Developer: Nintendo
Plataforma: Nintendo Switch
Data de Lançamento: 30 de Outubro de 2020

A Nintendo é mestre no que toca à arte de criar franquias que são impossíveis de esquecer por parte dos jogadores, e um dos grandes “culpados” por isso é Shigeru Miyamoto, que esteve ligado à criação das grandes franquias da empresa, como Super Mario, Donkey Kong, The Legend of Zelda, Star Fox, entre outras. Nesse enorme leque de criações encontra-se também a franquia Pikmin, que foi lançado em 2001, mas nós Europeus só tivemos acesso a ela em 2002.

Não existiram muitos jogos da franquia Pikmin, sendo que até agora no total são quatro jogos (Pikmin, Pikmin 2, Pikmin 3 e Hey! Pikmin), sem contar com Pikmin 3 Deluxe que será lançada no dia 30 para a Nintendo Switch. São jogos de puzzles e quebra-cabeças, e sempre muito divertidos – graças a estes pequenos seres: os pikmin.

Pikmin 3 Deluxe é uma versão melhorada de Pikmin 3 que foi lançado em 2013 para a Wii U, e esses melhoramentos não se ficam só pelo aspecto gráfico e a sua jogabilidade, mas também pela adição de novos conteúdos ao jogo, onde se destaca a opção de cooperação no modo campanha.

A história tem a ver com a escassez de mantimentos no planeta Koppai devido ao aumento da sua população, assim como do apetite da mesma. Isso obrigou à investigação de diversos planetas onde fosse possível encontrar recursos para a população de Koppai. Felizmente, a investigação funcionou, e foi encontrado um planeta desconhecido chamado PNF-404 que tinha exactamente o que era preciso para a sobrevivência dos habitantes de Koppai. Foram então enviados três exploradores – Alph, Brittany e o Captain Charlie – para esse planeta em busca de frutas e sementes.

Infelizmente, quando estavam a chegar ao planeta, e a iniciar a sequência de aterragem, aconteceu algo inesperado, e a nave teve diversos problemas, projectando os três exploradores para locais diferentes do planeta. É a partir daqui que a aventura destes três aventureiros começa, que além de terem de adquirir frutas e sementes, agora também têm como missão reparar a sua nave e para isso precisam encontrar peças e acessórios.

Paga-nos o café hoje!

O jogo é totalmente em 3D com uma visão isométrica, ficando o nosso personagem (Alph, Brittany e o Captain Charlie) sempre no centro. É possível rodarmos a câmera de jogo sempre que queremos, sendo assim bastante fácil ter uma percepção de tudo o que se encontra à nossa volta. O jogo passa-se em cenários bastante interessantes, onde a fauna e a flora são o centro das atenções, dando ao jogo cenários muito bonitos, tornando-o bastante atraente.

O início do jogo é uma espécie de tutorial, onde com o Captain Charlie, temos a oportunidade de conhecer estes seres tão interessantes: os Pikmin; e neste caso, serão os Pikmin amarelos. Vamos aprender a nos movimentarmos, a mover a câmera, a chamar os Pikmin, e até como usá-los. Depois desse tutorial básico começamos a jogar com Alph, e será aqui que começa verdadeiramente a nossa aventura, onde encontraremos Pikmin vermelhos e percebemos algumas das suas habilidades. Mas também encontramos um gadjet essencial do jogo, o KopPad, que será o local onde podemos ter acesso ao mapa, a diversas informações de tudo o que vamos encontrando, e também teremos informação sobre todas as frutas e sementes que encontramos, e claro, de todas as criaturas que aparecem no nosso caminho.

Algo também interessante e que até contraria a maioria dos jogos, é a maneira como exploramos os cenários, isto porque o jogo está formatado em dias, isto é, apenas podemos andar a explorar e a completar os nossos objectivos do amanhecer até ao anoitecer, sendo que durante a noite teremos de estar na nossa nave protegidos. Além disso, cada dia que passa consumimos um suplemento de alimentação. No início começamos com três, mas podemos aumentar o nosso número de suplementos, encontrando sementes, e frutas. É neste ponto que temos de ser bastante ponderados, entre tentar cumprir objectivos e procurar esses itens essenciais para a nossa sobrevivência. Mas descansem, porque podem explorar e fazer o que quiserem no jogo que não serão penalizados por não cumprirem os objectivos assim que são pedidos, isto permite que vocês ganhem prática no jogo, para depois o dominarem na perfeição e até controlando os diversos tipos de Pikmin que vão encontrando ao longo do jogo.

Até neste ponto o jogo está extremamente ponderado, pois esse encontro vai sendo gradual, de modo a que o jogador vá percebendo tudo o que se está a passar. Diria mesmo que tudo é faseado, aparecendo de forma simples e calma, e fazendo o jogador adquirir e perceber todos os pontos do jogo, sem nunca ficar confuso. Isto leva-nos a um ponto essencial para os novos jogadores, já que mesmo este sendo o terceiro jogo da franquia, qualquer jogador pode iniciar a sua aventura neste jogo, mesmo sem nunca ter jogado os outros. Tudo é explicado, e a própria história não depende dos jogos anteriores.

Outro ponto importante de ser referido é a adição de opções e modos que Pikmin 3 Deluxe trouxe, acredito que mesmo os jogadores que jogaram Pikmin 3 na Nintendo Wii U vão ter bastante vontade de adquirir este, já que além do modo Story (história) apresenta mais três modos e ainda a opção co-op (da qual já falaremos). O primeiro desses modos é o Mission, e aqui, tal como o nome indica, teremos de cumprir missões de acordo com os três tipos de missões que escolhermos. Inicialmente só teremos dois tipos o Collect treasure! – onde o objectivo é cumprir tarefas num determinado tempo limite; seguidamente temos o Battle enemies! – onde teremos de derrotar algumas criaturas também num determinado tempo limite; e por fim o Defeat bosses!, onde, como o nome indica, teremos de derrotar os Bosses que encontrámos no modo história, também num tempo limite. Referir que este último apenas fica desbloqueado depois de completarem o modo história.

Outro dos novos modos é o Side Stories, que apenas fica desbloqueado depois de jogarmos uma boa parte da da história principal, já que está interligado com ela. E aqui teremos de completar missões com o Captain Olimar e Louie, dois personagens bem conhecidos da franquia, e que são os protagonistas dos jogos Pikmin, Pikmin 2 e Hey! Pikmin.

Embora ainda falte falar de um dos modos de jogo, são estes três (Story, Mission e Side Stories) que permitem usemos uma das novas funcionalidades do jogo, ou seja, a opção Co-op, onde podemos jogar com alguém ao nosso lado. Acreditem que a implementação está fenomenal, já que um jogador, por exemplo, pode estar a comandar Alph e outro Brittany, cada um com o seu esquadrão de Pikmin, enquanto se ajudam mutuamente a cumprir os objectivos do jogo e a apanhar frutas, semetes e itens. O ecrã ficara dividido ao meio, na vertical, e cada um poderá explorar à sua maneira, e claro, ajudarem-se mutuamente.

Voltado aos modos de jogo, falta falar do Bingo Battle, e este é o modo competitivo de Pikmin 3 Deluxe que apenas pode ser jogado contra outro jogador. Mais uma vez, o ecrã divide-se em dois verticalmente e os jogadores terão de competir por atingir os objectivos antes do adversário. Para isso, terão de escolher o mapa onde querem jogar, e cada um começará num ponto distinto e jogam uma espécie de 4 em linha, isto é, aparecerá no ecrã um quadrado com 16 itens que podem ser apanhados naquele mapa, os jogadores terão de apanhar 4 ou mais itens, mas com o objectivo de fazer uma linha (na vertical, horizontal ou diagonal) de quatro deles, o primeiro a conseguir será o vencedor. Obviamente, sendo competição, vale um pouco de tudo, como roubar os itens do adversário quando este ainda o está a transportar, atacar o adversário com os nossos Pikmin, tornado assim este modo de jogo um dos mais divertidos se tivermos com companhia.

Tendo agora uma ideia de tudo o que o jogo nos pode oferecer, vamos então partir para a jogabilidade do mesmo, e esta está extremamente afinada, com comandos de fácil aprendizagem, possibilidade de alterar entre os vários Pikmin do nosso esquadrão, e a maneira de chamar os Pikmin como de os mandar para algum local também é simples e fácil. Tudo isto torna o jogo bastante intuitivo, fazendo o jogador usufruir dele da melhor maneira, e apenas se preocupando com os puzzles que vai encontrando.

Os puzzles são simples de ultrapassar, e muitos deles estão relacionados com os tipos de Pikmin que devemos usar, e como os usar; sabendo que os azuis podem andar debaixo de água, ou os amarelos podem tratar de tudo o que tem a ver com electricidade, ou mesmo os cor-de-rosa, que podem voar para ir buscar itens que não são alcançáveis por nenhuns outros. Para completar a festa, ainda temos os vermelhos que não são afectados pelo fogo, e os pretos que são extremamente rijos e robustos. Estes cinco são os que fazem parte da história principal, já no modo Mission e Bingo Battle iremos encontrar outros 2 tipos, os Pikmin roxos que são bastante lentos a andar, mas que têm uma força 10 vezes maior do que os Pikmin normais, além disso existem também o brancos, que são venenosos, o que significa que se algum inimigo os comerem irão morrer.

Tirando essas habilidades principais de cada tipo de Pikmin, eles podem ainda transportar itens, e correr contra objectos muitas vezes para os destruírem, como algumas barreiras de areia que vamos encontrar, mas também têm a possibilidade de construir pontes, se encontrarmos os objectos necessários para tornar isso possível.

Existem também as batalhas, e estas acontecem contra seres que vamos encontrando na nossa exploração ou contra bosses, em que a maioria das vezes é necessário cumprir certos requisitos, ou bater em certos locais, ou acertar com determinados Pikmin.

Outro detalhe implementado no jogo são as medalhas, teremos cerca de 50 medalhas para desbloquear, para isso será necessário cumprir determinadas tarefas espalhados por todos os modos de jogos, uma maneira de aumentar a longevidade do jogo, já que muitos jogadores gostam de completar todo este tipo de tarefas para conseguirem obter todas as medalhas.

Tudo isto que referi acima torna Pikmin 3 Deluxe um jogo único, muito divertido e empolgante. Sejam os mais velhos, ou os mais pequenos, o jogo está feito para qualquer tipo de público. Além disso, tem vários níveis de dificuldade, e podem ainda desbloquear a dificuldade Ultra-Spicy, que torna tudo muito mais difícil, e onde o número de elementos do nosso esquadrão é reduzido, e os inimigos são muitos mais duros.

No aspecto gráfico, como referi acima, os cenários estão muito bem implementados, assim como as texturas do jogo. Temos sempre bastante fauna e flora nos cinco locais onde o jogo decorre (Tropical Wilds, Garden of Hope, Distant Trunda, Twilight River, Formidable Oak), e isso ajuda bastante os jogadores a quererem explorar, para conhecer os mapas na sua plenitude, já que temos zonas com campos mais verdes, outros com cenários de neve, outros em locais mais chuvosos e onde perdura mais a água e até locais mais chuvosos.

Já a nível sonoro o jogo está interessante, principalmente nos efeitos, e seja nos sons dos Pikmin, dos inimigos, ou mesmo dos diversos locais do cenário – como o som da água. As músicas são simples, e por esse motivo encaixam bem no jogo em questão.

Como ponto negativos, temos mais uma vez a falta da língua portuguesa, o que começa a ser um pouco incompreensível, quando se vê a maioria dos estúdios a ter esse cuidado com os seus jogos.

Pikmin 3 Deluxe é sem dúvida o melhor jogo da franquia que podem encontrar até ao momento. Esta versão para a Nintendo Switch, além de melhorada, levou diversas novidades que tornam este jogo obrigatório na vossa consola. Os fãs da franquia vão ficar simplesmente deliciados, e os restantes jogadores provavelmente vão render-se sem dificuldade.