Developer: Artefacts Studio
Plataforma: PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, PC
Data de Lançamento: 14 de Novembro de 2019

Uma das apostas da Microids continua a ser os jogos de corrida num estilo mais arcade, prova disso é Offroad Racing – Buggy X ATV X Moto, um jogo que irá proporcionar corridas verdadeiramente loucas fora dos grandes centros urbanos; podem preparar-se para muita terra batida, areia, áreas montanhosas e claro, enormes saltos.

O jogo apresenta-nos duas opções de jogo no menu inicial: o modo Season e o modo Quick game. O modo Season será provavelmente aquele que provocará uma maior curiosidade, até porque o conteúdo está bloqueado, isto é, o jogo tem para oferecer 5 campeonatos, onde apenas o primeiro está desbloqueado. Cada campeonato é composto por três pistas e será necessário terem o campeonato desbloqueado para poderem seleccionar as pistas em outros modos de jogo. É importante também referir que, além do objectivo de chegar em primeiro, devem alcançar o número de pontos durante o vosso percurso para alcançarem o objectivo final do campeonato. Ao ultrapassarem o primeiro campeonato o segundo irá desbloquear-se e assim sucessivamente. Convém também lembrar que conforme vão progredindo nos campeonatos a dificuldade também aumenta.

Passando para o modo Quick game, multiplicam-se as vossas escolhas, com o Single Race, o Championship, o Time Attack e o Hot Lap. Aprofundando um pouco cada uma destas escolhas, no Single Race, como o nome indica irão fazer uma corrida única, já o Championship serve para vocês criarem um campeonato ao vosso gosto, onde podem escolher as pistas e as regras; o Time Attack terá o objectivo de se conseguir o melhor tempo possível ao correr três voltas em qualquer uma das pistas que escolhermos; e por fim, o Hot Lap, é idêntico ao Time Attack com a diferença de podermos correr as voltas que quisermos, sendo que apenas conta a volta em que fizermos melhor tempo.

No nosso caso tivemos oportunidade de analisar o jogo na Nintendo Switch, que não oferece os modos multiplayers e online que as outras plataformas oferecem. Seja como for, nas outras plataformas tem a oportunidade de jogar contra outro amigo em modo local em splitscreen, e também online contra outros jogadores, vão ter assim mais quatro modos de jogo que são Last Man Riding, King of the Road, Hunter e Golden Helmet. Como não tivemos oportinidade de os testar, não vamos falar sobre eles.

Conhecidos os modos de jogo, existem também os pilotos e os veículos, e isto é outro ponto importante, uma vez que cada piloto tem três tipos de veículos (mota de duas rodas, mota de quatro rodas e um buggy), mas todos são diferentes, onde uns oferecem mais aceleração, outros mais turbo, outros são melhores no controlo do carro e nas curvas, enquanto outros têm melhor velocidade de aceleração. Ao todo são 13 pilotos, mas vão ter de desbloquear a maioria deles, e isso será conseguido fazendo os diversos modos de jogo sem nunca o jogo informar o que é necessário para desbloquear determinado piloto.

Outro dos aspectos mais interessantes no jogo está nos rivais, já que todos os pilotos têm um rival, e isso nota-se quando estão em pista, pois será aquele que por vezes vos dará mais trabalho e que tudo fará para que vocês não vençam a corrida.

A personalização também é outra das componentes do jogo. Podem alterar a cor do vosso capacete, do fato, alterar o emblema que estará nas costas do fato, assim como a cor do vosso carro. Não que isto influencie a performance, mas é sempre bom ter este tipo de opções.

Quanto ao tipo de veículo que escolhem, apenas fará diferença na condução, isto é, não sentirão que por escolherem uma mota de duas rodas, essa será mais rápida que um buggy, nem que uma mota de quatro rodas. Aqui a diferença na condução nota-se no tipo de carro escolhido, e nesse sentido, uma mota de duas rodas irá derrapar mais do que um buggy, por exemplo, por outro lado, irão conseguir desviar-se melhor dos obstáculos. A condução é de fácil aprendizagem, embora a primeira impressão seja um pouco estranha, até apanharem o jeito.

Os cenários, como já tinha referido, têm de tudo um pouco: areia, terra, montanha, resumindo, tudo para proporcionar aos jogadores circuitos diferentes e bastante engraçados. Sem ter um grafismo que nos deixe surpreendidos, consegue por vezes ter cenários de fundo bastante giros, embora as pistas não deixem grande margem para apreciação dos mesmos, já que é essencial ter atenção à pista, já que não é preciso muito para o ecrã ficar cinzento – sinal que estamos a sair da pista. Sim, sempre que começamos a sair da pista, ou para locais que não é suposto, visualmente começa a ganhar tons de cinzento, reiniciando o veículo novamente na pista; algo que por vezes torna-se frustrante, sendo que chegou a acontecer em saltos, quando sabia que ia conseguir voltar à pista sem dificuldade, perder toda a velocidade e muitas vezes o lugar, por ser ultrapassado por grande parte dos adversários.

No caso da Nintendo Switch, seja em modo dock, ou em modo portátil o jogo apresenta-se sempre muito fluído e sem quaisquer engasgos. Infelizmente, algo que não se compreende é a falta de um modo multiplayer online e split screen na Nintendo Switch.

Offroad Racing – Buggy X ATV X Moto é um jogo engraçado, bastante arcade, mas que será para um nicho de jogadores mais voltados para este tipo de corridas com buggys e motas, já que a quantidade de jogos deste estilo é bastante diminuta.

Deixa um comentário