Developer: Bandai Namco
Plataforma: PlayStation 4
Data de Lançamento: 30 de Julho de 2020

Em Portugal, Mobile Suit Gundam é uma daquelas séries anime que passaram ao lado da maioria das pessoas. Foi criada em 1979 por Hajime Yatate e Yoshiyuki Tomino, e este anime teve um enorme sucesso no Japão, com diversos filmes e OVA’s, assim como cerca de 30 temporadas. Esta série tem como principais características as lutas de mechas gigantes, assim como o futurismo, mas também a ficção cientifica, claro. Além disso, desde que a Bandai Namco adquiriu os seus direitos, além de todo o merchandising que foi sendo criado para o jogo, existem mais de 40 videojogos lançados até hoje, entre as diversas plataformas.

O último deles foi Mobile Suit Gundam: Extreme VS. Maxiboost ON, que reúne grande parte dos personagens importantes da série, assim como os diversos Mobile Suits (também conhecidos por meca ou mecha). Para quem não sabe, é um jogo que vem directamente das máquinas arcade, e foi lançado há cerca de 4 anos no Japão (2016), onde obteve um enorme sucesso, e neste ano de 2020 recebeu então um impecável port para a PlayStation 4.

É o jogo perfeito para quem gosta de batalhas em 3D, em arenas com uma área vasta para combater. Os combates são feitos em duplas, isto é 2 vs 2, e algo interessante nestas batalhas é que apenas assumimos o controle de um dos Mobile Suits e podemos ir dando instruções CPU que controla a nosso parceiro, ou seja, é uma forma bastante interessante de termos algum controle sobre os ataques e estratégias que queremos usar em batalha.

Além de termos como nosso parceiro o CPU quando jogamos sozinhos, também é possível jogarmos com amigos localmente ou online, e no caso de jogarmos localmente o ecrã ficará dividido em dois, verticalmente, existindo ainda outra opção que é a LAN Battle, onde será possível jogar com até 18 jogadores em simultâneo, uma verdadeira barbaridade.

E as barbaridades não ficam por aqui, e para terem uma noção da quantidade de escolhas, são cerca de 183 Mobile Suits que teremos à nossa disposição, algo que deixará os fãs do anime extremamente satisfeitos. Devido a essa quantidade, a equipa de desenvolvimento teve o cuidado de permitir que o jogador escolha 10 dos seus Mobile Suits preferidos, para estarem mais à mão.

Outro ponto extremamente incrível do jogo é a quantidade de modos que nos oferece. O jogo apresenta um menu superior com 6 tabs, a primeira das quais é o CPU Battle, onde teremos três opções Branch Battle Solo, o Branch Battle – Offline Co-Op e o Branch Battle – Online Co-Op; nestes modos, tal como o nome indica,  vamos lutar com o CPU como companheiro, lutar com o amigo em modo local, ou com um amigo em modo online, e escolhendo qualquer uma destas opções, será apresentada uma árvore/grelha de inimigos, em que ao sairmos vitoriosos de cada uma das batalhas, teremos a opção de escolher qual o próximo oponente – já que ficarão desbloqueados 2 a 3 caminhos (consoante o local da árvore onde estamos) para avançamos para o próximo inimigo que escolhermos. Obviamente que, conforme vamos avançado, as batalhas vão ficando cada vez mais difíceis até chegarmos ao boss final.

Ainda nesta tab, existe outro modo chamado Maxi Boost Missions, e aqui é-nos apresentado no ecrã uma área vazia, onde teremos acesso à primeira missão e também o que temos de percorrer até chegar à missão final, onde estará o Boss. Aqui, cada vez que completamos uma missão, outra parecerá; e assim sucessivamente até conseguirmos ter um caminho até ao Boss final. Além disso, ainda aparecem missões secundárias chamadas Break Missions, sendo que estas não são obrigatórias, mas servem para enfraquecer o Boss final, o que significa que completá-las com sucesso aumenta a probabilidade de vencerem o Boss final. Algo também interessante e que nos obriga a melhorar, é que as missões têm tempo para serem finalizadas, e quanto melhor for a vossa performance, melhor será a avaliação da missão.

A tab seguinte é a Online Battle, que como o nome indica está relacionada com as batalhas online. Começamos com o Play Match onde podemos criar salas, e encontrar salas para fazermos combates; logo a seguir teremos dois modos que servem para o Ranking do jogo: o Ranked Match – Shufle e Ranked Match – Hold. Por último, o Casual Match, que é onde vamos escolher um Mobile Suit e entrar numa qualquer batalha.

Paga-nos o café hoje!

Na tab seguinte é-nos apresentada a Free Battle, onde podemos fazer uma batalha totalmente ao nosso gosto, escolhendo as opções que queremos e até os locais onde queremos lutar.

A quarta e quinta tab são totalmente dedicadas aos fãs da série (Briefing Room e Costumize), e apresentam replays, rankings, a Galeria, as músicas do jogo (tem as músicas originais da série), e claro, diversas opções de personalização. Obviamente que será aqui que vão gastar muito do GP ganho no jogo, já que tem diversas coisas para desbloquear. Para os fãs é certamente um local que vão perder muito tempo a explorar todo o que existe e todas as personalizações que são permitidas fazer.

Por fim a última tab é a das Options, onde podem alterar diversas configurações do jogo e até criar a tal Lan Battle que também comentei acima.

Passando então para os Mobile Suits que temos à nossa escolha, como já referi, são imensos, e cada um com as suas habilidades, os fãs provavelmente têm um enorme conhecimento de qual é o sue favorito e quais as melhores opções de combate, já os jogadores mais novos terão de ser eles a testar e a procurar a melhor solução. Cada um dos Mobile Suits conta com um ataque à distância, um ataque corpo a corpo, e habilidades especiais, seja de ataque, ou mesmo de suporte.

Todos os Mobile Suits têm uma habilidade chamada Extreme Boost, que é uma espécie de upgrade que é feito durante o combate, isto é, ao lutarmos vamos preenchendo uma barra para poder activar este Extreme Boost, e quando estiver preenchida pode ser activada e o nosso personagem durante um determinado tempo ganha uma pequena melhora. Essa melhoria é escolhida antes do combate começar, e existem três: o Shooting Burst; o Extend Burst; o Fighting Burst.

Passando agora para as batalhas, estas estão bastante interessantes, e com um conceito muito engraçado, que são os pontos por equipa. Cada equipa tem até 6000 disponíveis em cada batalha, e que serão usados da seguinte forma:

Existem Mobile Suits que custam 1500, outros 2000, outros 3000, a variação vai entre 1500 e 3000. Como lutamos em pares, significa que se a nossa equipa usar dois Mobile Suits de 3000 pontos cada um, chegamos ao limite de pontos por batalha, até aqui tudo correcto. Agora imaginem que usamos dois Mobile Suits de 2000, isso chegará a um total de 4000 pontos, sobrando 2000 pontos. Esses pontos serão usados em batalha, isto é, caso alguém da nossa equipa seja destruído, (nós ou o nosso companheiro), seremos automaticamente colocados novamente em prova, preenchendo então um total de 6000 pontos com este ressurgimento.

Esta ideia é bastante interessante, pois quanto mais custarem os Mobile Suits obviamente que mais fortes serão, mas por outro lado, caso não existam pontos suficientes para eles ressurgirem novamente, seremos derrotados imediatamente. Isto obriga o jogador a pensar em qual a melhor estratégia para a escolha dos Mobile Suits.

Os controlos e a jogabilidade são bastante boas, e até permitem aos jogadores jogarem com um arcade stick (caso tenham algum compatível com a vossa PlayStation 4). O grande problema, para mim, está na falta de um tutorial que faça os jogadores conhecerem e dominarem todos os controlos do jogo, e nem sequer existe uma área para podermos treinar descansados e testar o que o jogo permite. E como em qualquer jogo de luta, não conhecer todos os comandos, é derrota quase certa.

Graficamente o jogo está interessante, no que toca aos Mobile Suits estão com bons pormenores, porém, os cenários poderiam estar melhores, já que possuem texturas algo datadas.

Mobile Suit Gundam: Extreme VS. Maxiboost ON é claramente um jogo muito focado nos seus fãs e na sua componente online. Acredito que muitos jogadores se interessem por ele devido à sua componente de batalhas entre robôs gigantes, e isso agrada sempre à grande generalidade do público.