Não podíamos deixar de aqui recriar o sistema tática do actual campeão nacional neste FIFA 21. Como tal, decidimos partilhamos convosco a réplica do modelo de jogo de Sérgio Conceição, que apesar de algumas saídas, e alguns maus resultados no início, parece já ter encontrado um novo rumo para um Porto que é sempre competitivo sob o seu comando.

Novamente, para quem não sabe, as táticas podem ser criadas em Personalizar/Convocatórias/Nova Convocatória. E é importante não esquecer que depois de salvar as alterações, é necessário tornar a tática como favorita (botão do  na PlayStation 4 e botão Y na Xbox One). Têm de ser utilizados os plantéis offline para que a tática apareça como pré-definida.

O 4-4-2 de Sérgio Conceição

Com Sérgio Conceição como treinador do Porto há sempre uma certeza: nenhum adversário fica confortável no jogo. E isso deve-se essencialmente a dois factores: superioridade nos duelos e uma transição ofensiva muito bem trabalhada. Os ataques à profundidade estão muito bem assimilados pelos jogadores da frente, o que em conjunto com momentos e locais de pressão muito bem definidos fazem com que cada recuperação da posse seja promissora para a criação de uma oportunidade de golo.

Indo às instruções, no separador das Táticas, escolheremos estas opções:

 Estilo Defensivo (Pressionar no erro)

 Largura (4/10)

 Profundidade (5/10)

 Estilo Ofensivo (Construção Rápida)

 Largura (5/10)

 Jogadores na área (6/10)

Paga-nos o café hoje!

 Zaidu ficou com a difícil missão de fazer esquecer Alex Telles, e embora continue a ter um longo caminho pela frente, tem sido competente no aspecto defensivo, ainda que não se aventure ofensivamente como o brasileiro fazia; Manafá está um jogador mais maduro e oferece normalmente uma maior profundidade em comparação com o seu colega da lateral oposta; Pepe e Mbemba têm construído uma dupla bastante eficiente e são os pilares de uma defesa que tem crescido desde o início da Liga; Uribe fixou-se como o médio mais recuado e parceiro de Sérgio Oliveira, que decide os caminhos por onde a equipa tem de ir; quanto a Otávio, tem talvez o papel mais importante deste Porto, do ponto de vista tático, onde serve simultaneamente como um equilíbrio e como a ligação entre o meio campo e o ataque; Corona usa da sua habilidade e verticalidade para tentar desequilíbrios constantes; enquanto Taremi é a principal referência para segurar a bola e esperar as entradas tanto do mexicano, como de Marega, que com a sua velocidade tenta frequentes ataques à profundidade.

E aqui estão as Instruções individuais:

 Marchesín (GR) Defendendo Cruzamentos Equilibrado; Defendendo Fora da Área Equilibrado

 Zaidu Sanusi (DE) Desmarcação Ofensiva Ataque Equilibrado; Interceções Interceções Normais; Tipo de Corrida Sobreposições

– Pepe (DCE) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

– Mbemba (DCD) Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais

– Manafá (LDO) Desmarcação Ofensiva Ataque Equilibrado; Interceções Interceções Normais; Tipo de Corrida Sobreposições

– Uribe (MDE) Atitude Defensiva Defesa Equilibrada; Apoio Atacante Ficar Atrás Durante Ataque; Interceções Interceções Normais; Posição Defensiva Cobrir Centro

– Sérgio Oliveira (MCD) Apoio Atacante Ataque Equilibrado; Apoio nos Cruzamentos Na Linha da Área no Cruzamento; Interceções Interceções Normais; Liberdade Posicional Liberdade de Movimentos; Posição Defensiva Cobrir Centro

– Otávio (MOE)  Apoio Defensivo Recuperar Posição Defensiva; Apoio nos Cruzamentos Subir para Centros Equilibrado; Liberdade Posicional Liberdade de Movimentos; Interceções Interceções Normais

– Corona (ED) Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico; Criação de Oportunidade Largura Equilibrada; Desmarcação de Apoio Aparecer nas Costas; Apoio nos Cruzamentos Subir à Área para Cruzamento; Interceções Interceções Normais

– Taremi (AC) Desmarcação de Apoio Manter-se no Centro; Desmarcação Ofensiva Homem Alvo; Interceções Interceções Normais; Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico

Marega (PLD) Desmarcação de Apoio Largura Equilibrada; Desmarcação Ofensiva Aparecer nas Costas; Interceções Interceções Normais; Apoio Defensivo Apoio Defensivo Básico

Vantagens:

– Um sistema bastante equilibrado

– Transições ofensivas muito agressivas

– Dificuldade do adversário em criar no corredor central

Desvantagens:

– Quando pressionado, por vezes faltam soluções para construir desde a sua área

– Alguma cautela contra adversários que mudam de flanco com frequência

É um modelo para quem gosta de ferir o adversário em transições. Um apetite pela vertigem e pela disputa do jogo que parece nunca ficar saciado. Quem gosta de velocidade e agressividade no seu jogo, é um sistema que faz todo o sentido.

Vejam o vídeo completo e explicativo:

Outros Sistemas táticos:

O Benfica de Jorge Jesus

O Sporting de Ruben Amorim