Developer: Koei Tecmo Games
Plataforma: PS4
Data de Lançamento: 30 de julho de 2020

Para quem leu a nossa análise a Nioh 2 já deve ter percebido que é um jogo implacável, e muitas vezes comparado ao estilo de Dark Souls ou de Sekiro, e a verdade é que essa dificuldade é já uma imagem de marca, por isso, é fácil de perceber que este DLC que agora nos chega, não será pêra doce.

Para já, para o jogarem vão ter que chegar ao fim do jogo e de preferência ao nível 120, e só por isso, já vão ter de beber muita água, pois vão suar e muito. Para aceder à região de Yashima no DLC – The Tengu’s Disciple, e à primeira missão, A Song to a Calm The Storm, tem o nível recomendado de 120, como vos dizia. Essa é a primeira das 10 missões que vão poder jogar, sendo que apenas duas são da história principal e as restantes oito são missões secundárias ou rematches com Bosses já defrontados.

Diria que por entre as 6 e as 10 horas de jogo para terminar todas as missões de uma primeira vez, sendo que podem as repetir as vezes que quiserem, tal como o restante jogo já o permitia.

A primeira missão vai-nos levar a barcos meio afundados onde nos vamos debater contra figuras lendárias como Minamoto no Yoshitsune ou o seu fiel companheiro monge, Benkei. Este último depois de o derrotarmos, vai-se juntar a nós para juntos varrermos os caranguejos gigantes que vão aparecendo, até chegarmos ao Boss, uma versão alterada e mais Adamastor de Umi-bozu.

A segunda missão da história principal, é uma mina que depois abre para uma floresta de bambo onde a Team Ninja, mais uma vez explora muito bem a verticalidade. Aqui vamos poder usar a componente mais “stealthy” e se aprendermos os movimentos dos inimigos facilmente podemos derrotar todos eles aproveitando o terreno como nosso aliado. Podemos também facilmente dar a volta a todos eles e quase que “voar” até ao Boss Final, o tal Discípulo de Tengu que prefiro não “spoilar”.

A nível de novidades é claro que teremos, por exemplo, uma nova arma, o Splitstaff, muito à Ninja Gaiden, mas também novas skill-trees para a arma e para a nossa personagem, cosméticos, armaduras, skills de yokai ou espíritos guardiões. Para além disso contem ainda com novos inimigos, e até parceiros, como é o caso de Benkei que já referi atrás.

O DLC traz ainda uma nova dificuldade, a New Game++, que no jogo é apelidada de Dream of the Demon que começa ao atingirmos o nível 250 da nossa personagem. Destaque ainda para alguns objectivos e “collectibles”, por exemplo, vamos encontrar em alguns inimigos – demon parade picture scrolls – que nos vão levar a uma pequena quest de purificação desse scroll. Por cerca de 10 euros, temos uma boa dose de conteúdo extra, novas personagens interessantes, skills e uma nova arma o Splitstaff que vem dar uma nova abordagem à jogabilidade, material que chegue para continuarmos agarrados ao jogo, pelo menos até ao próximo DLC.