Developer: Ubisoft
Plataforma: PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series S|X, PC, Nintendo Switch
Data de Lançamento: 28 de Janeiro de 2021

Como referi na análise de Immortal Fenyx Rising, a Ubisoft conseguiu fazer um trabalho incrível neste jogo, desde logo, porque ofereceu aos jogadores um título extremamente divertido em termos de diálogos e história, mas principalmente pela jogabilidade e conceitos que o jogo oferece.

Algo que devem ter em mente em A New God, o primeiro DLC de um conjunto de três que serão lançados com o Season Pass do jogo, é que a história tem lugar depois de completarem o jogo principal. Embora não seja necessário terminarem a história principal para iniciarem A New God, a verdade é que terão bastantes spoilers da história original, e isso poderá estragar a experiência quando a forem concluir.

Devo começar por dizer que foi um DLC que me surpreendeu pela sua longevidade, já que a maioria dos DLC que são lançados oferecem entre 2 a 3 horas de jogo, e aqui podem apostar numas 7 a 8 horas de jogo. O jogo irá decorrer no Olimpo, onde os deuses nos vão colocar à prova para ver se merecemos um lugar no panteão. Podem esperar diversos desafios e muitos quebra-cabeças para resolver, e acreditem que muitos deles com uma dificuldade acima da média.

Eu diria mesmo que a equipa de desenvolvimento se superou na imaginação e na dificuldade que colocaram em muitos dos desafios, já que se comparados com os desafios de três estrelas do jogo original, esses vão parecer uma brincadeira de crianças. Não pensem que digo isto em tom crítico, muito pelo contrário, acho que a dificuldade deste DLC está excelente e oferece um verdadeiro desafio, igualmente para todos os fãs do jogo e de quebra-cabeças.

Caso vocês tenham já finalizado o jogo original, mas não tenham colocado a vossa stamina e HP no máximo, este DLC irá fazer-vos isso; mas também terão todas as habilidades desbloqueadas caso isso não tenha acontecido. Mais uma vez ressalvo como é importante acabarem o jogo principal, ou pelo menos que já tenham um vasto conhecimento de como usar essas habilidades, já que desde o início terão de usá-las.

Paga-nos o café hoje!

Como já referi, o jogo passa-se numa área totalmente nova, o Olimpo, por isso terão algumas novas áreas para explorar, embora nada de muito grande, até porque este DLC está bastante virado para os puzzles e quebra-cabeças. No entanto, se esquecermos a parte de exploração, ou mesmo os combates, não apresenta grandes diferenças em relação ao jogo original.

Os deuses irão colocar-nos à prova, não todos, mas aqueles que conhecemos do jogo original. Cada um deles tem as suas crenças, as suas ideias e as suas virtudes, e algo que achei interessante foi os desafios estarem de acordo com essas virtudes. Algo que já não acontece em relação ao jogo original é existirem desafios que não podem ser cumpridos por não terem adquirido alguma habilidade ou outro qualquer requisito, sendo que neste DLC tudo isso foi deixado de lado, e podem iniciar os desafios que quiserem, sem qualquer problema.

Embora não existam muitos equipamentos novos, a verdade é que também vão adquirir novas armas e armaduras, e, mais uma vez, tal como acontece com o jogo original, estas apenas são diferenciadas pelos bónus que oferecem, e não pelo poder de ataque ou de defesa. Falando de ataque e defesa, em A New God também é possível fazermos o melhoramento da defesa das armas e das armaduras, e quer a espada, machado, arco, capacete e armadura de corpo pode ser melhorada uma vez, que será o melhoramento final. E só para vos dar uma pequena ideia, o machado ficará com um dano de 400, depois de melhorado.

Graficamente, este DLC está mais uma vez impressionante. Apesar de estar longe das incríveis zonas verdes ou desérticas que tanto nos apaixonaram no jogo original, aqui o cenário será mesmo o Olimpo, com aquelas estruturas massivas que são bem características da mitologia grega. Já os desafios também oferecem um pouco desses cenários, e muitos daqueles a que estávamos acostumados nos Desafios de Tártaro. Ainda que o jogo esteja incrível nas consolas da “velha” geração, é mesmo na nova geração, e no PC, que conseguimos obter a plenitude gráfica do mesmo.

Immortal Fenyx Rising A New God é um DLC cheio de desafios e que irá colocar-vos à prova verdadeiramente. A história fica um pouco de lado, mas quando existe, continua a ter diálogos bastante cómicos e que deixaria qualquer deus embaraçado com a sua caricatura no jogo. Pelo tempo de jogo, e pelos novos desafios que este primeiro DLC oferece, eu diria que o objectivo da Ubisoft foi conseguido, e não irá desiludir os fãs de Immortal Fenyx Rising.