Não tem sido a melhor das temporadas de Jorge Jesus ao serviço do Sport Lisboa e Benfica. Embora tenha sido uma época atípica devido à pandemia, as razões são várias, sendo que umas explicam-se melhor do que outras. No entanto, é inegável a qualidade do modelo de jogo do treinador do Benfica, e o mais provável é que o conjunto de Lisboa suba de rendimento neste final de época.

Nesse sentido, decidimos replicar no eFootball PES 2021 Season Update, a tática que tem definido o treinador do Benfica ao longo da sua carreira e aquela que mais tem usado em 2020/2021. Já o havíamos feito no FIFA 21, e é agora altura de fazer o mesmo no seu principal concorrente.

O sistema de Jorge Jesus dispensa apresentações, pelo menos para o adepto português. Um 4-1-3-2 em organização defensiva, que se transforma num 4-4-2 clássico no momento de defender. A pressão alta é característica do seu modelo, e uma boa prova disso é que é a equipa em Portugal que mais vezes recupera a bola no último terço. Ofensivamente é uma equipa que prima pelas linhas de passe que oferece e pela dinâmica que incute no meio-campo adversário, proporcionando momentos de bom futebol quando a equipa está confiante.

No eFootball PES 2021 Season Update iremos fazer a representação do técnico do Benfica na forma de uma Formação Tática Fluída, ou seja, teremos um sistema em organização ofensiva e outro em organização defensiva. Assim, dentro do Plano de Jogo, na opção Táticas Predefinidas, seleccionar “Sim” em Formação Tática Fluída; depois, para alternar entre Quando tem a bola e Quando não tem a bola, usar o analógico direito.

 

Quando tem a bola:

Quando não tem a bola:

 

Táticas Predefinidas/Instruções Ofensivas:

Estilo de Ataque (Dominar a posse de bola)

Construção de jogo (Passe Curto)

Área de Ataque (Centro)

Posicionamento (Manter Formação)

Alcance do apoio (7/10)

 

Táticas Predefinidas/Instruções Defensivas:

Estilo de Defesa (Pressão Avançada)

Zona de Contenção (Toda a largura)

Pressão (Agressiva)

Linha Defensiva (8/10)

Densidade (5/10)

 

Táticas Predefinidas/Instruções Avançadas:

Ataque 1 (Defensivo – Weigl)

Ataque 2 (Ancorado – Taarabt)

Defesa 1 (Ala Defensivo)

Defesa 2 (Contrapressão)

Grimaldo e Diogo Gonçalves são os dois laterais da equipa, que jogam profundos no campo, e tanto levam a bola por dentro, como em largura, dependendo do posicionamento dos extremos; Verthongen e Otamendi são os centrais que jogam afastados, de maneira a que Weigl, o médio defensivo, se coloque entre eles, compondo a famosa saída a três que caracteriza a primeira fase de construção das equipas do treinador amadorense; Taarabt joga mais subido no campo e é o médio que decide os ritmos no corredor central, chegando à frente quando é necessário; Everton e Rafa são os alas, que vão alternando entre movimentos interiores e de largura, conforme a zona da bola. Quanto aos homens mais adiantados, Waldschmidt tem mais um papel de segundo avançado, baixando muitas vezes para receber, enquanto Darwin tanto busca a profundidade como joga em apoio frontal.

Quem procura um futebol de posse e jogado em largura, é uma excelente opção, já que é possível jogar por dentro e por fora com a mesma qualidade. Defensivamente, quando as equipas de Jesus estão bem, são bastante seguras, sabendo quando têm de pressionar e quando têm de juntar as linhas, o que dificulta ao máximo a tarefa do adversário.

Vejam o vídeo completo e explicativo:

Mais sistemas táticos do eFootball PES 2021 Season Update:

O Sporting de Ruben Amorim

O Porto de Sérgio Conceição

O Braga de Carlos Carvalhal

Artigo anteriorCampanha “Mega Março” arranca hoje na PlayStation Store
Próximo artigoJá está disponível a nova classe de Black Desert Online.
Completamente obcecado por tudo o que tenha a ver com futebol, é daqueles indesejados que passa mais tempo a editar as tácticas do PES do que a jogar propriamente. Pensa que é artista, mas não conhece as cores primárias, e para piorar, é ligeiramente daltónico. Recusa-se a acreditar que o homem foi à Lua.