Foi apenas há um ano que foi lançado na Nintendo Switch, Animal Crossing: New Horizons, no dia 20 de março de 2020. Soube-se hoje que este tornou-se o jogo da Nintendo que mais unidades vendeu na Europa, no seu primeiro ano de vida, mais de 7 milhões de cópias do jogo foram vendidas em todo o continente. Mais de um terço dos mais de 20 milhões de proprietários da Nintendo Switch, na Europa, já criaram o seu próprio retiro numa ilha em Animal Crossing: New Horizons, uma tendência que não parece estar a abrandar, com novos jogadores a juntarem-se à diversão todos os dias.

“Estamos muito gratos por Animal Crossing: New Horizons ter sido abraçado por tantos jogadores em toda a Europa”, referiu o presidente da Nintendo da Europa, Stephan Bole. “A série Animal Crossing tem sido muito popular na Europa e o seu contínuo crescimento deve-se ao amor dos fãs por esta série única.”

Em Animal Crossing: New Horizons os jogadores começam a sua nova vida numa ilha deserta, vivendo entre animais residentes, reunindo materiais para produzir ferramentas e móveis e levando uma vida despreocupada, à sua maneira. Com o tempo, os jogadores podem transformar uma ilha quase deserta numa vibrante comunidade, adaptando a paisagem com rios e cascatas, decorando o exterior das suas residências de forma a criar sítios idílicos. A ilha muda com as estações: conforme o inverno muda para a primavera, os jogadores dão de caras com diferentes tipos de insectos e peixes, e eventos regulares dão aos jogadores motivos para continuar a voltar. Os amigos podem visitar as ilhas uns dos outros através da vertente online e enviar presentes e mensagens uns aos outros. Além disso o jogo tem recebido várias actualizações gratuitas como por exemplo a nova actualização de primavera.

Um ano após o seu lançamento na Nintendo Switch, Animal Crossing: New Horizons tornou-se o jogo da Nintendo que mais rápido vendeu na Europa, atingindo a marca mais de 7 milhões de cópias vendidas em todo o continente.