Developer: Feld Entertainment, THQ Nordic
Plataforma: Xbox One, PlayStation 4, PC e Nintendo Switch
Data de Lançamento: 2 de Março de 2021

Embora escassos, os jogos de Monster Trucks vão sendo lançados de tempos-em-tempos, o que significa também, que o nicho de jogadores e fãs da modalidade corre sempre a experimentar os títulos que exploram esta atracção bastante importante nos Estados Unidos da América.

Monster Jam Steel Titans 2 finalmente chegou, como o seguinte jogo de uma franquia que ameaça a tornar-se a grande referência num género sem grande concorrência. Mantendo os elementos que fizeram o primeiro jogo saltar à vista, não teve problemas em somar algumas novidades e até melhorar em vários aspectos.

Não apela apenas a quem aprecia o espetáculo dos Monster Trucks. Na verdade, dada a simplicidade de Monster Jan Steel Titans 2 e a tendência arcade, é fácil ficarmos rendidos à sua jogabilidade. Diverte sem grande esforço, e em muito se deve aos controlos intuitivos aos quais nos adaptamos em menos de nada.

Tem um pouco de tudo aquilo que representa a loucura do que é uma exibição de Monster Truck, o que significa que teremos uma variedade de eventos. Desde as corridas mais básicas, a provas de demolição e até Freestyle, há bastante conteúdo para descobrir e desbloquear através do modo carreira, especialmente na enorme quantidade de trucks disponíveis – 38 ao todo e com designs para todos os gostos – e divididos por categorias, sendo que cada uma tem uma habilidade especial.

Apresentado em forma de open world, em se destaca naturalmente o Career Mode e que se divide em 21 capítulos. Como é habitual em jogos de corridas com a mesma abordagem, os eventos estão distribuídos pelo mapa e é necessário ultrapassá-los de maneira a desbloquearmos novas zonas. Surpreendentemente a sua dimensão ainda é significativa, e irá certamente agradar a quem tudo gosta de explorar e completar.

Muita da dinâmica do gameplay circula em torno de eventos como os circuitos, num tipo de corrida mais convencional com um waypoint; provas head-to-head, para competirmos com outros carros num estilo knockout; um modo de destruição, que tal como o nome sugere temos um tempo limite para destruir o máximo possível de objectos colocados pela arena; e competições de stunt, como o two-wheel skills e o freestyle, onde as nossas capacidades ao nível de manobras.

Paga-nos o café hoje!

 Há o obrigatório tutorial que nos guia pelas principais funcionalidades do jogo, mas que nos ensina igualmente a manobrar a máquina, já que conduzir um Monster Truck é uma experiência bastante diferente do que estamos habituados em títulos de corridas. O analógico esquerdo controla as rodas da frente, e o analógico direito as de trás, o que oferece uma jogabilidade completamente diferente de tudo o que já experimentámos.

É precisamente por isso que Monster Jam Steel Titans 2 realmente sobressai no freestyle e nos stunts. Seja efectuado fantásticos drifs, flips, ou piões, é relativamente fácil apanhar o jeito, e rapidamente estaremos a fazer vistosas manobras e proezas de encher o olho. É extremamente divertido conduzir e manobrar o veículo, tanto que diversas vezes damos por nós simplesmente a vaguear pelo mapa enquanto testamos a nossa habilidade e destreza.

Quanto à competição propriamente dita, infelizmente, parece algo vazio e sem expressão. A IA dos adversários também não ajuda, que parecem absolutamente indiferentes à nossa existência na pista, e que por consequência retira grande parte da adrenalina de competir. Para não falar dos bugs relacionados com o terreno, que muitas vezes são o suficiente para atrapalhar e não conseguirmos ganhar a corrida.

Felizmente, é possível jogar em splitscreen, o que nos dá a excelente oportunidade de jogar com amigos. É uma óptima opção para quando recebemos um grupo de amigos em casa e procuramos uma diversão fora do comum, algo que este modo entrega em pleno. Ao contrário do seu antecessor, agora é possível jogar online, o que é outra das boas novidades desta versão.

Não é nenhum primor graficamente, mas também não desilude. Seja no mundo aberto ou nas arenas, a qualidade gráfica cumpre aquilo a que se compromete, tal como nos efeitos sonoros dos veículos e na escolha das músicas que nos acompanham durante as competições, num pop rock com um ritmo que encaixa perfeitamente na acção das provas.

Monster Jam Steel Titans 2 é o típico jogo arcade com muita loucura à mistura. Uma clara evolução em relação ao original, que irá, muito provavelmente, atrair mais alguns jogadores e fazer crescer a franquia para um terceiro título no futuro. Tem alguns problemas, nomeadamente numa repetição que pode tornar o jogo enfadonho, ou diversos bugs que podem dificultar a experiência, mas somando tudo o que tem para oferecer, o saldo é francamente positivo.