O terceiro lugar e o melhor ataque da Série A da época passada, com 77 golos, podia ter sido apenas fruto de uma boa época da Atalanta, no entanto, esta temporada veio confirmar que aquilo que a equipa de Bérgamo tem vindo a apresentar, é tudo menos obra do acaso. Ainda faltam 4 jornadas para terminar a Liga italiana de 2019/2020, e o Atalanta já conta com uns impressionantes 94 golos marcados, mais 24 golos do que aquele que será o mais que provável campeão, a Juventus.

Para quem não souber, as táticas podem ser criadas em Personalizar/Convocatórias/Nova Convocatória. E é importante não esquecer que depois de salvar as alterações, é necessário tornar a tática como favorita (botão do na PlayStation 4 e botão Y na Xbox One). Têm de ser utilizados os plantéis offline para que a tática apareça como pré-definida.

O 3-5-2 de Gasperini

O treinador italiano de 62 anos montou um dos sistemas mais apaixonantes e peculiares dos últimos anos. Partindo de um 3-5-2, em organização ofensiva, o Atalanta apresenta um futebol verdadeiramente dinâmico e fluído, cuja imprevisibilidade depende essencialmente da inteligência dos seus jogadores, porém, também de um sistema que oferece inúmeras soluções ao portador da bola, que combinam a agressividade atacante com bastante segurança em posse.

Colocar no separador das Táticas:

Estilo Defensivo (Pressionar Após Perda da Bola)

Largura (4/10)

Profundidade (6/10)

Estilo Ofensivo (Posse de Bola)

Largura (8/10)

Jogadores na área (6/10)

Paga-nos o café hoje!

Djimsiti, Palomino e Tolói são os três centrais, onde os dois de fora alargam até à linha, quase jogando como laterais; Castagne e Hateboer oferecem o apoio necessário nas alas para que a equipa possa sempre sair com qualidade, e espreitando frequentemente movimentos de rotura; a dinâmica criada pelos três médios interiores (Freuler, de Roon e Gómez), funciona como um autêntico carrocel, sem posições fixas a atacar, e em constantes movimentações; Zapata e Ilicic são os avançados e uma preciosa ajuda em progressão, seja em apoio frontal, ou atacando a profundidade.

Instruções individuais:

Gollini (GR) Defendendo Cruzamentos Equilibrado; Defendendo Fora da Área Equilibrado

Djimsiti (DCE) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

Palomino (DC) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

Tolói (DCD) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

Castagne (ME) Apoio Defensivo Recuperar Posição Defensiva; Criação de Oportunidade Liberdade de Movimentos; Desmarcação de Apoio Aparecer nas Costas; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Interceções Interceções Normais

Freuler (MCE) Apoio Atacante Ataque Equilibrado; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Interceções Interceções Normais; Liberdade Posicional Liberdade de Movimentos; Posição Defensiva Cobrir Centro

de Roon (MCD) Apoio Atacante Ataque Equilibrado; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Interceções Interceções Normais; Liberdade Posicional Liberdade de Movimentos; Posição Defensiva Cobrir Centro

Hateboer (MD) Apoio Defensivo Recuperar Posição Defensiva; Criação de Oportunidade Liberdade de Movimentos; Desmarcação de Apoio Aparecer nas Costas; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Interceções Interceções Normais

Zapata (AE) Desmarcação de Apoio Largura Equilibrada; Desmarcação Ofensiva Aparecer nas Costas; Interceções Interceções Normais; Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico

Gómez (MCO) Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Liberdade Posicional Abrir nas Alas; Interceções Interceções Normais

Ilicic (AD) Desmarcação de Apoio Largura Equilibrada; Desmarcação Ofensiva Aparecer nas Costas; Interceções Interceções Normais; Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico

 Vantagens:

– Existem sempre duas e três opções sem marcação onde podemos colocar a bola

– Tanto funciona numa construção mais pausada, como em ataque rápido

– Ideal para quem gosta de controlar o jogo à espera do momento certo para acelerar

Desvantagens:

– Por ser um sistema tão atacante, será necessário ter cautela relativamente à zona onde perdemos a bola

– Alguma dificuldade em fechar o espaço entre linhas

Os sistemas de três centrais começam a dominar o futebol moderno, e o Atalanta de Gasperini é um dos melhores exemplos de que quando é bem trabalhado, é realmente muito difícil de contrariar. A enorme amplitude do seu modelo, e a quantidade de opções que oferece aos jogadores quando têm a  bola na sua posse, fazem deste Atalanta provavelmente a equipa que melhor futebol joga actualmente.

Outros Sistemas táticos:

O Benfica de Bruno Lage

O Porto de Sérgio Conceição

O Brasil de Jorge Jesus

O Braga de Ruben Amorim

O Wolves de Nuno Espírito Santo

O Barcelona de Quique Setién

O Liverpool de Jurgen Klopp

O Manchester City de Pep Guardiola