Developer: Nintendo
Plataforma: Nintendo Switch
Data de Lançamento: 29 de Outubro de 2021

Foi em junho com Mario Golf Super Rush que Mario e grande parte dos seus companheiros trouxeram diversão e animação aos jogadores da Nintendo Switch. Agora, a mascote da Nintendo está de volta com um novo jogo que promete divertimento para toda a família, e mais uma vez não vem sozinho, já que muitos dos seus companheiros fazem-lhe companhia em mais um jogo da franquia Mario Party, com Mario Party Superstars.

Para quem segue esta divertida franquia da Nintendo, provavelmente quase todos os minijogos lhes serão familiares, mas agora com um ar renovado, gráficos bastante melhorados e uma jogabilidade aprimorada. Mario Party Superstars embora seja um jogo totalmente novo, pegou em diversos minijogos clássicos da franquia e juntou-os neste novo jogo, onde teremos a possibilidade de desfrutar de 100 minijogos para todos os gostos.

Além disso, convém sublinhar que os jogadores da Nintendo Switch Lite o poderão jogar sem qualquer problema, já que ao contrário de Super Mario Party, não necessita de controlos de movimento para nenhum dos minijogos. Todos poderão ser jogados a partir dos botões e dos analógicos, e o próprio touch screen da consola não é utilizado em nenhum dos jogos.

O jogo encontra-se dividido por dois modos, o primeiro é a Montanha de Minijogos e o outro é o tão adorado Mario Party clássico. Começando por este último, e para quem não é conhecedor do que se trata, é um local onde competimos em 5 tabuleiros à escolha contra outros 3 jogadores (podem ser da IA ou humanos) com o objectivo de adquirir o maior número de estrelas durante as várias rodadas que escolhermos.

Os 5 tabuleiros não serão estranhos para quem jogou os primeiros jogos da franquia, e todos eles pertencem a jogos da franquia que foram lançados para a Nintendo 64. Temos o Yoshi’s Tropical Island que fazia parte de Mario Party, Space Land que estava inserido em Mario Party 2, Peach Birthday Cake também de Mario Party, Woody Woods pertencente a Mario Party 3 e por fim Horror Land de Mario Party 2. Como é lógico, o grafismo foi totalmente remodelado, assim como as animações dentro dos tabuleiros.

O modo de jogar é simples:

Cada jogador lança um dado na sua vez de jogar, e vai avançado esse número de casas respectivamente; as casas podem oferecer moedas, ter armadilhas, ou mesmo retirar moedas ao jogador. Ao fim de cada rodada dos jogadores, acontece um minijogo. Este minijogo servirá para os jogadores adquirirem moedas, onde o vencedor é aquele que arrecadar mais, mas o 2º e 3º classificados também recebem algumas. Como referi, o objectivo é arrecadar o máximo número de estrelas, e isso só é possível quando passamos na casa da Toadette que nos vende 1 estrela por um determinado valor de moedas. Caso algum jogador acabe o jogo empatado com outro, ou seja, com o mesmo número de estrelas, o desempate é feito por aquele que tiver uma maior quantidade de moedas.

Os 5 tabuleiros são bastante divertidos, onde a dificuldade aumenta gradualmente entre eles. A maneira de se jogar é idêntica em todos, e o que varia são apenas em algumas particularidades de certas casas. Para terem um exemplo, no Peach Birthday Cake existem casas que podemos comprar piranhas e plantas para roubarem moedas aos jogadores que lá calharem. Tirando o primeiro tabuleiro, todos os outros têm boas surpresas, que por vezes podem ter efeitos divertidos na pontuação dos jogadores, deixando qualquer um apreensivo quando se aproxima desses locais.

Além disso, temos diversas opções que fazem diferença na hora de jogar, e desde logo, podemos definir a dificuldade se estivermos a jogar contra a IA. Temos a dificuldade “Fácil”, “Normal”, “Difícil” e “Mestre”, e cada uma delas pode ser definida por personagem, isto é, se estiverem a jogar contra 3 personagens da IA, podem, por exemplo, colocar Luigi com a dificuldade Normal, Mario com a dificuldade Difícil e a Peach com a dificuldade Fácil. A adicionar a esta opção, existe ainda o número total de rodadas, com 10 rodadas a equivaler a 30 minutos de jogo aproximadamente, 15 rodadas a 45 minutos, 20 rodadas a 60 minutos, 25 rodadas a 75 minutos e 30 rodadas a 90 minutos. Depois temos ainda a possibilidade de activar as Estrelas Extras, isto é, no final do jogo podem ser atribuídas Estrelas Extras a alguns jogadores, acontecendo, por vezes, vencedores inesperados. Há ainda a opção de Ajuda antes dos minijogos, para que todos os jogadores possam treinar um pouco o minijogo antes de o iniciar, e por último, a opção de Vantagem, onde é possível configurar o número de estrelas iniciais de cada jogador, o que na verdade perde um bocadinho a piada, mas com crianças pequeninas, às vezes é uma opção que dá bastante jeito para não terem de aturar aquelas birras gigantes!

Paga-nos o café hoje!

Este modo de jogo é aquele que fez da franquia Mario Party o que é hoje, ou seja, uma franquia de enorme sucesso da Nintendo, dado que permite juntar a família ou amigos e desfrutar de umas horas de diversão, com muitos risos, alguma cooperação, mas acima de tudo competição em minijogos extremamente divertidos, porém, ao mesmo tempo, será necessária alguma sorte com os dados.

Passando para a Montanha de Minijogos, aqui os jogadores são levados de barco para uma praça onde podem jogar os 100 minijogos. A praça está dividida por várias categorias, e, por exemplo, no Jogo livre vão ter a possibilidade de escolher qualquer um dos 100 minijogos para jogar. Já a categoria seguinte, Em dupla, faz um filtro aos minijogos, mostrando apenas os jogos que podemos jogar 2 contra 2. A próxima categoria é o Desafio a três, e aqui são apresentados apenas os jogos de 1 contra 3. Temos ainda a categoria de Desporto e quebra-cabeças, com os minijogos desse género, a categoria de Sobrevivência, que apenas pode ser jogada online, a categoria Desafio Diário, onde teremos 3 categorias com três minijogos que vão variando todos os dias, e por fim a categoria Por Moedas, onde temos de superar um determinado número de minijogos; quem conseguir angariar mais moedas será o vencedor dessa categoria.

Como é fácil perceber pelas categorias existem minijogos para todos os gostos, e é por isso que Mario Party Superstars tem tudo para agradar à grande maioria dos jogadores. Temos minijogos onde a perícia é essencial, outros em que a rapidez é a chave para o sucesso, alguns em que têm de utilizar a memória – não esquecendo os quebra-cabeças – e claro, aqueles em que ter um bocadinho de sorte ajuda. O que acho importante é que a Nintendo soube escolher muito bem os 100 minijogos que acompanham este Mario Party.

Não importa qual deles joguem, a verdade é que a jogabilidade está incrível, com os comandos bem conseguidos e a maioria deles muito intuitivos. Além disso, é possível jogar os minijogos apenas com um joy-con, significa por isso que com um par de Joy-Cons facilmente jogam com outro amigo.

Falando de jogabilidade, não podemos esquecer os personagens que temos à nossa disposição para jogar, não são muitos, e neste ponto a Nintendo poderia ter adicionado mais alguns, seja como for, eles são: Mario, Luigi, Peach, Daisy, Wario, Waluigi, Yoshi, Rosalina, Donkey Kong e Birdo. Ao contrário do que acontece em Super Mario Party que os personagens tem diferenças entre si, nem que seja por exemplo por terem dados especiais no modo Mario Party, neste jogo isso não acontece, logo, podem escolher aquele que vos agradar mais, sem precisarem de pensar em estratégias.

Para sentirmos uma progressão no jogo há agora um sistema de nível do jogador, isto é, tudo o que fazemos irá dar moedas mas também XP que vai fazendo subir o nível. Isto acontece tanto a jogar os minijogos no modo Montanha de Minijogos, mas também a jogar o modo Mario Party. Quanto às moedas que ganhamos, podem ser gastas na Loja do Toad, e aqui podem comprar Figurinhas, Páginas para a Enciclopédia e Músicas. As figurinhas são uma espécie de emotes que podemos usar no modo Mario Party, de maneira a demonstrar os vossos “sentimentos” aos outros jogadores. Já os Temas servem para o vosso cartão online. Quanto às páginas de Enciclopédia, são páginas sobre os personagens, os minijogos, os jogos de Mario Party, entre outras coisas, e uma maneira de ficarem a conhecer um pouco da história da franquia. Por fim, as músicas, e servem para adquirirem diversas músicas ligadas à franquia. É ao subir o nível do jogador no Mario Party que vamos desbloqueando novos itens na Loja do Toad, ou seja, sempre que sobem de nível novos itens vão aparecer para poderem ser comprados.

Além da Loja do Toad existe também a Casa dos Dados, e aqui é o local onde vão usufruir da grande maioria dos itens comprados na loja do Toad. Podem tocar as músicas que compraram, ver as páginas da Enciclopédia, ver as estatísticas de jogo, assim como diversos recordes dos minijogos, e também a percentagem de vitórias, entre outras coisas. Será igualmente neste local que podem criar o vosso cartão de jogador para jogar online e também ter acesso às vossas conquistas. A maioria das conquistas são para jogar em modo offline, mas também existem para o modo online. Ao todo temos 50 conquistas para o modo offline e 10 para o modo online.

É importante lembrar que o jogo tem várias maneiras de jogar com outros jogadores. Um modo offline que pode ser jogador até 4 jogadores localmente (apenas precisam de ter um par de Joy-Cons adicionais); depois existe o modo local onde podem ligar várias Nintendo Switch para cada um jogar na sua própria consola; e por fim o modo online, que podem jogar com outros jogadores que também estejam online.

No caso dos jogos online devem dirigir-se à Casa da Amizade onde podem criar um grupo para aberto a todos os jogadores ou só a amigos, devem indicar quantos jogadores estão a jogar localmente, para o jogo abrir slots apenas para o número de vagas restantes. Além disso podem ainda juntar-se a grupos de amigos, para isso apenas podem procurar pelo ID do grupo, ou simplesmente pedir para o jogo vos encontrar um grupo para vocês se juntarem.

É bom referir que quando entram no jogo no modo online, tudo será online, isto é quer vão para a Montanha de Minijogos ou para o modo Mario Party o jogo irá sempre procurar uma sessão para vocês jogarem com outros jogadores online. A maneira como a Nintendo conseguiu criar uma maneira fácil de entrarmos em partidas online foi bastante inteligente, proporcionando assim uma maneira simples de jogarmos os modos pretendidos com outros jogadores, sem ter de criar sessões ou andar a procura de grupos para jogar. Obviamente se tiverem já criado um grupo na Casa da Amizade, vão jogar com esse grupo em todos os modos de jogo.

Algo que não posso deixar de falar tem a ver com a adição do Português ao jogo, embora não seja Português de Portugal, a verdade é que ajuda bastante as crianças mais pequenas a conseguirem jogar os minijogos sem precisarem estar sempre a necessitar da ajuda dos pais para lerem as regras.

Mario Party Superstars é sinonimo de diversão, gargalhadas, brincadeira e de horas e horas de diversão para toda a família e amigos. É uma óptima adição à vossa biblioteca, incluindo agora os jogadores da Nintendo Switch Lite, que podem agora usufruir de um Mario Party sem qualquer problema. Por aqui o jogo fez imenso furor, acredito que nas vossas casas também fará.