Witcher 3: Wild Hunt – Um lobo entre as ovelhas

Assim que Witcher 3: Wild Hunt nos deixa em controlo, montamos no nosso cavalo a quem o protagonista Geralt of Rivia chama de Roach e perguntamos, e agora? No horizonte vislumbramos o pôr do sol e uma imensidão de terra à espera de ser explorada. Ainda estupefactos com tudo os que nos rodeia, seguimos pela estrada de terra batida, galopando por entre florestas e parando de vez em quando para observar este mundo, porque não há como não o fazer. E quando chegamos pela primeira vez a uma pequena vila, vemos adultos e crianças nas suas vidas, mulheres que se queixam dos seus maridos, homens que falam da guerra e crianças a brincar na lama. E as perguntas não param. Porque é que esta gente está neste estado? O que é que se passou por aqui? Witcher 3: Wild Hunt aguça-nos a curiosidade, sem nunca nos dar tudo, apenas o suficiente para querermos saber mais e querer absorver o máximo deste mundo vibrante.

witcher3 2015-05-22 22-54-36-06

Mas falemos de Geralt of Rivia, o personagem principal dos livros de Andrzej Sapkowski de onde a série Witcher se inspira. Quem já está familiarizado com as iterações anteriores, sabe que Geralt é um Witcher, um caçador de monstros de força sobrenatural capaz de usar magia de combate, além de poder recorrer a poções que alteram as capacidades físicas e mentais do mesmo. Outra das marcas de um Witcher são as duas espadas que carregam nas suas costas, sendo que uma é de aço feita para combater humanos e outra de prata para monstros. O sistema de combate continua a ser semelhante a Witcher 2 porém com algumas melhorias. Continuamos a ter um ataque de espada mais rápido que causa menos dano e outro mais lento mas causador de maior dano. Mas Geralt tem também ao seu dispor cinco habilidades magicas e vários gadgets para o ajudar em combate. E apesar do combate parecer simples e os movimentos de Geralt serem por vezes demasiado pesados, há uma complexidade que se vai desenvolvendo ao longo do jogo, sendo que os inimigos mais fortes  já não podem ser derrotados por um simples pressionar incessante do botão de ataque, e é necessário fazer uso de várias técnicas tais como bloquear, desviar e a magia certa no tempo certo.

witcher3 2015-06-30 18-16-46-77witcher3 2015-06-30 18-18-37-74
No entanto, Geralt não é apenas um lutador mas sim um animal político capaz de alterar o mundo através das decisões que tomamos por ele. Pode parecer à partida que Geralt é apenas mais um anti-herói duro, sarcástico e armado com uma boa dose de ironia, mas na verdade Geralt acaba por se moldar através das nossas decisões, e mesmo que este continue com a sua personalidade única, acaba por reflectir a nossa própria. E são estas decisões que fazem de Witcher 3: Wild Hunt um título tão especial. Nunca antes sentimos que o que dizemos ou fazemos num universo virtual tivesse tanto peso. Quando menos esperamos, algo que dissemos aparentemente insignificante horas atrás no jogo chega-nos com uma consequência que dificilmente conseguiremos prever. Aqui não há como escolher o que nos parece a melhor opção para logo de seguida ir buscar um save anterior apenas porque não nos agradou o resultado, porque na verdade, não existe nenhum sinal visual ou sonoro de que aquela opção poderá ter um desfecho terrível ou porventura benéfico. Acabando por nos obrigar a manter as nossas decisões sem nunca olhar para trás. Vamos errar, pessoas vão morrer ou viver pelas nossas palavras ou acções e não há maneira de o controlar. Assim é o mundo de Witcher, por vezes injusto, mas onde cada momento realmente conta e a recompensa é formidavelmente maior por isso.

witcher3 2015-06-30 18-28-30-62
Recompensadoras são também as Quests do jogo. Além das principais, que desenvolvem o arco narrativo principal e que levarão a história do titulo ao seu término, é de louvar as quests secundárias, que de secundárias tem muito pouco. Esqueçam missões como apanhar vinte tipos de ervas em nome de um ervanário ou devolver dez galinhas a um camponês qualquer. Estas Quests secundárias fazem parte da história paralela deste mundo onde situações importantes acontecem a personagens pelas quais sentimos uma verdadeira afinidade, onde se revela mais sobre o mundo e a sua história, acabando por o afectar de uma forma significativa. E que mundo este! As duas principais regiões por onde percorremos, Velen e Skellige Isles, são absolutamente gigantes, e melhor que isso, não são somente grandes extensões de terreno sem vida. Existem bosques, pântanos, montanhas, cidades, aldeias. Tudo isto com uma atenção e carinho que raramente temos oportunidade de presenciar.

witcher3 2015-05-24 02-18-43-87
Podem referir que existiu um downgrade desde do trailer da E3, mas com os constantes patches gráficos que a CD Projekt Red tem lançado, melhorando tanto a optimização como a fidelidade gráfica, é difícil sequer lembrar-nos desse facto. O titulo é absolutamente deslumbrante na versão PC em que jogamos, com efeitos meteorológicos realistas, cabelos que se movem ao sabor do vento, entre outras tecnologias, mas onde a nossa máquina com um i5-5690k e uma Nvidia GTX 780 e com os gráficos quase todos no máximo não teve qualquer problema em manter-se nos 60 fps, o standard de ouro ao qual os jogadores de PC já se habituaram.

witcher3 2015-05-23 00-55-18-64witcher3 2015-05-23 13-43-39-65
A narrativa de Witcher 3: Wild Hunt é absolutamente cativante, prendendo-nos e levando-nos a absorver cada segundo deste universo. Não compromete em nenhum lado e alia o poder de uma grande história com mecânicas bem pensadas e executadas exímiamente. Tudo isto numa escala verdadeiramente impressionante, seja pela extensão de terra que podemos atravessar, pelo impacto das decisões que tomamos ou simplesmente pela centena de horas de jogo que nos oferece. Uma lufada de ar fresco numa altura em que títulos AAA continuam a ser lançados sem qualquer tipo de controlo de qualidade, com a CD Projekt Red mostrar-nos o que pode ser feito quando se audácia de esperar e apenas lançar um titulo quando se acha que está perfeito. Não sei se Witcher 3: Wild Hunt atinge a perfeição, mas é o mais próximo que vi nos últimos tempos.

witcher 3

 

Author Vando Enes
Published
Categories Análises
Views 79

Comments (1)

Comments are closed.

Ir para a barra de ferramentas