É o dia pelo qual os apaixonados pelo futebol estavam à espera. Começa hoje o Europeu 2020, e claro que não podíamos deixar de trazer a tática da Selecção Nacional. Portugal é o campeão europeu em título, mas muito mudou, entretanto, na estrutura da equipa nestes últimos cinco anos. Fernando Santos mantém as ideias e um sistema idêntico, mas com vários novos jogadores a assumirem um papel importante nesta nova geração e que oferecem dinâmicas diferentes relativamente à equipa que ganhou o Europeu de 2016.

Para quem não sabe, as táticas podem ser criadas em Personalizar/Convocatórias/Nova Convocatória. E é importante não esquecer que depois de salvar as alterações, é necessário tornar a tática como favorita (botão do  na PlayStation 4 e botão Y na Xbox One). Têm de ser utilizados os plantéis offline para que a tática apareça como pré-definida.

O 4-2-3-1 de Fernando Santos

Fernando Santos é bastante pragmático na sua abordagem. Se a sua equipa não sofrer golos está sempre mais perto de ganhar, especialmente porque confia que a qualidade dos jogadores que tem na frente, e em particular Cristiano Ronaldo, acabarão por fazer a diferença. É um sistema bastante rígido, onde não abdica do duplo pivot, mas cujos jogadores mais criativos têm alguma liberdade para ditarem o que vai acontecer ofensivamente no jogo. Ainda existem dúvidas relativamente a alguns jogadores, nomeadamente sobre quem irá compor a dupla do meio-campo, mas acreditamos que não irá querer abdicar da experiência e características de alguns jogadores.

Indo às instruções, no separador das Táticas, escolheremos estas opções:

 Estilo Defensivo (Pressionar no erro)

 Largura (4/10)

 Profundidade (6/10)

 Estilo Ofensivo (Equilibrado)

 Largura (6/10)

 Jogadores na área (6/10)

Paga-nos o café hoje!

Patrício é dono e senhor da baliza, tal como tem acontecido praticamente na última década; Rafael Guerreiro deve manter a lateral esquerda, apesar de agora ter em Nuno Mendes um concorrente de peso; Ruben Dias e Pepe devem formar talvez a melhor dupla de centrais do Europeu e são uma das grandes esperanças da equipa de todos nós; do lado direito o preferido é Cancelo, que ainda no último jogo mostrou estar em excelente forma; acreditamos que no meio-campo Moutinho faça parelha com Danilo, já que a condição física de William Carvalho é ainda uma incógnita; do lado direito do meio-campo e encostado ao flanco ou surgindo por dentro, conforme a circunstância, temos Bernardo Silva; enquanto do lado oposto e com um papel mais vertical e focado na baliza Diogo Jota parece ter conquistado a confiança do seleccionador; por fim, a posição de ponta-de-lança cabe ao capitão e grande estrela da selecção – Cristiano Ronaldo.

Seguem as Instruções individuais:

Patrício (GR) Defendendo Cruzamentos Equilibrado; Defendendo Fora da Área Equilibrado

Guerreiro (LEO) Desmarcação Ofensiva Ataque Equilibrado; Interceções Interceções Normais; Tipo de Corrida Ataque Misto

Ruben Dias (DCE) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

Pepe (DCD) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

Cancelo (LDO) Desmarcação Ofensiva Ataque Equilibrado; Interceções Interceções Normais; Tipo de Corrida Ataque Misto

Moutinho (MDE) Atitude Defensiva Defesa Equilibrada; Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Agressivas; Posição Defensiva Cobrir Centro

Danilo (MDD) Atitude Defensiva Defesa Equilibrada; Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais; Posição Defensiva Cobrir Centro

Bruno Fernandes (MCO) Apoio Defensivo Recuperar Posição Defensiva Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Liberdade Posicional Liberdade de Movimentos; Interceções Interceções Normais

Diogo Jota (AE) Desmarcação de Apoio Largura Equilibrada; Desmarcação Ofensiva Ataque Misto; Interceções Interceções Normais; Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico

Ronaldo (PL) Desmarcação de Apoio Largura Equilibrada Desmarcação Ofensiva Aparecer nas Costas; Interceções Interceções Normais; Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico

Bernardo Silva (MOD) Apoio Defensivo Recuperar Posição Defensiva; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Liberdade Posicional Liberdade de Movimentos; Interceções Interceções Agressivas

Vantagens:  

– Bastante sólido defensivamente

– Uma transição ofensiva agressiva

– Versatilidade

 Desvantagens:

– Algumas dificuldades em construção

Um modelo que, goste-se ou não, tem as suas vantagens nesta fase da prova. Num grupo tão competitivo como este, será verdadeiramente importante que a equipa se sinta segura para atacar cada jogo sem margem de erro.

E força, Portugal!