Super Smash Bros for 3DS – Preview

A Nintendo convidou-nos a testar o seu novo jogo da serie Super Smash Bros, e ficamos surpreendidos pelo que podemos levar no bolso.

image2014_0910_1723_0

Este Super Smash Bros, é tudo aquilo a que a serie já nos habituou e mais ainda. A versão que nos foi possível experimentar permitiu-nos ver exactamente isso, pois esta versão é já muito próxima da versão final de retalho. Ou seja todos os modos de jogo estavam disponíveis, e foi possível testar um pouco de todas as personagens.

Os diferentes modos farão as delicias de todos os jogadores, desde brawl puro ao novíssimo modo Smash Run onde somos desafiados em num nível ao estilo plataformas recolher o máximo de power-ups possível, para depois usar-mos numa luta final com os nossos adversários. Este modo será talvez aquele que mais iremos jogar, visto que nunca sabemos o que iremos apanhar, ou mesmo qual o jogo final, trazendo um equilíbrio à luta entre amigos.

Durante a sessão que podemos experimentar foi-nos possível testar este modo, em que no fim estando nós preparados para lutar, na realidade encontramos uma corrida até à meta, escusado será dizer que o CPU venceu devido ao pandemónio gerado pela risada geral do pânico de não saber o que fazer.

Existem tambem outros tipos de jogo, até alguns minijogos, como este que tivemos a oportunidade de testar:

Os combates estão fluidos, as animações espectaculares, e o cuidado que houve com cada personagem é algo que a Nintendo já nos tem habituado.

Os comandos são totalmente fluidos, e nunca em momento algum, nos sentimos estranhos por jogo este titulo numa consola portátil, sendo que o único defeito a apontar é o analógico também permitir saltar o que por vezes nos faz fazer algo que não queremos.

As opções de personalização são mais que muitas e permitem que a nossa personagem seja apenas a nossa personagem, e podemos adapta-la às nossas preferências e assim levar a vantagem para o combate:

O jogo parece-nos uma aposta solida da Nintendo, e enganem-se se acham que esta adaptação por ser de bolso é inferior às de consola de sala a que já estamos habituados (Wii U a fasquia é alta).

De frisar também a aposta dos menus em português que demonstra mais uma vez um trabalho cuidado por parte dos tradutores, e uma preocupação crescente da Nintendo a chegar a mais pessoas.

Em breve uma analise mais pormenorizada, afinal o jogo está quase ai, dia 3 de Outubro é o lançamento oficial, e quem não poder esperar por dia 3 pode já testar a versão demo disponível na Nintendo eShop.

Published
Categories Antevisões
Views 25

Comments (1)

Comments are closed.

Ir para a barra de ferramentas