Developer: Frontier Developments
Plataforma: PlayStation 5, Xbox Series X|S, PlayStation 4, Xbox One, PC
Data de Lançamento9 de novembro de 2021

Jurassic Park é um dos nomes clássicos do cinema que marcou a minha infância. Lembro-me de ver repetidamente os dois primeiros filmes na televisão e de ter ido ao cinema ver o terceiro em data de estreia. A premissa da franquia é a criação de um parque temático com dinossauros criados através de engenharia genética. A ideia genial acaba por terminar em desastre com os dinossauros à solta a aterrorizar tudo e todos.

Aqui em Jurassic World Evolution 2, a nossa tarefa é levar a cabo essa ideia inicial e criar, em segurança, um parque temático com dinossauros. O jogo segue a lógica do primeiro, lançado em 2018, mas ganha novos modos, melhor imagem, mais tarefas, edifícios, parques, maior diversidade de dinossauros, entre outras coisas, o que eleva o jogo a um outro patamar. Esta é uma boa oportunidade para reviver alguns bons momentos dos filmes e pôr à prova a nossa veia criativa.

Sou suspeito porque sou fã deste tipo de jogos, mas a Frontier tem feito um trabalho de sucesso com este tipo de simuladores de parques temáticos. Nota-se uma evolução desde que agarraram em Roller Coaster Tycoon 3, Planet Coaster, passando para jogos com animais em Zoo Tycoon, o primeiro Jurassic World Evolution e o último Planet Zoo, talvez tenha agora chegado ao seu expoente máximo com este Jurassic World Evolution 2

É nele que entramos agora e começo pelo modo Campanha, uma espécie de modo história que se enquadra depois dos acontecimentos do filme Jurassic World: Fallen Kingdom e que nos vai ajudar a perceber como se joga ao mesmo tempo que encaramos diversos desafios. Para quem é recém-chegado, aconselho mesmo a terminar primeiro a campanha e só depois explorar os outros modos. 

É aqui que se percebem as mecânicas base, desde a criação de equipas de resposta a tudo o que se passa no parque, construção de cercas para colocar os dinossauros num ambiente favorável ao seu habitat natural, e até fazer parte da ação quando temos de controlar o helicóptero em busca de dinossauros que estão em perigo ou que estão a colocar em perigo alguém. É necessário disparar sedativos sobre eles e transportá-los para a nossa área de construção do parque para lhes dar as condições de conforto que necessitam. 

Alguns podem precisar de uma equipa médica que também teremos de a criar. Vamos poder fazer rondas, observar, andar a viajar pelo parque com o jipe e até mesmo partir numa aventura em busca de novos dinossauros. Andar por caminhos desconhecidos, analisar pistas e procurar “aquele” perdido faz parte das centenas de desafios que a Campanha nos vai colocar. 

Quem não nos facilita a vida são os próprios dinossauros que exigem que o seu conforto seja grande quando estão rodeados por uma cerca, caso contrário vão se irritar e destruir a vedação, provocando o pânico entre os visitantes e entre o jogadores que terão de o ir acalmar e repôr a ordem no parque. É importante construir abrigos para visitantes porque pode acontecer algo deste género a qualquer altura. Para ajudar os animais podemos colocar zonas de água, vegetação alta, baixa, pedras, entre outras coisas que ajudam a que os dinossauros estejam sossegados no seu canto. 

Além da Campanha, podemos optar por outros modos de jogo. Na “Teoria do Caos”, por exemplo, podemos ir até cenários dos filmes e responder a desafios que nos são colocados. Há 5 cenários diferentes e se formos por ordem cronológica é quase outro modo história. O jogo é muito completo e tem ainda o modo livre que nos permite criar tudo à nossa maneira, como e onde quisermos, desde que tenhamos desbloqueado algumas zonas. 

Para criar, ou começar a criar um parque teremos de dar atenção à criação de dinossauros e para isso teremos os cientistas que neste Jurassic World Evolution 2 assumem grande papel de destaque. Eles vão poder fazer expedições, pesquisas e tudo o que for importante para a criação da espécie. Há que ter em conta vários fatores, desde a sua qualidade, salário, mas também dar atenção ao seu cansaço porque se tiverem de trabalhar tempo a mais vão ficar insatisfeitos e é por isso que até podemos criar uma sala de repouso especial para os nossos trabalhadores. Também é muito importante ir evoluindo o nosso laboratório. 

Paga-nos o café hoje!Além de tratar bem dos dinossauros e do nosso pessoal, há que ter em conta o combustível dos veículos e dos geradores de energia para que nada falhe. A par disto, também os visitantes têm agora um perfil específico. Haverá alguns que vão ao parque pela diversão e aventura, enquanto outros preferem conforto e atá estão ali pelo estatuto social e por uma ou outra excentricidade. Isto influencia o rumo de criação do nosso parque e até podemos optar mais por um ou por outro, mas o melhor é mesmo fazer um misto dos dois com alguns espaços dedicados a luxo e outros mais de observação aventureira de algumas espécies consideradas mais perigosas. E há muito por onde ver. Existem os dinossauros marinhos e até aqueles que conseguem voar. 

Importante neste tipo de jogos é poder controlar o tempo e há a opção de parar ou de acelerar até três vezes a velocidade normal. Costuma-se dizer que o tempo é dinheiro e assim não podemos achar o jogo uma seca caso tivéssemos de esperar 10 minutos para que um dinossauro acordasse depois de ter sido sedado, ou deixar a consola ligada enquanto jantava só para dar tempo para os dinossauros saírem dos ovos. Assim o jogo torna-se mais fluido e intuitivo. Neste tipo de simuladores é sempre melhor usar rato, mas os comandos também não são grande problema porque é de uso fácil e até temos a possibilidade de colocar tudo simétrico, caso queiramos.  

A nível de imagem gráfica, posso dizer que está uma beleza. Joguei na PlayStation 5 e acredito que possa beneficiar de algumas melhorias em relação a versões da anterior geração. Os cenários bem iluminados e com um contraste fantástico, as tempestades bem replicadas, os dinossauros com boas texturas e até mesmo quando entramos em ação, seja no helicóptero ou no jipe, nota-se os bons gráficos. A nível de áudio, o jogo pode ser jogado em português do Brasil ou se preferirem em inglês. Há frases icónicas dos filmes e alguns personagens bastante familiares para quem acompanha mais de perto este universo de Jurassic Park. Os sons dos dinossauros e os arranjos orquestrais que acompanham o jogo são uma delícia.

Jurassic World Evolution 2 é um dos melhores jogos de gestão de parques que já joguei. Explora o universo dos dinossauros de uma forma bastante apaixonada. Nota-se que houve preocupação em ligar os fãs dos filmes ao jogo e esse é um trabalho de louvar. Fãs de Jurassic Park, de tycoons e de simuladores têm aqui um novo vício por muito e bom tempo. A Campanha e a Teoria do Caos são modos muito divertidos e desafiantes. As novas infra-estruturas, a variedade de dinossauros, os estilos de visitantes e as preocupações que temos de ter com o nosso staff são só algumas peças do jogo que facilmente jogamos uma tarde inteira sem dar conta que o tempo passou. Todos ao parque! Está na hora de ir ver os dinossauros.

Deixa um comentário