Já tínhamos aqui falado do novo estúdio fundado pelo ex-diretor de The Witcher 3, Konrad Tomaszkiewicz, e outros veteranos da CD Projekt Red. O estúdio agora recebeu um investimento da gigante chinesa NetEase e isso foi a “peça que faltava”, segundo o fundador do estúdio e também diretor.

Este novo estúdio tem já um projecto em mãos, segundo o próprio é um jogo de fantasia, um pouco dark, um AAA construído no Unreal Engine 5.

A Rebel Wolves tem muitos nomes sonantes na sua formação, com veteranos como o diretor de design Daniel Sadowski (The Witcher 1), o diretor de narrativa Jakub Szamalek (The Witcher 3, Cyberpunk 2077), a diretora de animação Tamara Zawada (The Witcher 3), o diretor de arte Bartlomiej Gawel (The Witcher 1-3), o diretor financeiro Michal Boyrka e o chefe de estúdio Robert Muzynowski.

Agora com o investimento da NetEase, que se tornou acionista minoritária do estúdio, o desenvolvimento deste primeiro jogo “vai a todo vapor”. “Ter uma das empresas líderes dos videojogos por detrás da nossa visão é um grande boost na nossa confiança e validação para toda a equipa da Rebel Wolves”, disse Tomaszkiewicz.

“O financiamento pela NeEase era a peça que faltava para irmos a todo vapor. Com recursos disponíveis para construir um game AAA de primeira classe, nós podemos agora focar no que mais importa: o desenvolvimento”, disse o diretor.

Publicidade - Continue a ler a seguir

Para já é tudo o que se sabe, para além da garantia que o primeiro jogo da Rebel Wolves vai sair para Xbox Series S|X, PS5 e PC.

Deixa um comentário