Bungie e Activision separam-se

A Activision e a Bungie já chegaram a um entendimento para o divórcio em relação a Destiny. Foi uma relação de 8 anos que em comunicado a Bungie elogia o apoio prestado pela editora, nomeadamente para chegar à escala a que chegou, isto é, mais de 50 milhões de jogos e expansões que chegaram a jogadores de todo o mundo.

Ao mesmo tempo a Bungie afirma que estão entusiasmados por anunciar os planos para a Activision transferir os direitos de Destiny para a Bungie. A verdade é que isto pode significar um rumo diferente daquilo que tem acontecido a Destiny que cada vez tem perdido mais jogadores nos seus servidores, especialmente neste segundo jogo e ano de vida, com expansões curtas, sem muito sumo e sem ouvir muitos dos jogadores. Resta agora saber qual será o rumo que a Bungie dará ao jogo, certo é que Destiny 2 continuará a receber apoio total na BattleNet.

E já há reacções e a mais interessante é de Phil Spencer, no Twitter disse que está “ansioso para um futuro muito brilhante a trabalhar com um dos meus estúdios independentes favoritos numa das minhas franquias favoritas. Estou entusiasmado para ver como vão continuar a aumentar e a evoluir Destiny.”

 

Published
Views 464