Análises Pc e Mac

Análises - PC e Mac

Análise: Rage 2

O legado tanto pode ser uma bênção como uma maldição, e a Bethesda sabia bem o desafio que tinha pela frente quando tomou a decisão de começar o desenvolvimento de uma sequela para Rage. Lançado em 2011, Rage faz parte daquele lote de jogos que apesar de partir de um conjunto de ideias muito promissoras, […]

Read More

Análise: Swag and Sorcery

Os jogos indie vieram para ficar. Cada vez aparecem mais estúdios, novas ideias, e até novos conceitos de jogo. Aquele estilo pixelizado que era uma obra de arte na minha juventude voltou a estar na moda, e neste momento já é melhor aceite um jogo que seja em pixel art, do que um jogo que […]

Read More

Análise: A Plague Tale: Innocence

Se tivesse de nomear o principal aspecto que constitui uma obra prima, diria que é nível atingido quando olhamos para as principais caraterísticas definidoras de determinado contexto artístico. Um videojogo, para se aproximar da perfeição, além de ter de obedecer a parâmetros que são transversais a qualquer género, tem ainda de ser uma experiência interactiva […]

Read More

Análise: Eternity: The Last Unicorn

Do Brasil para o mundo, é como quem diz, da Void Studios chega-nos Eternity the Last Unicorn. Ainda antes de iniciar-mos a analisar gostaria de deixar aqui uma pequena curiosidade, este estúdio de desenvolvimento criado no Brasil, começou há cerca de quatro anos com apenas cinco elementos, na mesma altura que começaram a desenvolver este […]

Read More

Análise: Pandemic Express

A tinyBuild é cada vez mais a principal referência do desenvolvimento dos videojogos independentes. Uma asa que aconchega e transporta todas aquelas ideias interessantes e muitas vezes experimentais que de outra forma não teriam espaço. E o Pandemic Express é um bom exemplo disso. Não é a primeira vez que a tinyBuild nos traz um […]

Read More

Análise: Mortal Kombat 11

Se um combate mortal fosse para meninos, não era um Mortal Kombat. É tão simples como isso. Começo a não conseguir compreender muito bem o facto de se pensar que os jogos não foram feitos para ser difíceis mas para serem fast food. Não é que tenha um problema com isso, há muitos jogos nesse […]

Read More