Prison of Elders em detalhe

Mais um livestream directamente do canal do Twitch da Bungie e mais uma vez com Deej, o seu Community Manager, a apresentar o evento que demonstrou o modo cooperativo, Prison of Elders. Ao seu lado esteve Matt Sammons (Bungie Lead Designer), e o membro da comunidade ProfessorBroman, a fireteam que tentou tomar a Prison of Elders como sua. E digo tentou porque não conseguiram acabar um dos challenges que teremos disponíveis com esta nova expansão – House of Wolves – que sairá dia 19 de Maio.

Mas comecemos por explicar este modo cooperativo, temos basicamente 4 desafios, 3 dos quais teremos que reunir a nossa fireteam de 3 elementos, sendo que o desafio com o nível mais baixo (lvl 28) terá matchmaking.

challenges

Os 5 desafios têm Boss’s diferentes, em Prison of Elders sobreviver será o objectivo principal, enquanto que no desafio Broken Legion, de nível 32, Valus Tra’ug será o Boss Final, no de nível 34, apelidado de Urrox’s Grudge, o que foi demonstrado neste livestream, o Boss final será o Flame Prince Urrox e no de nível 35, com o nome de Skola’s Revenge, como já perceberam Skola será o Boss final.

Cada desafio organiza-se em 5 rounds, cada um deles com 3 waves e por vezes alguns objectivos principais por cumprir. No início de cada ronda estaremos numa zona chamada Airlock onde teremos várias portas que o nosso Warden – Varik fará o favor de abrir de forma aleatória para nos dar acesso à ronda, será também nesse momento que ficaremos a saber que modifier será aplicado para essa ronda. Estes são alguns deles:

prison-of-elders-new-modifiers

  • Small Arms – O dano da arma primeira é o dobro
  • Exposure – Os nossos escudos são maiores, mas não se regeneram
  • Brawler – O melee damage aumenta em 300%
  • Catapult – A velocidade da recarga da nossa granada aumenta drasticamente
  • Trickle – As nossas habilidades recarregam muito mais devagar

7-things-from-destinys-prison-of-elders-reveal_r2dv.1920

As mecânicas são bastante semelhantes às experiências vividas em qualquer Nightfall, a nível da sua dificuldade e modifier, a diferença no entanto é na quantidade de inimigos que surgem, que é enorme e também o facto de estarmos circunscritos a uma zona, sem muitos locais para nos escondermos ou descansarmos e repensar a nossa estratégia. Em algumas ondas de inimigos terão que por exemplo, desarmar minas, numa espécie de capture the flag, onde neste caso é desarmar a mina. Temos 3 pontos no mapa para o fazer, não o conseguindo, morremos. Outra das possibilidades é chegar um VIP, isto é, um super-inimigo que tentará chegar a 4 checkpoints, e onde é claro, nós teremos que o impedir senão morremos. Por fim, não tendo sido propriamente mostrado neste livestream, visto que a equipa da Bungie não chegou lá, mas já circulam pela internet as duas rondas finais, no nível 32 – Broken Legion, onde dois Boss’s surgiram, um na ronda 4, um Wretched Knight, uma espécie de Boomer gigante, sem escudo e com um nível mais baixo do que um Boss de um Strike, e na ronda 5 o tal Boss Final, neste caso Valus Tra’ug, com o seu jetpck sempre à nossa caça, e que recalibra o seus escudos, obrigando a todos nós mudar de solar, para arc, para void damage consoante ele muda de escudo.

valus

Perante o livestream, este modo é extremamente difícil, mas não impossível, a fireteam da Bungie era bastante desconexa e pouco estratega na abordagem, mas Prison of Elders promete fazer todos os fãs gastarem uma boa quantidade de horas para o completar. No entanto e na minha modesta opinião, não sei até que ponto o factor repetição, que tem sido uma das principais queixas dos jogadores, será extinguido. É que os mapas são sempre iguais, é um survival mode com um pouco de Tower Defense e não passa muito disso. É certo que não se compara a um Raid, segundo a Bungie estão a trabalhar em vários neste momento, mas por 19,99 e sem Raid, Trials of Osiris parece ser muito mais o ponto alto desta expansão do que propriamente este Prison of Elders. É que ter mais que fazer não significa propriamente menos repetição, e mesmo com alterações previstas para o Nightfall e Weekly Strike, em que as missões deixarão de ser as mesmas, a verdade é que Prison of Elders baseia-se principalmente na repetição, e nem o Scorch Canon, uma arma que o Warden – Varik nos vai dando como “prenda” evita que tal aconteça.

prison_of_elders.0.0

A minha opinião baseia-se no facto de não ser um hardcore gamer, e de para fazer tudo o que nos é oferecido em uma semana, já encontro bastante dificuldade para ter tempo para o fazer, quanto mais com o Prison of Elders, mas provavelmente eu também não sou o “main target” do jogo. A verdade é que fiquei muito mais impressionado com o Trials of Osiris onde sem perceber estava a assistir ao desafio entre duas equipas, qual esports, do que propriamente com o Prison of Elders. Veremos…

Published
Categories Notícias
Views 112
Ir para a barra de ferramentas