A CD Projekt Red mostrou algumas novidades aos jogadores, não só em jogos, mas também na nova forma que o estúdio está disposto a trabalhar. À cabeça as novidades para o segundo semestre deste ano com a chegada das versões next-gen de The Witcher e Cyberpunk 2077.

cprojektred

O Roadmap apresentado mostra a chegada de um update next-gen a The Witcher, bem como novidades para o GWENT e ainda um novo jogo para o mobile The Witcher: Monster Slayer. 

Para Cyberpunk 2077, além de um update next-gen, são esperados novos patches e ainda uma data de DLC’s. Esses DLC’s serão gratuitos e já têm nomes:

  • Ripperdocs Expansion
  • Body Shops Expansion
  • Fashion Forward Expansion
  • Gangs of Night City
  • Body of Chrome
  • Rides of the Dark Future
  • The Relic
  • Neck Deep
  • Night City Expansion

Isto mostra a nova estratégia da CD Projekt Red em desenvolver jogos AAA ao mesmo tempo contratando mais gente para estar mais preparada para novos desafios. Depois das criticas com os problemas de lançamento de Cyberpunk 2077, o estúdio está a dar a volta e sempre com a transparência que sempre os caracterizou.

Haverá novos projetos a caminho, mas só serão apresentados mais próximos da data de lançamento. A ideia é “melhorar a forma como desenvolvemos jogos,” disse Adam Kiciński, responsável pela CD Projekt RED. Também “aprenderamos diversas coisas com a nossa campanha publicitaria para Cyberpunk 2077 e vemos coisas que precisam mudar no futuro” rematou Michał Nowakowski, outro dos responsáveis pelo estúdio.

A CD Projekt Red expandiu ainda o seu território com a compra da Digital Scapes, que passa a chamar-se CD Projekt Red Vancover.