Developer: The Dust S.A.
Plataformas: Nintendo Switch
Data de Lançamento: 16 de junho de 2021

Algo que muitos jogadores estão sempre à espera de encontrar nos novos jogos que vão sendo lançados é a possibilidade de jogar com amigos em modo cooperativo. Estamos numa era em que a competitividade no nosso mundo é tão grande e absurda, que já esperamos encontrar algo mais amigável e cooperativo no mundo dos videojogos. Como o próprio nome indica, Together é um jogo que, embora possamos jogar em single player, é pensado maioritariamente para ser jogado a dois jogadores em modo cooperativo.

Trata-se de um jogo de plataformas e acção em que um vilão chamado Mona Chome decidiu descolorir o mundo, isto é, o mundo passou a ser monocromático. Serão os heróis do jogo que além de o tentar derrotar vão tentar voltar a trazer cor e alegria ao mundo, mas, para isso, terão de superar vários níveis cheios de vilões, muitas plataformas, muitas armadilhas e diversos cristais para voltar a colorir o mundo.

Para terem uma ideia do que quero dizer, imaginem um jogo de plataformas todo a preto e branco, excepto um determinado raio à vossa volta. Os níveis são todos assim, mas no caso de apanharmos determinados cristais que estão espalhados pelo jogo, uma área bastante grande à volta desse cristal torna-se novamente a cores. Em todos os níveis temos um determinado número de cristais para coleccionar, e embora o principal não seja coleccionar os cristais (e sim chegar ao fim dos níveis), será importante conseguirem obter esses cristais para ir desbloqueando novos heróis.

O jogo começa apenas com 4 heróis desbloqueados, mas ao todo serão 12 heróis. Ou seja, existem 8 heróis que terão de ser vocês a desbloquear, e para isso precisam dos cristais. Para o primeiro herói que podem desbloquear precisam de 24 cristais, em contrapartida, para o último precisaram de 192 cristais. Como é possível perceber, o que não faltará ao longo dos vários níveis que têm de percorrer são cristais, e muitos dos níveis possuem cerca de 15 cristais para apanharem.

Para terem uma ideia como os heróis são diferentes, existem movimentos únicos e especiais em cada um, assim como habilidades especiais, um ataque normal, uma habilidade simples, a possibilidade de saltar, e também podemos mudar de herói quando estamos a jogar em single player. Isto oferece uma diversidade de maneiras de derrotar os inimigos, até porque se estivermos a jogar com dois heróis diferentes, facilmente conseguimos ter alguém que seja melhor contra diversos inimigos. Um caso fácil de ver isso é levar um herói que tenha ataques corpo a corpo e consiga rolar entre os inimigos, e outro que tenha ataques à distância e consiga por exemplo correr mais depressa.

Paga-nos o café hoje!

Como já disse, embora seja possível jogar em single player (onde levamos sempre 2 heróis e basta carregar no botão R para trocar de heróis), o jogo ganha outra diversão quando é jogado em modo cooperativo, já que estarão dois personagens em jogo ao mesmo tempo. Obviamente que isso oferece benefícios, porém, também consequências. Uma delas é se tiverem algum tempo afastados um do outro, sendo que o jogo irá reiniciar para o último checkpoint que vocês passaram naquele nível. Por esse motivo, e para os jogadores perceberem a distância que devem ter, existe uma espécie de “corda” que liga os 2 jogadores, mas que facilmente se parte e estes ficam afastados; quando se voltam a aproximar essa “corda” volta a ligar-se.

os níveis são bastante diversificados, sempre com imensas plataformas, umas grandes, outras bastante pequenas para dificultar a nossa vida. Além disso, existem muitas armadilhas ao longo dos caminhos, como picos, zonas venenosas, bombas, entre outras coisas. Os nossos heróis têm 4 corações, e sempre que levam dano, ou caem numa armadilha, um coração desaparece. Por outro lado, ao eliminarmos inimigos, alguns deles largam corações ou outros itens úteis, o que nesse aspecto facilita um pouco as coisas. O que não facilita são mesmo os inimigos, e os níveis que vão aumentando e a sua dificuldade de uma maneira progressiva. Se os primeiros níveis parecem bastante fáceis, acreditem que conforme vão avançando tudo muda, e alguns são mesmo insanos.

Felizmente, o jogo possui 4 níveis de dificuldade: fácil, normal, difícil e insano. Posso dizer que na dificuldade normal as coisas até correm bem, excepto em alguns níveis bastante complicados, mas se forem para a dificuldade difícil ou insano vão passar mal.

Apesar de graficamente não ser um jogo que nos encha os olhos, a verdade é que está bastante melhor do que muitos indíes que andam por aí perdidos neste imenso mundo. Apresentando texturas bastante interessantes dentro do seu aspecto cartunesco.

Together é um jogo engraçado, principalmente quando é jogado em modo cooperativo. Já em single player, por vezes por tornar-se um pouco repetitivo. Pelo seu baixo preço, diria que é um jogo bastante apetecível, principalmente se tivermos companhia para jogar.

Deixa um comentário