Developer: Nintendo
Plataforma: Nintendo Switch
Data de Lançamento: 10 setembro de 2021

Quando pensamos em videojogos para toda a família, provavelmente são as franquias da Nintendo que rapidamente nos surgem na mente. A companhia nipónica é única quando se trata de desenvolver jogos de puro divertimento e que agradam tanto aos mais novos, como também aos mais graúdos. A franquia WarioWare não é excepção neste aspecto, além disso, consegue ainda adicionar uma boa pitada de “abstraccionismo” aos seus micro-jogos, tornando cada um deles numa estupidez maravilhosamente divertida.

Para os jogadores que só agora entraram no universo Nintendo, esta será uma franquia totalmente nova, e WarioWare: Get It Together consegue transparecer exactamente o espírito da franquia do primo de Mario, mas agora com os companheiros de Wario a entrarem também na equação, que é como quem diz, a fazerem parte das personagens que podemos escolher para jogar os diversos modos que o jogo nos apresenta.

Começando pelo modo história do jogo (até porque é o único disponível quando iniciamos o jogo), Wario estava a criar um jogo para uma consola, e finalmente pensava que o jogo estava finalizado. Assim, chamou todos os seus amigos para lhes mostrarem o jogo, mas este estava cheio de bugs por todo o lado, o que fez com que todos fossem parar dentro da consola e do jogo criado por Wario. Agora teremos de andar por todos os níveis cheios de micro-jogos que Wario criou, de maneira a salvar os seus amigos e também a acabar com os bugs do jogo.

A parte interessante da adição de todos estes amigos de Wario ao jogo é que cada um deles terá as suas próprias habilidades e a sua maneira de se movimentarem, oferecendo assim aos jogadores uma diversidade de atributos para concluir os micro-jogos. Cada nível do modo história é composto por diversos micro-jogos, e será necessário finalizar cada um deles para esse nível ficar concluído. Algo muito bem pensado para os jogadores ficarem a conhecer todos os personagens, é que em cada um dos níveis teremos de escolher uma equipa para alinhar nos vários micro-jogos, existindo um personagem que é obrigatório pertencer à equipa, obrigando assim os jogadores a rodarem todos os personagens disponíveis.

Alguns de vocês devem estar a perguntar “o que são micro-jogos?” Pois bem, micro-jogos são pequenos jogos de segundos, sendo que muitos deles são completamente loucos. Para terem uma ideia, existem jogos onde apenas têm de ligar/desligar um interruptor, ou tirar um objecto de dentro de um saxofone, assim partir a casca de um ovo, derrubar objectos, conseguirmos sair de um frasco, conseguir meter uma balança com um peso exacto, transportar um objecto de um lado para o outro, entre muitos e muitos outros. Como é fácil perceber, a dificuldade destes micro-jogos é quase nula, porém, o problema são os poucos segundos que temos para conseguirmos ter sucesso, sendo isso que nos faz fracassar.

Paga-nos o café hoje!

Devo desde já confessar que em cerca de 3 horas finalizam o modo história. Na verdade, podemos dizer que tem duas partes, mas isso fica para vocês descobrirem. Diria que é neste campo que WarioWare: Get It Together tem a sua grande falha, já que o modo história, embora composto por duas partes, é bastante curto.

Como referi anteriormente, este é um jogo para toda a família, e isso implica termos a possibilidade de jogar em modo cooperativo, mas também em modo competitivo. Por exemplo, todo o modo história pode ser jogado em cooperação com outro jogador.

Além do modo história teremos mais 4 modos de jogo, que apenas ficam desbloqueados após finalizarmos o modo história. Os 3 primeiros desbloqueiam após terminarem a primeira parte do modo história, e são eles: Variety Pack, Play-o-pedia e Crew. O último modo a desbloquear é o Wario Cup, que apenas desbloqueia ao finalizarmos a segunda parte do modo história.

O modo Variety Pack, tal como o nome indica, apresenta diversos micro-jogos, uns para jogarmos em cooperação, outros para simplesmente competirmos. Podemos jogar muitos deles de 1 a 4 jogadores, já outros somos obrigados a jogar apenas com 2 jogadores ou de 2 a 4 jogadores.

Outro dos modos é o Play-o-pedia que vai de 1 a 2 jogadores. No caso dos jogos a 2 jogadores, então poderão escolher diversos micro-jogos competitivos, sendo ainda possível escolher a equipa que querem jogar. Aqui é o local onde podem escolher os vossos micro-jogos favoritos e jogá-los vezes sem conta.

Depois temos o Crew, e aqui não é bom um modo de jogo, mas sim um local onde podem ver as vossas estatísticas nos diversos micro-jogos, assim como personalizar as personagens na mudança de cores do cabelo, e das suas roupas. Por fim, podem ainda comprar itens para oferecer aos personagens, que farão estes subirem o seu nível e com isso desbloquearem cores e a galeria de imagens desse personagem.

Por fim temos o Wario Cup, que apenas pode ser jogado a 1 jogador. É um torneio que vai sendo renovado todas as semanas, e os jogadores vão ter de jogar uma quantidade de micro-jogos e obter um score conforme correr a sua participação. Este modo é interessante para rivalizarmos com outros jogadores, já que existe aqui um ranking mode.

Quanto aos personagens que temos para jogar, no total serão 20, um número bastante extenso e sabendo que cada um tem as suas próprias habilidades e maneira de se deslocar, torna tudo ainda mais divertido. Para perceberem como eles são diferentes, deixo aqui três exemplos de movimentação e habilidades dos personagens: por exemplo o Wario que por ter um jetpack consegue voar por todo o ecrã e a sua habilidade é um impulso para a frente; já a Penny por exemplo é uma personagem que tem uma pistola de água, tanto a sua movimentação como a sua habilidade tem a ver com a pistola de água, logo para se movimentar dispara numa direcção e a personagem move-se na direcção contrária; o ultimo exemplo é Orbulon, um personagem que usa uma espécie de nave espacial para se deslocar e que consegue puxar objectos como habilidade. Como é fácil perceber, o que não faltará é variedade, e misturados com os diversos micro-jogos, cada um deles será diferente conforme for jogador com um ou outro personagem, já que a resolução terá de ser sempre diferente.

A jogabilidade está muito bem conseguida, mas por vezes tudo acontece tão rapidamente que até ficamos confusos com o que temos de fazer. Isso acontece em quase todos os micro-jogos pela primeira vez que os jogamos, e principalmente quando a velocidade já está bastante avançada, o jogo também oferece essa pequena dificuldade extra, já que conforme vamos avançando, a velocidade que temos para finalizar os micro-jogos também aumenta, e é exactamente isso que por vezes torna algo extremamente simples, passar a ser extremamente complicado.

WarioWare: Get It Together é uma grande adição ao grupo de jogos familiares e divertidos da Nintendo Switch. Por vezes damos por nós a rir apenas pelos objectivos de certos micro-jogos, ou de ver o outro jogador a falhar à grande, mas a verdade é que este é um jogo que jogado acompanhado, seja em cooperação ou competição, mostra toda a sua grandeza. Embora sejam micro-jogos, a verdade é que nos deixa horas colados ao ecrã.

Deixa um comentário