pela primeira vez, uma nova vida, foi foco da equipa que desenvolveu o jogo, recriar aquilo que acontece na era moderna, isto é, vamos ver o público a tirar fotos, vídeos, e a deixarem de ser pixéis com cores, passando o eufemismo, mas pela primeira vez também o público foi alvo de 3D scan, através de alguns modelos tipo, e portanto tanto os seus movimentos, como o seu grafismo, se quiserem, está muito mais real, muito mais fidedigno. O mesmo acontece com os estádios, pegando mais uma vez no exemplo do Camp Nou, as imagens que antecedem o início da partido demonstram agora o estádio mas também os meandros do estádio e da própria cidade de uma forma muito mais fidedigna, isso vem de um trabalho desenvolvido entre a Konami e os parceiros oficiais, de várias viagens para recolher informação, imagens e data, para construir esse mesmo ambiente.

É claro que querem saber de gameplay, da jogabilidade, posso dizer que jogando a demo e não sendo ainda a versão final, estou muito feliz com a evolução que o PES está a ter, o jogo flui facilmente, a movimentação dos jogadores está mais fluída e natural, sente-se facilmente que temos de dominar aquela vontade de atacar e atacar, temos de ser mais acertivos nas nossas decisões de subir à maluca e estoirar os jogadores ou em certos momentos dominar a posse de bola, e as novas animações permitem o futebol espectáculo, sorridente e divertido. É como tenho dito já há alguns anos, o PES está divertido sem perder o fio à realidade do futebol mundial, enquanto o FIFA está apostado em simular a realidade do futebol real, e apesar do PES ser mais fácil de se jogar e isso lhe conferir esse sentimento de divertimento, a procura da recompensa por partes da Konami é que a malta viva aquela ideia do Joga Bonito, e isso para mim é mais atraente.

Published
Categories Notícias
Views 213