A nossa contagem decrescente dos melhores jogos do ano continua e hoje é a vez de revelar as escolhas para o 2º lugar de cada um de nós. Recordo que cada elemento do Salão de Jogos escolhe os cinco melhores jogos que analisou ao longo do ano e com isso faz o seu top 5 individual.

Aqui ficam as escolhas de cada um para o respetivo 2º lugar com os links diretos para as respetivas análises:

Élio Salsinha

2º lugarF1 2020 – é o melhor F1 de sempre. Mantém intactas as coisas boas da edição anterior e acrescenta um poderoso My Team para cativar os jogadores. É divertido e essencial para os que não passam sem pensar na F1. F1 2020 parte novamente na pole position e sobe facilmente ao pódio ficando na 2ª posição nas minhas escolhas para jogo do ano que analisei.

Nuno Mendes

2º lugarDOOM Eternal – não é só mais um jogo, é o auge de uma das sagas mais duradouras de que há memória nos videojogos. Além de reunir todas as principais características dos seus antecessores, o mais recente título da série consegue ainda dar um passo em frente, definindo o que podemos esperar e exigir de uma futura sequela.

Pedro Moreira Dias

2º lugarDesperados III – é aquilo que toda a gente que jogou Shadow Tactics: Blades of Shogun podia esperar, um RTT de enorme qualidade que ganhou muito com a questão do movimento livre e que a nível de jogabilidade e personalidade foi crescendo e crescendo. Continua a dar a mesma vontade de repetir e repetir até porque acabadas as 15 missões, cada uma com cerca de uma hora, podemos tentar fazê-las com todos os objectivos propostos, entre os quais speedruns. Será um jogo de culto tal como foi Shadow Tactics e é dos mais recompensadores deste ano.

Rui Gonçalves

2º lugarImmortals Fenyx Rising – é sem dúvida nenhuma um jogo excelente, embora apresente um grinding excessivo, tudo o resto está excelente e incrível. Fez-me recordar imenso Breath of the Wild e só isso é sinonimo de qualidade. Enquanto esperamos pela continuação do jogo da Nintendo, este é sem dúvida o jogo mais parecido que vão encontrar no mercado, entrando claramente no top 5 dos jogos que analisei neste ano de 2020.

 

Se perderam as nossas escolhas anteriores podem ver nos seguintes links: