Developer: Ravenscourt, Koch Media
Plataforma: PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series X|S, Xbox One, Nintendo Switch
Data de Lançamento: 23 de Novembro de 2021

Isolem bem a vossa casa, tenham cuidado com os vidros, avisem os vossos vizinhos e tapem os ouvidos quando alguém que pensa que sabe cantar assumir o papel principal como vedeta e cantor dos tempos modernos. Está de regresso Let’s Sing 2022 para mais um ano de karaoke nas nossas casas que promete momentos de risada total, algumas desavenças saudáveis entre amigos e quem sabe, alguma surpresa, quando alguém abrir a boca e conseguir cantar os tons mais agudos numa música dos Imagine Dragons.

Vamos por partes. A franquia Let’s Sing segue, desde há uns anos, as pisadas do antigo Singstar e permite aos jogadores cantar, não só com os microfones que podem vir incluídos no jogo, mas também através de uma aplicação para smartphone, os próprios auscultadores ou ainda através do comando, no caso do DualSense da PlayStation 5. Embora às vezes haja alguma descalibração, no geral, tudo funciona na perfeição. Podem duvidar quando não acertarem no tom das notas certas, mas o mais certo é ser mesmo culpa vossa que não são feitos para isto, tal como eu. 

Todos os anos um conjunto de 30 novas canções chegam ao jogo, o que faz com que basicamente o sistema seja exatamente igual ao do ano passado e os modos de jogo sejam quase sempre os mesmos. Aqui o jogo iria claramente beneficiar de um sistema de DLCs onde se fosse adicionando músicas à biblioteca para não se ter de mudar de jogo se quiséssemos cantar uma canção que estivesse noutra versão. Isto, caso tivéssemos comprado essa mesma versão, claro. 

Saltei a versão de 2021, mas mesmo assim tudo parece familiar a Let’s Sing 2020. Ainda assim, há uma boa novidade, o modo Legend leva-nos para uma aventura onde teremos de ultrapassar uma data de desafios, nos quais vamos amealhando estrelas para ir desbloqueando outros oponentes. Depois, temos o famoso modo Let ‘s Party que coloca frente-a-frente duas equipas até quatro jogadores pelas melhores performances e com vários mini-jogos pelo meio. Destaco alguns, tais como o desaparecimento das letras, deixando desamparado qualquer um que não saiba a canção de cor, o jogo da galinha onde importa cantar notas chave na perfeição e ainda o  jogo do passa a bomba, no qual, cada elemento vai cantando excertos de músicas individualmente, tentando evitar que ela rebente enquanto é a nossa vez de cantar.

Paga-nos o café hoje!Entre cantorias sozinhos ou em duplas, o jogo permite duelos ou duetos com quem estivermos a jogar. Podemos aventurar-nos no modo online, onde fazemos uma pontuação para toda a comunidade ver e tentar superar essa marca. Também é giro comparar com amigos. Entre estas coisas todas podemos também ir às mixtapes que juntam cinco músicas,  das quais vamos ter de cantar. Há algumas temáticas, as totalmente aleatórias e ainda podemos ser nós a fazer uma com as nossas músicas favoritas.

Por falar nisso, mais uma vez, Let ‘s Sing aposta no mainstream mais comercial com algum piscar de olhos ao rock, mas pouco. Não sendo eu muito ouvinte deste tipo de música, o que acontece é que até parece que já ouvi aquilo, mas não faço ideia o que dizem. Ainda assim há artistas que me enchem as medidas e fazem as delícias de qualquer jogador que goste de música. Desde Depeche Mode com “Enjoy The Silence”, – e aqui que ninguém nos ouve, talvez fosse melhor apreciar o silêncio, na maior parte dos casos em que alguém decide “cantar” – passando por Amy Winehouse com “Back to Black” ou The White Stripes com “Seven Nation Army”, encontram um pouco de tudo. É bom entoar em plenos pulmões o “Last Christmas” dos Wham, desafinar em “Bad Liar” dos Imagine Dragons, inventar letra em “Leave The Door Open” de Bruno Mars com Anderson Paak. ou até fazer uma dança ridícula imitando os Backstreet Boys em “Everybody (Backstreet’s Back).  Além destes, existem packs de músicas que podem ser adquiridos como extra para juntar a esta lista.

Já devem ter percebido que tudo isto é divertido, muito mais com amigos do que sozinho e se em 2020 achava o jogo bom para festas mas muito superficial, a verdade é que pelo meio houve vários confinamentos que aumentaram a necessidade de se encontrar maneiras de nos divertirmos em casa com amigos ou família. Esta, sem dúvida, é uma delas.

Let ‘s Sing 2022 é perfeito para juntar amigos e fazer figuras parvas à vontade enquanto se espanta os males que existem no mundo com cantorias que provavelmente vão incomodar a nossa vizinhança. Não vejo grandes problemas nisso, até porque quando virem do que se trata, talvez também se juntem a vocês para fazer um duelo. Se gostam de festa, não percam esta, mesmo que não saibam as músicas ou as letras, podem inventar à vontade. Ninguém vai levar a mal e o objetivo final será cumprido: rir e divertir.