Rise of the Tomb Raider – Lara na nova geração

A Crystal Dynamics e a Square Enix aderam conta de mais alguns pormenores sobre a sequela do aclamado Tomb Raider. Apelidado de Rise of the Tomb Raider e com um pequeno trailer a aguçar o apetite na E3, o novo jogo apresenta uma Lara Croft que depois de ter ficado a saber a verdade perante todos os acontecimentos da ilha onde naufragou, procura incessantemente pela origem de tudo isso. Para isso terá que encontrar uma cidade perdida e ao mesmo tempo fugir de uma organização que opera nas sombras na tentativa de usar essa sabedoria para governar o mundo.

Em Rise of the Tomb Raider voltaremos a contar com a voz de Camilla Luddington como Lara Croft e Rhianna Pratchett, a argumentista de jogos como Heavenly Sword,Overlord e Mirror’s Edge, e sim filha de Sir Terry Pratchett, o mítico autor por exemplo de Discworld.

O produtor da Square Enix para este jogo, Darrell Gallagher afirmou ainda que o jogo abordará vários cenários e localizações, cheio de zonas para explorar e com as cutscenes interactivas a terem um papel ainda mais importante e a surgirem ainda mais vezes durante o jogo. Para além disto Darell assegurou que, tal como muitos fãs pediram, vão colocar um maior número de túmulos no jogo para explorar e saquear.

Depois da remasterização para as consolas da nova geração, Rise of the Tomb Raider chegará no próximo ano, trabalhado de raíz para as novas consolas, com gráficos de fazer o queixo cair, como o trailer apresentado na E3 faz crer. E eu acredito que sejam capazes desse trabalho, pois relembro que quando foi apresentado o reboot do Tomb Raider toda a gente dizia que não era real a capacidade gráfica apresentada e era verdade. Não creio que haverá downgrade gráfico como está na moda. Têm um ano pela frente e tem todos os condimentos para uma receita perfeita.

Publicado
Categorias Notícias
Visualizações 4
Ir para a barra de ferramentas