Developer: Giants Software
Plataforma: Xbox One, PlayStation 4 e PC
Data de Lançamento: 12 de Novembro de 2020

Quem diz que joga Farming Simulator das duas uma: ou é olhado de lado pela outra pessoa sem se aperceber muito bem ou cria logo um momento de cumplicidade com o outro que também joga e criam quase uma amizade para a vida. Talvez porque isto de andar a lavrar terra, plantar, cultivar e tratar de tudo e mais alguma coisa que o campo tem para nós é cansativo e quanto maior for a nossa comunidade, melhor é, e mais ajuda temos.

Os jogadores de Farming Simulator são fiéis ao jogo e até pode ser apenas um nicho de mercado, mas o que é certo é que quem se liga ao jogo, dificilmente o consegue largar. A série não sai todos os anos, mas os DLC’s e as novas versões mantém o jogo vivo até à chegada de uma nova versão. Faz dois anos que Farming Simulator 19 saiu para o mercado, mas o encontro anual com os jogadores fez-se o ano passado com a chegada de Farming Simulator 19: Platinum Expansion, onde uma data de conteúdo novo foi adicionado ao jogo que chega agora com a Alpine Farming Expansion que requer a nossa atenção.

A Giants Software, criadora do jogo, já nos habituou com a sua boa implementação de novos recursos, sejam eles, localizações novas ou veículos. Neste Farming Simulator 19: Alpine Farming Expansion isso não é exceção. Podem contar com mais de 30 novas máquinas, bastante diferentes umas das outras, pelo menos em formato e maneira de conduzir, porque a sua praticabilidade é muitas vezes a mesma. 

Aqui destaco pela primeira vez na série um autêntico “corta relvas” para o leitor comum, mas que no jogo se chama aebi CC 66 e que o vamos poder operar a pé, sem ser dentro de um veículo como até aqui nos habituaram. A frota nova que chega com esta expansão conta também com o Buhrer 6105 ou um Rigitrac SKE 50 Eletric, tratores mais pequenos, mas que tem bastante utilidade. Este último até já é elétrico e beneficia de termos na quinta, ou a possibilidade de ter, um carregador para este tipo de veículos. A preocupação de Farming Simulator é notória com estes casos, onde a chegada de máquinas elétricas poderão estar enraizadas, de alguma forma, no futuro da agricultura e claro de um possível Farming Simulator 29, se pensarmos a longo prazo.

Paga-nos o café hoje!

Em Farming Simulator 19: Alpine Farming o mapa escolhido foi o de Erlengrat, uma zona rodeada pelos Alpes, na Suíça e é um dos maiores mapas que o jogo já teve. A vida é calma e de paz no campo e se pensarmos que ainda estamos rodeados de montanha, então é perfeito para lá estar em tempos como os que vivemos. Agora não pensem que por isso, o jogo e a população que lá habita, não é exigente, até parece que não conhecem os suíços. Vai ser preciso algum investimento, em tempo e em dedicação a este novo mapa para se conseguir colocar a agricultura a render. 

As coisas não são tão chapa 5, mesmo para quem está habituado a estas andanças. Para se perceber melhor o que estou a dizer, o jogo dá-nos a hipótese de escolher três mapas iniciais quando começamos um novo jogo. O primeiro é feito para aqueles mais novatos que não jogam muito ou nunca jogaram, onde vão introduzindo conceitos e formas dos jogadores entenderem o que precisam de fazer para sobreviver no campo, embora na prática não seja assim tão fácil como possa parecer. Depois há um segundo mapa, diria talvez para quem já é mais batido nestas lides e depois sim a localidade de Erlengrat. Podem logo escolher esta e é aqui que muda um pouco o desafio, pelo menos inicial e habitual dos jogadores de Farming. Em vez de começar por cultivar campos, que também vai ser necessário, desta vez é melhor cuidar dos animais primeiro. A criação de vacas é fundamental para as nossas economias e para poder investir no futuro. Se começarem pelo outro lado do jogo, ao comprar terreno e depois ainda as máquinas é capaz de ficar bastante caro e não recomendo enquanto não estiverem seguros financeiramente. 

A grande desilusão do DLC é que não há novos tipos de agricultura além daqueles que o jogo já oferece e mesmo tentando desviar as atenções para a criação de animais, a Giants perde aqui uma oportunidade de elevar ainda mais o seu jogo com dois anos. Ainda assim, não contem com isto para tirar horas de sono a quem já anda nisto há anos. É uma adição de conteúdo e isso basta para a grande maioria dos jogadores que adoram o jogo.

Farming Simulator 19: Alpine Farming é a continuação do que a Giants Software tem feito pela sua comunidade. Novo conteúdo para quem já está habituado a jogar e uma experiência completa para quem quer iniciar-se nestas lides se adquirirem a Premium Edition que inclui todos os DLC’s. Vem equipado com uma data de máquinas para explorar, um mapa bonito que nos leva até às montanhas dos Alpes e a uma nova maneira de gerir o negócio, pelo menos numa parte inicial. Falta novos tipos de agricultura, mas a essência continua lá. Resta-me desejar um bom cultivo a todos os agricultores e se precisarem de ajuda, chamem o vosso amigo menos céptico que também é capaz de jogar Farming Simulator e juntem-se para colher milho ou algo do género.