Developer: Kunos Simulazioni, 505 Games
Plataforma: PlayStation 4, Xbox One
Data de Lançamento: 23 de Junho 2020

Um ano depois da versão PC, chega agora às consolas Assetto Corsa Competizione (ACC), tal como já tinha acontecido com o primeiro Assetto Corsa lançado em 2014. O jogo da Kunos Simulazioni e da 505 Games assume o papel de piloto principal no que toca à simulação de corrida no desporto automóvel e Competizione marca esse regresso às pistas. 

Assetto Corsa Competizione dedica-se então à categoria de GT3 e é o jogo oficial da GT World Challenge, com as respetivas licenças para 24 carros. Podemos olhar com alguma desconfiança no que diz respeito ao conteúdo que o jogo tem para nos oferecer, mas não há sinais para alarme até porque o grande desafio é mesmo conduzir com cada um deles e testar os diferentes presets e setups de forma a tirar do carro o melhor proveito. Sim porque conduzir um McLaren 720S GT3 não é o mesmo que estar ao volante de um Mercedes AMG GT3 e por isso estamos por nossa conta e risco para mudar e aperfeiçoar todos os parâmetros que nos possam levar a uma condução equilibrada e consistente ao longo das diferentes provas.

Em termos técnicos, Assetto Corsa Competizione é do melhor que existe no vasto mercado de jogos de corrida e juntamente com a sua vertente forte de simulação, deixa-me a olhar para GT Sport ou mesmo para Forza Horizon como jogos inferiores neste aspeto e que se revelam mais arcade do que pareciam. Não quero com isto dizer que este é melhor que os outros no geral, até porque não é se colocarmos na balança todos os elementos em cima da mesa, mas dá-nos uma sensação de condução mais realista.

Os efeitos na jogabilidade notam-se ainda mais quando jogamos à chuva ou de noite. Há poças e partes mais molhadas na pista que nos atiram para fora dela se não tivermos cuidado e basta um simples descuido para não voltarmos à disputa da corrida que até podia estar a correr bem. Aqui nem há a opção “Flashback” que existe por exemplo no F1 que nos dá a possibilidade de voltar atrás uns segundos e tentar remediar a forma como se encarou uma curva mais apertada. De noite, mais um espetáculo de faíscas e luzes capazes de nos colocar no verdadeiro papel de piloto.

Paga-nos o café hoje!A exigência que Assetto Corsa Competizione nos impõe é elevada por isso é fundamental estar concentrado durante toda a prova. Esqueçam tudo à vossa volta, se não, vão ter um deslize que se pode revelar fatal. Lembro-me de estar numa das corridas Endurance e depois dos 20 minutos de prova, saí de pista e do meio da tabela fácilmente caí bem para a os últimos lugares. A nível sonoro, os barulhos dos motores e o chiar dos travões são pormenores deliciosos que alimentam ainda mais esta experiência de condução. Condução essa, na qual vamos amealhando “pontos” se conseguirmos cumprir diversos objetivos em determinados momentos. Equilibrar a velocidade, fazer uma volta limpa e conseguir um bom desempenho constante são só os primeiros passos para nos tornarmos melhores e mais reconhecidos.

Há também vários tipos de câmera que podemos escolher, mas algumas delas apresentam alguns bugs e quebras de framerate. É este um dos pontos mais fracos de ACC, o grafismo. Quando jogamos de noite nem se nota tanto, mas as texturas de dia notam-se muito inferiores a outros jogos do género, principalmente se compararmos com o último F1, Forza ou Gran Turismo. Há também alguma quebra de ritmo de velocidade do jogo, principalmente quando existem muitos carros na imagem. Isto prejudica a nossa condução, mas também não acontece sempre e se jogarmos numa das câmera fora do carro não há grandes problemas de maior, apenas a beleza gráfica não é a mesma de outras paragens nem da versão PC. Estes pontos fracos revelam-se nesta passagem do jogo para as consolas. Outro dos pontos fracos é a paragem nas boxes. É tudo muito amador com uma animação ridícula de dois mecânicos a mudar os quatro pneus. Claro que não influencia em nada a nossa performance, mas pedia-se mais à equipa da Kunos.

A nível de modos de jogo temos o campeonato da GT World Challenge, onde metade das corridas são respetivas à Sprint Cup e outras relativas à Endurance Cup. Podemos optar pelo estilo das corridas, alguns da Sprint Cup são compostas por duas corridas e os de Endurance podem durar até 24 horas, mas claro, pode ser tudo de forma virtual e mais rápida com a possibilidade de jogar nas diferentes horas do dia. Depois existe a carreira onde vamos começar por fazer testes para depois perceber em que nível estamos para poder prosseguir no campeonato. Podemos optar por uma carreira mais curta, média ou mais longa também. A nível online tem as salas de jogo que podemos entrar e tem um código de conduta rigoroso que basicamente não nos vai permitir entrar em algumas corridas se nos portarmos mal e andarmos a bater em tudo o que nos aparece à frente.

Assetto Corsa Competizione é o melhor simulador de corridas de automóvel que já joguei. Compensa na falta de grafismo e na quebra de framerate com uma excelente sensação de condução que faz esquecer isto tudo, principalmente à chuva com o clima dinâmico ou à noite. É uma delícia para quem gosta de desafios técnicos que melhoram as performances dos carros em pista e vai cansar rapidamente quem tem pouca paciência para aprender a conduzir. Com corridas rápidas ou Endurances de longa duração vale a pena dar uma voltinha por ACC.